Silvio Lancellotti O alívio da Juventus e a alegria do Milan, líder como a Internazionale

O alívio da Juventus e a alegria do Milan, líder como a Internazionale

Em visita a La Spezia a "Senhora" enfim ganha um jogo, no sufoco, por 3 X 2. E o "Diavolo" da Lombardia padece sem Ibrahimovic e  sem Giroud mas derrota o Venezia por 2 X 0 e sobe aos 13 pontos.

Ax expressões dos jogadores da Juve depois da vitória

Ax expressões dos jogadores da Juve depois da vitória

@Serie A Calcio

Por duas vezes na Série B, na temporada de 2006/2007, quando a Juve, “Velha Senhora”, corretamente punida num torpe escândalo de indicações arbitrais, acabou rebaixada pela Justiça do Calcio à segunda divisão. E mais outras duas na Série A, agora, na “stagione” de 2020/2021, a primeira em que as “Aguiazinhas” de La Spezia participaram da turma de cima no Futebol da Itália. O resumo histórico do duelo entre a Juventus de Turim, Piemonte, e o Spezia, Ligúria: quatro jogos e a Juve com duas vitórias a uma, folga de 10 X 5 nos gols.

As expressões dos jogadores da Juve antes da partida

As expressões dos jogadores da Juve antes da partida

@Serie A Calcio

Quer dizer, numa severa crise, talvez a pior de todos os tempos, uma triste 18ª posição no “Nazionale”, ridículos 2 pontos em 12 disponíveis, dentro da humilhante zona de queda, a “Senhora” adentrou o gramado do Alberto Picco de La Spezia, nesta quarta-feira, 22 de Setembro, pela rodada número 5 do “Nazionale” da Bota, bem longe de favorita razoável a um triunfo regenerador sobre o time local, 12º lugar, 4 pontos. Ironia: ainda na mesma “giornata” o seu rivalérrimo Milan, 10 pontos, 3º posto, tentaria encostar na sua antagonista de cidade, a Internazionale, na cota de 13. Bastaria que o "Diavolo" da Lombardia superasse o Venezia, meros 3 pontos, no 16º lugar. Eis as sínteses das porfias desta quarta e as fichas das contendas da quinta, dia 23, além dos resultados da terça recente, dia 21.


Quarta-feira, 22 de Setembro

SPEZIA (4pg) 2 X 3 JUVENTUS (5pg)
La Spezia, Stadio Alberto Picco
Árbitro: Gianluca Aureliano

Gols: Giasy, Antiste X Kean, Chiesa, De Ligt

O momento do arremate de Kean, imagem do Twitter no intervalo do prélio

O momento do arremate de Kean, imagem do Twitter no intervalo do prélio

@Serie A Calcio

De fato, houve o resgate. Mas, foram necessários 97’ e não faltaram o destrambelhamento e as cicatrizes. Tudo pareceu se desanuviar aos 28’ quando Bonucci acertou um lançamento até Rabiot, dentro da área do Spezia e o francês ajeitou para a finalização de Moise Kean da linha de entrada da área grande. A bola ainda resvalou no poste antes de enfunar as redes de Zoet. Logo aos 33’, todavia, um petardo em diagonal do ítalo-ganês Giasy se desviou no corpo de Bentancur e, por cima, surpreendeu o esforçado arqueiro Szczesny. Provocativo, Giasy celebrou precisamente à maneira de Cristiano Ronaldo, o ex-alvinegro de plantão.

Moise Kean, da Juve

Moise Kean, da Juve

@Serie A Calcio

Pior, aos 49’, mal principiou o segundo tempo, numa armadilha muito bem construída por Thiago Motta, o ex-volante de São Bernardo do Campo que se naturalizou italiano, chegou a atuar pela “Squadra Azzurra”, brilhou na Internazionale, no PSG, e hoje é o treinador do Spezia, um contra-ataque pegou a defesa da “Senhora” atônita e desprevenida e levou aos 2 X 1 das “Aguiazinhas, gol do gaulês Jean Antiste. Na lateral do gramado, faltou pouco para que Massimiliano Allegri, o treinador da “Zebra” de Turim, sofresse um infarto. Ele que fôra grotescamente flagrado numa leitura labial ao reclamar dos seus pupilos depois do 1 X 1, de virada, na rodada #4, com o Milan: “Vocês sabiam que jogam pela Juve?”

Dybala e De Ligt

Dybala e De Ligt

@Serie A Calcio

Desta vez, souberam. E reagiram. Sem apuro técnico mas com enorme “agonismo”, muita garra. Aos 66’, depois de uma confusão com seu colega Morata, dentro da área do inimigo, Federico Chiesa se livrou de Zoet e igualou. Então, aos 72’, depois de uma outra pirotecnia diante do arco de Zoet, num corner alçado por Dybala, o zagueiro De Ligt propiciou o alívio dos 3 X 2. Enfim, no seu quinto prélio, os três pontos da “Senhora”. Allegri, porém, precisará se debater com uma ingente trabalheira para estruturar o seu time até os duelos caseiros com a Sampdoria de Gênova, no domingo, e com o Chelsea, pela Champions, dia 29.


MILAN (13pg) 2 X 0 VENEZIA (3pg)
Milão, Stadio di San Siro
Árbitro: Ivano Pezzutto

Gols: Brahim Díaz, Theo Hernández

O momento do arremate de Brahim Díaz, 1 X 0 em favor do Milan

O momento do arremate de Brahim Díaz, 1 X 0 em favor do Milan

@Serie A Calcio

Ele, Zlatan Ibrahimovic, artilheiro lesionado, presenciou das tribunas a atuação patética do seu “Diavolo” diante de uma agremiação recém-promovida na Série B e que conseguiu conter os ímpetos do clube desejoso de voltar ao topo da tabela, ao lado da Internazionale, a sua grande antagonista de cidade. A Inter, uma líder temporária até o cotejo do Napoli em Gênova, contra a Sampdoria, nesta quinta-feira, 23. E demorou bastante para o Milan achar um lance construído com eficiência, e até beleza, e daí perpetrar 1 X 0. Aconteceu aos 67’, um levantamento de Bennacer, a armação de Theo Hernández e o arremate manso de Brahim Diaz diante do arqueiro finlandês Niki Maenpaa, que nada poderia fazer.

O momento do arremate de Theo Hernández, 2 X 0 em favor do Milan

O momento do arremate de Theo Hernández, 2 X 0 em favor do Milan

@Serie A Calcio

Já era integral o predomínio “rossonero” e lhe faltava, só, o “cannoniere” básico. Brahim Diaz é um ótimo parceiro, um meia, “trequartista” como se diz na Bota. Rebic não passa de um “panzer” razoável. Rafael Leão, irregular em demasia. O treinador Stefano Pioli pediu e ganhou Oliver Giroud, o francês ex-Chelsea. Giroud, porém, também se machucou e precisa de mais uma semana de estaleiro. Ao Milan, assim, restam as situações pelos dois flancos. E do lado esquerdo, aos 82’, graças ao passe de Saelemeakers, ocorreram a incursão e o petardo cruzado de Hernández, 2 X 0. Feliz o Milan, 13 pontos como a Inter. E agora ambos aguardam como se portará, nesta quinta, o “Burro” da Terra da Pizza.


SALERNITANA (1pg) 2 X 2 VERONA (4pg)
Salerno, Stadio Arechi
Árbitro: Massimiliano Irrati

Gols: Gondo, Coulibaly X Kalinic/2

A festa do Empoli na Ilha da Sardenha

A festa do Empoli na Ilha da Sardenha

@Serie A Calcio

CAGLIARI (2pg) 0 X 2 EMPOLI (6pg)
Cagliari, Stadio Unipol Domus
Árbitro: Marco Di Bello

Gols: Di Francesco, Stulac


Quinta-feira, 23 de Setembro

SAMPDORIA (5pg) X NAPOLI (12pg)
Gênova, Stadio Luigi Ferraris
Árbitro: Paolo Valeri

O Stadio Luigi Ferraris, de Gênova

O Stadio Luigi Ferraris, de Gênova

Reprodução

TORINO (6pg) X LAZIO (7pg)
Turim, Stadio Olimpico Grande Torino
Árbitro: Rosario Abisso

ROMA (9pg) X UDINESE (7pg)
Roma, Stadio Olimpico
Árbitro: Antonio Rapuano


Já realizados

Zappacosta, da Atalanta

Zappacosta, da Atalanta

@Atalanta_BC

ATALANTA (10pg) 2 X 1 SASSUOLO (4pg)
Bérgamo, Stadio Gewiss
Árbitro: Davide Massa

Gols: Gosens, Zappacosta X Berardi

FIORENTINA (9pg) 1 X 3 INTER (13pg)
Florença, Stadio Artemio Franchi
Árbitro: Michael Fabbri

Gols: Sottil X Darmian, Dzeko, Perisic

BOLOGNA (8pg) 2 X 2 GENOA (4pg)
Bolonha, Stadio Renato Dall’Ara
Árbitro: Francesco Fourneau

Gols: Hickey, Arnautovic/pen X Destro, Criscito/pen

Theo Hernández, o astro do sucesso do Milan

Theo Hernández, o astro do sucesso do Milan

@ACMilan

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas