Silvio Lancellotti No choque direto pela liderança do Calcio, deu Milan, 1 X 0 no Napoli

No choque direto pela liderança do Calcio, deu Milan, 1 X 0 no Napoli

Com a sua defesa bem protegida, o time de Stefano Pioli não cedeu chances ao anfitrião de Luciano Spalletti. o francês Giroud marcou o tento solitário, o seu primeiro gol longe do San Siro do seu clube.

Giroud, o criador do triunfo crucial do Milan sobre o Napoli, 1 X 0

Giroud, o criador do triunfo crucial do Milan sobre o Napoli, 1 X 0

@ACMilan

De história inaugurada em 1926, o Napoli, apelidado de “Burro da Terra da Pizza”, até hoje apenas levantou dois títulos de Campeão da Itália, o último em 1990. Nascido em 1899, o Milan, ou “Il Diavolo”, já acumulou 18 lauréis, o mais recente em 2011. Nesta temporada de 2021/2022, ao menos no momento, durante a disputa da rodada #28 de um certame com 38, ambos são os principais inimigos da Inter, a detentora da taça, que luta pelo “Scudetto” de número 20 e o nobre direito de também bordar a segunda estrela em seus uniformes.

Milan, a festa do último "Scudetto", em 2011

Milan, a festa do último "Scudetto", em 2011

@ACMilan

Simbolizada pela “Biscione”, a mitológica serpente da Lombardia, a Inter liderava a classificação com 58 pontos em 27 prélios efetivamente realizados – tem um cotejo a resgatar, em visita ao Bologna, suspenso pela Covid-19. De todo modo, iguais em 57, neste domingo 6 de Março, no Diego Maradona da Terra da Pizza, ou o Napoli ou o Milan, no caso de vencer, mesmo que momentaneamente escalaria o cume da classificação. No caso de “pareggio”, sucederia o inusitado, o tríplice empate. Deu “Diavolo”, num duelo em que sua retaguarda, bem fechadinha, não deixou que o “Burro” assustasse o arqueiro Maignan.

Todas as porfias do domingo, dia 6:

A celebração do 1 X 0, gol de Giroud

A celebração do 1 X 0, gol de Giroud

@Serie A Calcio

NAPOLI (3º/57/28) 0 X 1 MILAN (1º/60/28)
Nápoles, Stadio Diego Armando Maradona
Árbitro: Daniele Orsato
Gol: Giroud

O nervosismo e a agitação, principalmente nas laterais do gramado, exigiram do árbitro Orsato, um dos melhores do planeta, a mais absoluta concentração. Não faltaram as advertências verbais a cada “mister”, Luciano Spalletti do Napoli e Stefano Pioli do Milan. No primeiro tempo, com um predomínio estéril, cerca dos 70% de posse da pelota, o “Burro” esbarrou na inapetência do seu maior talento, o armador Lorenzo Insigne. E, ironia, cometeu apenas duas infrações, antes dos 40’, ambas, porém, dignas de cartões amarelos. O “Diavolo”, enfim com o craque Ibrahimovic de retorno ao seu banco de reservas, se limitou ao fulgor do francês Théo Hernández, um ala que se multiplicou por quatro.

À esquerda, Théo Hernández, o craque do Milan na peleja

À esquerda, Théo Hernández, o craque do Milan na peleja

@ACMilan

Nenhuma alteração no intervalo. Pioli optou por guardar o Ibra, talvez, mais um quarto do tempo regular. E dentre os suplentes de Spalletti, o belga Dries Mertens já sabia: é costume do seu treinador utilizá-lo como um amuleto de salvação. Pois a oportunidade despontou muito depressa, aos 49’, num tiro de Calabria e num desvio de Giroud, na marca penal, Milan 1 X 0, distração imperdoável da zaga do Napoli, que ficou na torcida por um impedimento que não houve. Curiosidade: foi o oitavo gol de Giroud na “stagione”, o único longe do seu San Siro. O “Burro” se desnorteou. Tudo ou nada, Spalletti recorreu a Mertens.

Na capa do Twitter do Milan, destaque para Giroud

Na capa do Twitter do Milan, destaque para Giroud

@ACMilan

Restavam 15’ de escaramuças. O Ibra já se aquecia. E refluiu. Pioli preferiu se retrancar, segurar o 1 X 0 que já lhe garantia o comando da classificação. O infortúnio do Napoli se mostrou tão intenso que, num contra-ataque, o nigeriano Osimhen quase fez o 1 X 1 e então escorregou além da linha de fundo e mergulhou, de cara, numa única poça de água gelada atrás da meta de Maignan. Aos 90’, exclusivamente para ganhar tempo, Pioli colocou o Ibra no posto de Rafael Leão. E por um triz, nos acréscimos, o Zlatan não armou os 2 X 0 ao deixar Saelemaekers face a face com Ospina. Mas o arqueiro salvou, na pontinha dos dedos. Final de 1 X 0, sucesso basilar do Milan, no aguardo do adiado Bologna X Inter.


GENOA (19º/18/28) 0 X 0 EMPOLI (13º/32/28)
Gênova, Stadio Luigi Ferraris
Árbitro: Gianluca Aureliano

BOLOGNA (12º/33/27) 0 X 0 TORINO (11º/34/27)
Bolonha, Stadio Renato Dall’Ara
Árbitro: Luca Massimi

Da Juve, Vlahovic, Locatelli e Morata

Da Juve, Vlahovic, Locatelli e Morata

@Serie A Calcio

JUVENTUS (4º/53/28) 1 X 0 SPEZIA (16º/26/28 )
Turim, Allianz Stadium
Árbitro: Francesco Fourneau
Gol: Morata

Incapaz de solucionar um seu dilema crônico, a transição da defesa ao ataque, mais uma vez a “Senhora” desfrutou um lance isolado para se colocar na frente do placar. Aos 21’, o arqueiro Provedel, do visitante, errou na reposição de bola, que sobrou para Rugani. O zagueirão, depressa, mobilizou Vlahovic, que tocou a Locatelli que entregou a Morata que finalizou, 1 X 0. A pelota, todavia, não mais chegou limpa ao DV7, ansioso por realizar um gol e daí suplantar o “laziale” Immobile na relação dos artilheiros. E a Juve acabou por sofrer no segundo tempo um sufoco eventualmente dramático e totalmente desnecessário. Ao menos abiscoitou três pontos, de certa maneira se firmou na quarta posição e, agora, tem uma semana inteirinha para repousar os seus exaustos e recuperar os seus lesionados.

Na capa do Twitter da Juve, homenagem a Morata

Na capa do Twitter da Juve, homenagem a Morata

@JuventusFC

FIORENTINA (8º/43/27) 1 X 1 VERONA (9º/41/28)
Florença, Stadio Artemio Franchi
Árbitro: Gianluca Manganiello
Gols: Piatek X Caprari/pen

VENEZIA (18º/22/27) 1 X 4 SASSUOLO (10º/39/28)
Veneza, Stadio Pier Luigi Penzo
Árbitro: Luca Pairetto
Gols: Henry X Raspadori, Berardi/2/2pen, Scamacca/pen


Na sexta-feira, dia 4:
 

No Twitter da Inter, a alegria pelos 5 X 0 contra a Salernitana

No Twitter da Inter, a alegria pelos 5 X 0 contra a Salernitana

@Inter

INTER (1/58/27) 5 X 0 SALERNITANA (20º/15/26)
Gols: Lautaro Martinez/3, Dzeko/2


No sábado, dia 5:
UDINESE (14º/29/26) 2 X 1 SAMPDORIA (15º/26/28)
Gols: Deulofeu, Udogie X Caputo
CAGLIARI (17º/25/28) 0 X 3 LAZIO (7º/46/28)
Gols: Immobile/pen, Luís Alberto, Felipe Anderson
ROMA (6º/47/28) 1 X 0 ATALANTA (5º/47/27)
Gol: Tammy Abraham

Berardi, do Sassuolo, a subir na tabela dos artilheiros

Berardi, do Sassuolo, a subir na tabela dos artilheiros

@SassuoloUS

Inaugurada em 21 de agosto de 2021, e com seu desfecho previsto para 22 de maio de 2022, esta edição da Série A do Futebol da Velha Bota, a 120ª na História do Calcio, a 90ª desde a implantação do campeonato de pontos corridos, em turno e em returno, já apresentou 275 jogos e 804 gols, média de 2,93. Principais artilheiros: Ciro Immobile (Lazio) e Dusan Vlahovic (Fiorentina/Juve), 20 gols = 17/3; Giovanni Simeone (Verona), 15; Lautaro Martínez (Inter), 14: Tammy Abraham (Roma), 13; Edin Dzeko (Inter), Domenico Berardi (Sassuolo), 12; Gianluca Scamacca (Sassuolo), 11; João Pedro (Cagliari), Antonin Barak e Gianluca Caprari (Verona), 10. Das quatro equipes do Calcio ainda vivas nas Copas da Europa, três se apresentarão nesta semana. A Juve, na ChL, só atuará na subsequente.

Immobile, o número 1 nos gols, diante da câmera de TV

Immobile, o número 1 nos gols, diante da câmera de TV

@SSLazio

Eis os cotejos de agora:

CHAMPIONS LEAGUE
Dia 8, terça-feira
LIVERPOOL (Ing) X INTER

EUROPA LEAGUE
Dia 9, quarta-feira
ATALANTA X BAYER LEVERKUSEN (Ale)

CONFERENCE LEAGUE
Dia 10, quinta-feira
VITESSE (Nee, ex-Hol) X ROMA

Milan, temporariamente o líder do Italiano

Milan, temporariamente o líder do Italiano

@ACMilan

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas