Silvio Lancellotti Neymar? Não, Mbappé dominante nos 4 X 1 do PSG sobre o Barcelona.

Neymar? Não, Mbappé dominante nos 4 X 1 do PSG sobre o Barcelona.

Impressionante a vitória dos "Parisienses", fora de casa, contra o perplexo time de Messi. No outro jogo das oitavas da "Champions", o Liverpool ignorou o RB Leipzig, mandante, placar de 2 X 0.

Mbappé, a primeira tripleta de um visitante do Camp Nou desde 1997

Mbappé, a primeira tripleta de um visitante do Camp Nou desde 1997

@ChampionsLeague

Com as duas primeiras de suas 16 partidas se inaugurou nesta terça-feira, dia 16 de Fevereiro, a etapa das oitavas de final da Liga dos Campeões, ou “Champions League”, temporada européia de 2020/2021. Aliás, duas grandes surpresas, triunfos avassaladores dos visitantes. No Nou Camp, o PSG da França devastou o Barcelona anfitrião por 4 X 1. No Puskàs de Budapest, o Liverpool ignorou o RB Leipzig da Alemanha, placar tranqüilo, 2 X 0.

RB Leipzig 0 X 2 Liverpool, o abraço de Curtis Jones em Salah

RB Leipzig 0 X 2 Liverpool, o abraço de Curtis Jones em Salah

@ChampionsLeague

Na quarta-feira, 17, estas oitavas, que se desenrolam em duelos de ida e volta, prosseguirão com mais dois jogos. Em Portugal, no Estádio do Dragão, Porto X Juventus. E na Espanha, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, Sevilla X Borussia Dortmund. Daí continuarão através de outras três semanas, até 17 de Março. Então, no dia 19, na sua sede de Nyon, Suíça, a UEFA, entidade que administra o Futebol no Velho Mundo, sorteará os cotejos das quartas de final e também das semis, sempre com ida e volta.

Uma síntese dos prélios deste dia 16, retorno em 10/3:


BARCELONA 1 X 4 PSG
Barcelona, Camp Nou, 99.354 lugares
Público: 0
Árbitro: Bjorn Kuipers (Neerlândia)

Gols: Messi/pen X Mbappè/3 e Kean

Messi, 1 X 0 na cobrança de um penal, o gol da ilusão do Barça

Messi, 1 X 0 na cobrança de um penal, o gol da ilusão do Barça

@ChampionsLeague

De novo lesionado, Neymar nem nas tribunas apareceu. No comando do elenco, o argentino Maurício Pochettino,  desde Janeiro no lugar do antipatizado Thomas Tuchel, apostou o que podia na entrada do ítalo-argentino Mauro Icardi ao lado de Kylian Mbappè. Funcionou. Tanto que o PSG ameaçava bem mais quando, aos 26’, num lance estranho, enfim confirmado pelo VAR como infração, de Jong caiu na área, supostamente chargeado por Kurzawa. Lionel Messi cobrou, sem qualquer chance para o arqueiro Keylor Navas.

Mbappé, o tento do empate do PSG

Mbappé, o tento do empate do PSG

@ChampionsLeague

O PSG não se abalou. Ao contrário, voltou a pressionar e, aos 32’, num lance belíssimo, Kurzawa passou a Verrati que enfiou a bola a Mbappè que se desvencilhou de dois zagueiros e fulminou Ter Stegen, 1 X 1. E o predomínio se acentuou na etapa derradeira, especialmente graças às falhas sucessivas da defesa do Barça. Aos 65’, depois de um contra-ataque fulminante de Paredes pela direita do gramado, Gerard Piqué se equivocou no corte e permitiu o rebote imparável de Mbappé, 2 X 1. Aos 70’, outra vez Paredes puxou a ofensiva fulminante e cruzou. Lenglet, pesadão, saltou pouco e Moise Kean testou, 3 X 1.

O momento da testada de Kean, 3 X 1

O momento da testada de Kean, 3 X 1

@ChampionsLeague

Dominador, impositivo, absoluto, talvez despreocupado por causa da ausência de Neymar, aos 85’, colocado por Julian Draxler na cara de Ter Stegen, friamente Mbappé anotaria os 4 X 1. Desde o ucraniano Schevchenko, com o Dynamo de Kiev, em 1997, 4 X 0 no “Blaugrana”, um forasteiro não registrava uma tripleta no Camp Nou. De repente, de favorito em casa, o Barça se transformou em “zebra”. Missão dificílima a sua, para não dizer que será impossível, reverter este resultado na volta de Paris. E o PSG, provavelmente, com Neymar já recuperado. Será o brasileiro, porém, uma peça indispensável, mesmo?

RB LEIPZIG 0 X 2 LIVERPOOL
Puskàs Arena, Budapest, 67.215 lugares
Público: 0
Árbitro: Slavko Vincic (Eslovênia)

Gols: Salah e Mané

Detalhe do gol de Salah, Liverpool 1 X 0

Detalhe do gol de Salah, Liverpool 1 X 0

@ChampionsLeague

Consequência da Covid-19 e das fronteiras fechadas da Alemanha, o RB Leipzig se constrangeu a hospedar os “Reds” da Terra dos Beatles em um estádio da Hungria. Semifinalistas em 2019/2020, derrotados pelo PSG após eliminarem Tottenham e Atlético de Madrid, os rapazes do jovem Julian Nagelsmann, 33 de idade, de início não se intimidaram diante dos pupilos muito mais experientes de Juergen Klopp, os campeões em 2018/2019. Alisson, o arqueiro do Liverpool, era o melhor no prélio até que, em duas barbeiragens dos anfitriões, o placar se definiria.

Sadio Mané, Liverpool 2 X 0

Sadio Mané, Liverpool 2 X 0

@ChampionsLeague

Aos 53’, o artilheiro Mohammed Salah se lucopletou da lentidão de Upermercano e de Angeliño, invadiu a área dos “Touros Rubros” pela direita e fulminou Gulácsi, 1 X 0. Depois, aos 58’, do outro lado, sempre na velocidade, Sadio Mané desfrutou um escorregão de Nordi Mukiele e cravou os 2 X 0. Desalentado, seguramente a pensar nas complicações de virar um resultado tão infeliz na volta, na Inglaterra, o elenco do Leipzig e se apagou.

Prélios de 17/2, retorno em 9/3:

Porto

Porto

Reprodução

PORTO X JUVENTUS
Parece favorita a Juve de Cristiano Ronaldo. Na última edição, porém, parou no Lyon.

PORTO (Portugal)
Porto, Estádio do Dragão, 50.033 lugares
Ranking: 15 – 82.000 pontos
Fundação: 1893
Apelido: “O Dragão”
Títulos nacionais: 29
Melhor LC: campeão em 1987, 2004
Última LC: não conseguiu classificação
Nesta LC, Grupo C: 4vit-1emp-1der, 10gp X 3gc

Treinador: Sérgio Conceição, 46 anos
Artilheiro: Sérgio Oliveira, 3 tentos
Obs: Depende da segurança da sua retaguarda.

JUVENTUS (Itália)
Turim, Allianz Stadium, 41.507 lugares
Ranking: 3 – 118.000 pontos
Fundação: 1897
Apelidos: “La Vecchia Signora”, “Zebra”
Títulos nacionais: 36
Melhor LC: campeã em 1985, 1996 (dois títulos)
Última LC: oitavas, eliminada pelo Lyon
Nesta LC, Grupo G: 5vit-0emp-1der, 14gp X 4gc

Treinador: Andrea Pirlo, 41 anos
Artilheiro: Morata, 6 tentos
Obs: Não pode permanecer irregular como no Italiano.

Sevilla

Sevilla

Reprodução

SEVILLA X BORUSSIA DORTMUND
Mais uma vez desafortunado, no sorteio, o clube campeoníssimo na Liga Europa.

SEVILLA (Espanha)
Sevilha, Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, 43.833 lugares
Ranking: 9 – 97.000 pontos
Fundação: 1890
Apelido: “Los Nervionenses”, do bairro de Nervión
Títulos nacionais: 1
Melhor LC: quartas em 2018, eliminado pelo Bayern
Última LC: não disputou, foi campeão da Liga Europa
Nesta LC, Grupo E: 4vit-1emp-1-der, 9gp X 8gc

Treinador: Julen Lopetegui, 54 anos
Artilheiro: Youssef Em-Nesyri, 3 tentos
Obs: Precisa se tornar um time de chegada.

BORUSSIA DORTMUND (Alemanha)
Dortmund, Westfalenstadion, 65.829 lugares
Ranking: 12 – 86.000 pontos
Fundação: 1909
Apelido: “A Muralha Amarela”
Títulos nacionais: 8
Melhor LC: campeão em 1997
Última LC: oitavas, eliminado pelo PSG
Nesta LC, Grupo F: 4vit-1emp-1der, 12gp X 5gc

Treinador: Edin Terzic, 38 anos
Artilheiro: Haaland, 6 tentos
Obs: Por levar uma sova humilhante, Stuttgart 5 X 1, em Dezembro, demitiu Lucien Favre e promoveu como interino o ex-avante Edin Terzic, efetivado em Janeiro. Ostenta o atacante mais impetuoso da Europa, o formidável "panzer" norueguês Erling Haaland.

Prélios de 23/2, retorno em 17/3:

Atlético de Madrid

Atlético de Madrid

Reprodução

ATLÉTICO DE MADRID X CHELSEA
Os experientes do “Cholo” Simeone contra os jovens gladiadores agora de Thomas Tuchel.

ATLÉTICO DE MADRID (Espanha)
Madrid, Wanda Metropolitano, 68.456 lugares
Ranking: 5 – 115.000 pontos
Fundação: 1903
Apelidos: “Colchoneros”, “Atleti”
Títulos nacionais: 10
Melhor LC: vice em 1974 (perdeu do Bayern), 2014 (Real Madrid), 2016 (Real Madrid)
Última LC: quartas, eliminado pelo RB Leipzig
Nesta LC, Grupo A: 2vit-3emp-1der, 7gp X 8gc
Treinador: Diego Simeone, 50 anos

Artilheiro: João Félix, 2
Obs: Precisa se tornar um time de chegada.

CHELSEA (Inglaterra)
Londres, Stamford Bridge, 40.834 lugares
Ranking: 14 – 84.000 pontos
Fundação: 1905
Apelido: “The Blues”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: campeão em 2012
Última LC: oitavas, eliminado pelo Bayern
Nesta LC, Grupo E: 4vit-2-emp-0der, 14 gp X 2 gc

Treinador: Thomas Tuchel, 47 anos
Artilheiro: Giroud, 5 tentos

Obs: Depois de 18 meses sob a orientação do seu antigo ídolo Frank Lampard, demitiu o ex-volante em 25 de Janeiro e já no dia 26 contratou Thomas Tuchel, recém-dispensado do PSG. Depende muito da sua defesa, difícil de vazar, e do oportunismo de Giroud.

Lazio

Lazio

Reprodução

LAZIO X BAYERN
Muito difícil que o vôo da “Águia” ultrapasse as fronteiras da Floresta Negra e da Bavária.

LAZIO (Itália)
Roma, Stadio Olìmpico, 72.698 lugares
Ranking: 36 – 44.000 pontos
Fundação: 1900
Apelido: “Águia”
Títulos nacionais: 2
Melhor LC: quartas em 2000, eliminado pelo Valencia
Última LC: não conseguiu classificação
Nesta LC, Grupo F: 2vit-4emp-9der, 11gp X 7gc

Treinador: Simone Inzaghi, 44 anos
Artilheiro: Immobile, 5 tentos
Obs: Dos 16, o elenco mais assediado pela Covid-19.

BAYERN (Alemanha)
Munique, Allianz Arena, 70.000 lugares
Ranking: 1 – 127.000 pontos
Fundação: 1900
Apelido: “Os Bávaros”
Títulos nacionais: 30
Melhor LC: campeão em 1974, 1975, 1976, 2001, 2013, 2020 (seis títulos)
Última LC: campeão
Nesta LC, Grupo A: 5vit-1emp-0der, 18 gp X 5 gc

Treinador: Hans-Dieter Flick, 56 anos em 24/2
Artilheiros: Coman e Lewandowski, 3 tentos
Obs: Não perde, na LC, faz 17 jogos, 16 vit-1emp.

Prélios de 24/2, retorno em 16/3:

Atalanta

Atalanta

Reprodução

ATALANTA X REAL MADRID
Confronto de irregularidades. Ambas as equipes apenas se qualificaram no sufoco.

ATALANTA (Itália)
Bérgamo, Atleti Azzurri d’Italia, 21.300 lugares
Ranking: 29 – 50.500 pontos
Fundação: 1907
Apelido: “La Dea”, ou “A Deusa”
Títulos nacionais: nenhum
Melhor LC: quartas em 2020, eliminado pelo PSG
Última LC: quartas, eliminado pelo PSG
Nesta LC. Grupo D: 3vit-2emp-1der, 10gp X 8gc

Treinador: Gian Piero Gasperini, 63 anos
Artilheiro: Zapata, 3
Obs: Problema, o desconjunto ataque X defesa.

REAL MADRID (Espanha)
Madrid, Santiago Bernabéu, 81.044 lugares
Ranking: 4 – 117.000 pontos
Fundação: 1902
Apelido: “Os Merengues”
Títulos nacionais: 34
Melhor LC: campeão em 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1966, 1998, 2000, 2002, 2014, 2016, 2017, 2018 (treze títulos)
Última LC: oitavas, eliminado pelo Manchester City
Nesta LC, Grupo B: 3vit-1emp-2der, 11gp X 9gc

Treinador: Zinedine Zidane, 48 anos
Artilheiro: Benzema, 4
Obs: Quase fora, salvou-se no limite dos limites

Borussia Moenchengladbach

Borussia Moenchengladbach

Reprodução

BORUSSIA M’ENCHENGLADBACH X MAN. CITY
Teriam os “Prussianos” de Marco Rose chegado mais longe do que esperavam?

BORUSSIA MOENCHENGLADBACH (Alemanha)
Borussia, Borussia Park, 59.724 lugares
Ranking: 53 – 33.000 pontos
Fundação: 1900
Apelidos: “Os Potros”, “Os Prussianos”
Títulos nacionais: 5
Melhor LC: vice em 1977, perdeu do Liverpool
Última LC: não conseguiu classificação
Nesta LC, Grupo B: 2vit-2emp-2der, 16gp X 9gc

Treinador: Marco Rose, 44 anos
Artilheiro: Alassane Pléa, 5 tentos
Obs: Um time sem nenhum medo de atacar.

MANCHESTER CITY (Inglaterra)
Manchester, Etihad Stadium, 53.000 lugares
Ranking: 6 – 110.000 pontos
Fundação: 1894
Apelido: “The Citizens”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: semi em 2016, eliminado pelo Real Madrid
Última LC: quartas, eliminado pelo Lyon
Nesta LC, Grupo C: 5vit-1emp-0der, 13gp X 1 gc

Treinador: Pep Guardiola, 50 anos
Artilheiro: Ferrán Torres, 4 tentos
Obs: Uma retaguarda de solidez impressionante.

Bayern, o detentor do troféu

Bayern, o detentor do troféu

FCBayernmunchen

O Bayern de Munique levou a taça de 2019/2020. Agora na sua 66ª edição, a 29ª desde que abandonou seu nome original, Copa dos Campeões, em 1992/1993, e se tornou Liga, ou “Champions League”, esta competição começou em 8 de Agosto, com 79 times de 54 de suas 55 afiliadas. Uma exceção: Liechtenstein, cujas equipes disputam os campeonatos da Suíça. As Ilhas Far Oer e Gibraltar, que não são nações, dependem da Dinamarca e da Inglaterra, curiosamente dispõem das suas próprias federações.

A taça da Champions

A taça da Champions

UEFA

Antes da etapa de chaves, aconteceram 51 mata-matas de eliminatória, nos quais se registraram 142 tentos, a média de 2,78. Daí, do Grupo A ao H, ocorreram 96 jogos e 289 gols, a média de 3,01. Nas oitavas, dois jogos e sete gols, a média de 3,50. E no geral, respectivamente, em 149 jogos 438 gols , média de 2,94. As quartas de final devem acontecer em 6-7 e em 13-14 de Abril. E as semis, então, em 27-28 de Abril e em 4-5 de Maio. A UEFA escolheu a data de 29 de Maio, um sábado, para a grande decisão em prélio único no Ataturk Olympic de Istambul, Turquia.

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas