Três treinadores, a Lombardia, e uma rodada crucial do Italiano

Na jornada 34 de um torneio de 38, Jogos decisivos para a Inter de Antonio Conte, a Atalanta de Gian Piero Gasperini e o Milan de Stefano Pioli

A Lombardia e a localização de Milão, Bérgamo e Brescia

A Lombardia e a localização de Milão, Bérgamo e Brescia

Reprodução Mapas Ibéria

Dos vinte clubes do Campeonato Italiano de 2019/2020, quatro moram na Região da Lombardia: a Atalanta, o Brescia, a Internazionale e o Milan. Três cidades, apenas distantes cerca de 104 quilômetros. Ou, 52 de Milão até Bérgamo, 52 de Bérgamo até Brescia. As “nerazzurri”, a Atalanta, a “Dea”, ou a “Deusa” de Bérgamo, e a Inter, a “Biscione”, a serpente mitológica de Milão, ainda sonham com a possibilidade do belo título da temporada. Seria só o primeiro da equipe dirigida pelo plácido Gian Piero Gasperini. E o décimo-oitavo do elenco orientado pelo inflamado, sempre agitado Antonio Conte.

Antonio Conte

Antonio Conte

@Inter

O Milan, apelidado “Diavolo”, do treinador Stefano Pioli, apenas almeja uma vaga na futura Europa League. Briga com a Roma, da Região do Lazio, e com o Sassuolo, da Emìlia-Romagna. Quanto ao “Brescia” de Diego López, o terceiro mister das “Rondinelle”, ou “Andorinhas”, na temporada, se apresta a retornar à Série B, de onde acaba de subir. Neste sábado, dois dos quatro clubes disputarão cotejos essenciais para as suas expectativas. Às 12h15, de Brasília, a “Dea”, 70 pontos, sete atrás da líder Juventus, visitará o Verona, 44, nove atrás do Milan e da promoção à EL. O “Diavolo” hospedará o Bologna, 43.

Gian Piero Gasperini

Gian Piero Gasperini

@Atalanta_BC

Gasperini conduz a Atalanta à melhor “stagione” de toda a história da agremiação, fundada em 1907. Na estante de troféus a “Deusa” só ostenta, de significativo, o levantado na Coppa Italia de 1962/63. Aliás, também é a melhor dele, piemontês de Grugliasco, 62 anos, ex-centrocampista cujo percurso de atleta se limitou basicamente à segunda divisão. Como treinador, Gasperini também não ganhou nada de relevante. E, na verdade, neste campeonato, até a rodada 19, a Atalanta só ostentava 35 pontos: 13 atrás da Juve, 11 da Inter e 7 da Lazio. Então, desembestou numa série invicta de 13 pelejas, mais 35 pontos. Hoje ocupa o terceiro posto e exibe um ataque fogoso, de 93 tentos, onde brilham dois colombianos: Luís Muriel (17) e Duján Zapata (16).

Stefano Pioli

Stefano Pioli

@ACMilan

Pioli, ao contrário, se debate para preservar a sua dignidade num clube entregue a donos não-peninsulares, da Elliot Corp., uma especuladora em fundos de investimento, e a um administrador greco-sulafricano, Ivan Gazidis, que já contratou até mesmo o seu substituto, Ralf Rangnick, um alemão ligado à marca Red Bull. Natural de Parma, 54 de idade, Pioli foi um defensor excelente, de passagens pela Juve e pela Fiorentina. Integrou a equipe da “Senhora” que arrebatou a Copa Intercontinental de 1985. No cargo de treinador do “Diavolo” desde o início da temporada, tem o apoio da maioria dos jogadores, que não toleram o rude autoritarismo de Gazidis. Como o irrequieto Ibrahimovic, cujos  rompantes de irritação são públicos. O ex-craque Paolo Maldini, DT do clube, também já arrumou as suas malas.

Zlatan Ibrahimovic

Zlatan Ibrahimovic

@Ibra_Official

PS: Por incrível que pareça, o melhor e mais didático mapa da Lombardia que encontrei, para ilustrar este texto, provém de uma página de Internet em espanhol.

Todos os jogos da rodada 34:

Sábado, 18 de Julho

12h15
Verona (44) X Atalanta (70)

14h30
Cagliari (41) X Sassuolo (47)

16h45
Milan (53) X Bologna (43)


Domingo, 19 de Julho

12h15
Parma (40) X Sampdoria (38)

14h30
Brescia (21) X Spal (19)
Fiorentina (39) X Torino (37)
Genoa (30) X Lecce (29)
Napoli (53) X Udinese (36)

16h45
Roma (57) X Internazionale (71)


Segunda-feira, 20 de Julho

16h45
Juventus (77) X Lazio (69)


Gostou? Clique num dos ícones para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, use máscara. E fique com o meu abração virtual! Obrigadíssimo!