Copa das Confederações 2013

26/6/2013 às 18h19

Felipão reconhece que time ficou devendo e elege torcida “a grande vencedora”

Treinador da seleção considerou jogo contra o Uruguai o mais emocionante da década

Do R7

Luiz Felipe Scolari pode até não ser unanimidade entre os brasileiros, mas ninguém pode dizer que o comandante da seleção não tem autocrítica. Nesta quarta-feira (26), depois de ver o time suar para vencer o Uruguai por 2 a 1 e chegar à final da Copa das Confederações, Felipão foi realista.

— Nós sabemos que não jogamos bem e sabemos que ainda temos algumas coisas a melhorar, e dificuldades quando o jogo é um pouco diferente. Vamos ter que amadurecer um pouquinho, e nada melhor do que um jogo como esse para isso.

Para o treinador, a responsabilidade da vitória não foi de Fred ou Paulinho, autores dos gols, ou de Julio César, que pegou um pênalti cobrado por Forlán no primeiro tempo, mas da torcida, que lotou o Mineirão.

— Nos últimos dez anos, depois da Copa do Mundo, acho que esse foi o jogo mais emocionante. Hoje os jogadores fizeram pela torcida. A torcida foi fundamental. Eles fizeram com que nós superássemos as dificuldades. A torcida foi a grande vencedora e fez com que chegássemos à final.

Narrador envelhece Forlán e faz de Fred um carioca

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!