Em ritmo lento, Arena da Baixada ainda não concluiu arquibancadas

Estádio paranaense é um dos que mais preocupa para Copa do Mundo de 2014

Estádio em Curitiba é um dos mais longes da conclusão para Copa
Estádio em Curitiba é um dos mais longes da conclusão para Copa Divulgação

O Atlético Paranaense divulgou nessa semana que as obras na Arena da Baixada, casa do clube e palco dos jogos em Curitiba na Copa do Mundo de 2014, apresentaram avanços.

Entretanto, com um índice de execução de 68%, parece improvável a conclusão das obras até dezembro deste ano, data-limite imposta pela Fifa para conclusão dos 12 estádios do Mundial.

A evolução das construções aconteceram nas arquibancadas superiores, no setor Brasílio Itiberê. Os degraus pré-moldados estão sendo montados, assim como a nova cobertura da arena, que será a única do País a ter um teto retrátil.

No ritmo atual, arenas de Curitiba, Manaus e Cuiabá só ficam prontas em 2015

De olho na Conmebol, Marin rejeita reeleição e polêmica do caso Herzog

Hoteis do Rio veem Copa das Confederações 'morna'

Além das novas arquibancadas, os trabalhos estão focados na montagem das torres de andaimes que suportarão toda a estrutura.

A reforma do estádio do Furacão permanece orçada em R$ 234 milhões. O estádio receberá partidas da primeira fase da Copa de 2014, com jogos nos dias 16, 20, 23 e 26 de junho.