Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Richarlison sonha com Ancelotti: 'Ajudaria muito, brigaríamos por tudo'

'Eu me sentia um fenômeno na mão dele, comecei a fazer gol sem parar', disse o atacante, que já foi comandado pelo italiano

Seleção Brasileira|Do R7

Richarlison trabalhou com Ancelotti no Everton
Richarlison trabalhou com Ancelotti no Everton Richarlison trabalhou com Ancelotti no Everton

A CBF não esconde o desejo de aguardar quanto for preciso para ter o técnico Carlo Ancelotti no comando da seleção brasileira. Na opinião de Richarlison, o treinador é a peça correta para resgatar o moral da equipe nacional após uma nova queda nas quartas de final de uma Copa do Mundo. O atacante do Tottenham já trabalhou sob a direção do italiano do Real Madrid no Everton e não poupa elogios ao "amigo", com o qual trocou mensagens e ligações recentemente.

"Ancelotti é um cara que ganhou tudo na Europa. Com certeza, se vier, se estiver aqui, vai nos ajudar muito, estaremos brigando por tudo", apostou Richarlison, ao relembrar a época em que era dirigido pelo treinador. "No Everton eu me sentia um fenômeno na mão dele, comecei a fazer gol sem parar. Todo fim de jogo ele me levava para casa, me sentia até filho dele", revelou o jogador, ao mesmo tempo em que se mostrou um tanto incomodado com essa demora na escolha de um novo comandante.

"Um pouco difícil [essa situação]. A gente quer começar a preparação quanto antes, pois sabe da dificuldade de uma Copa. Queremos trabalhar forte, com um técnico fixo para pegar as características dele, saber o que ele quer, mas não temos o que fazer. Queremos ouvir e aguardar o presidente [Ednaldo Rodrigues], ver o que ele vai decidir", esquivou-se, tentando manter a concentração no amistoso com a Guiné, no próximo sábado (17), em Barcelona.

Por causa do jogo na Espanha, um possível interesse do Real Madrid foi assunto na coletiva de Richarlison. Ele tratou de desmentir que pudesse ser o substituto de Benzema. "Ancelotti me treinou no Everton, e a gente conversa bastante. Esses dias liguei para ele, estava com o Vini, mas é só amizade mesmo", diz. "Todo jogador quer vestir a camisa do Real Madrid, o maior clube do mundo. É um sonho, mas tenho um clube, um contrato, e tenho de mostrar por que me compraram por valor alto. Essa temporada foi abaixo, sofri com lesões, e tenho de mostrar com a camisa do Tottenham ainda."

Publicidade

Questionado na seleção brasileira, o jogador usou seu desempenho como escudo e pegou pesado com os críticos. "Quando visto a camisa da seleção me sinto diferente, mais preparado, vamos dizer assim, por isso tudo começa a fluir dentro de campo. Faço bastante gols aqui na seleção. Todos podem contestar, mas quando visto a camisa dou conta do recado."

Treinado por Ancelotti no Real Madrid, o atacante Rodrygo também não escapou do assunto. E Richarlison disse que seria interessante se ele conseguisse estar tanto no clube merengue quanto no comando da seleção. "É difícil, porque ele tem contrato para a próxima temporada com o Real Madrid. Mas seguimos confiando muito no presidente da CBR e veremos o que vai acontecer."

Publicidade

Sobre o trabalho do atual comandante na Espanha, ele também crê que a seleção brasileira melhoraria bastante. "Ele agregaria muito, pois traz essa mentalidade vencedora. Ancelotti sabe trabalhar bem o vestiário."

E aí, quem vem? Veja a situação de cada um dos cotados a assumir a seleção brasileira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.