Cerimônia de encerramento da Copa das Confederações tem protesto e gafe

Cerimônia de encerramento da Copa das Confederações tem vaias e protesto

André Avelar, do R7, no Rio

Ivete Sangalo foi uma das atrações da cerimônia de encerramento Gazeta Press

Os protestos pelo País estiveram presentes também na cerimônia de encerramento da Copa das Confederações neste domingo (30), uma hora e meia antes de Brasil e Espanha. De forma inesperada, na parte final da apresentação que antecede ao jogo, um casal saiu de dentro de uma das bolas que faziam parte do show com um cartaz contra a privatização do Maracanã. Os voluntários usavam uma fantasia que sugeria uma bola, como se fossem "joaninhas" nas cores preto e branca

Dois dos dançarinos tentaram mostrar uma faixa de protesto, mas rapidamente os seguranças conseguiram arrancar o pano da mão deles. Mesmo assim, deu tempo de ler a mensagem: "Imediata anulação da privatização do Maracanã".

A manifestação foi logo repreendida por demais voluntários e capturada apenas brevemente pela transmissão oficial do evento.

Rapidamente, porém, seguranças entraram no gramado para arrancar a faixa das mãos deles. Uma das dançarinas ainda tentou incitar a torcida, mas não encontrou correspondência e voltou a fazer o seu papel, agachada no campo, dentro da fantasia de bola. Enquanto isso, os jogadores da seleção espanhola acompanharam tudo do banco de reservas, antes da preparação final para o jogo contra o Brasil, marcado para começar às 19 horas.

Neymar é o favorito à Bola de Ouro

A organização do evento também não contava com as vaias da torcida para a escolha da música País Tropical, outra gafe em um evento simples, sem nenhuma pomba e com pouco menos de 20 minutos. Durante a estrofe “sou Flamengo e tenho uma nega chamada Tereza”, da música País Tropical, torcedores de todos os outros times presentes no Maracanã aproveitaram para vaiar a escolha da música.

Na parte que deu certo e pelo menos empolgou os quase 80 mil torcedores presentes, Arlindo Cruz, Victor e Léo, Jorge Ben Jor e Ivete Sangalo ditaram o ritmo da grande decisão deste domingo.

Nas penalidades, Itália mostra serviço, vence Uruguai e fica com o 3º lugar

Extremamente à vontade, alguns titulares da seleção espanhola até arriscaram alguns passinhos. O sempre contido Xavi pareceu ter gostado do show e seque percebeu os protestos.

Famosos e anônimos fazem a festa no Maracanã em final entre Brasil e Espanha

Confira aqui o set list da cerimônia de abertura:

Jorge Ben Jor - Homem Gol
Ivete Sangalo - Aceleraê
Victor e Léo - Borboletas
Em Coro - País Tropical
Bateria da escola de samba Grande Rio

 

 

  • Espalhe por aí:

Vídeos

Carregando

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!