Copa das Confederações 2013 Após maior derrota, Del Bosque admite superioridade brasileira

Após maior derrota, Del Bosque admite superioridade brasileira

Técnico da Espanha lamenta "má sorte" da equipe no 1º revés desde 2010 em torneios da Fifa

Após maior derrota, Del Bosque admite superioridade brasileira

Del Bosque diz que primeira derrota em competições da Fifa desde 2010 e a maior em sua passagem não deve causar desespero

Del Bosque diz que primeira derrota em competições da Fifa desde 2010 e a maior em sua passagem não deve causar desespero

AFP

A vitória por 3 a 0 da seleção brasileira sobre a Espanha na final da Copa das Confederações neste domingo (30) significou o maior revés da era Del Bosque na Fúria, mas o treinador não buscou desculpas. O comandante espanhol admitiu a superioridade brasileira no jogo.

— Foi uma pena, mas o Brasil foi melhor em todos os sentidos. Tivemos um pouco de má sorte pelos momentos em que levamos os gols, mas não quero dar nenhuma desculpa. Os jogadores do Brasil foram superiores.

Del Bosque evitou também utilizar o cansaço espanhol como justificativa. A Espanha conquistou vaga na final após bater a Itália nos pênaltis na quinta-feira (27).

Cerimônia de encerramento tem protesto e gafe da organização

Seleção faz homenagem ao cortado Damião

Notas atuações: “Quer jogar? O Brasil vai ensinar”

— Não creio que tenha sido determinante. Eles jogaram nas mesmas condições do que o nosso time. Eles saíram na frente logo de cara e foram melhores.

Para o técnico, a primeira derrota em competições da Fifa desde 2010 e a maior em sua passagem não deve causar desespero.

— Não podemos ser dramáticos. Foi apenas um jogo, nada mais. Devemos continuar trabalhando como fizemos até agora.

Leia mais na Gazeta Esportiva