Silvio Lancellotti Napoli 2 X 1 Juve, um tenebroso começo de torneio da "Senhora"

Napoli 2 X 1 Juve, um tenebroso começo de torneio da "Senhora"

Time sem meio-de-campo, sem apoio nas laterais, falhas patéticas do seu arqueiro Sczcesny, agora apenas um empatezinho e duas derrotas em três jogos, E o "Burro, impecável, já tem 9 pontos em 9.

Lorenzo Insigne, na partida 400 com a camisa do Napoli

Lorenzo Insigne, na partida 400 com a camisa do Napoli

@SSCNapoli

Na Itália, dá-se o nome intraduzível de “girone único” a um campeonato com o mínimo de três participantes que se defrontam, todos contra todos, em dois turnos, cotejos de ida e volta. No futebol da Bota, o Calcio, assim ocorre quase regularmente desde a temporada de 1929/30. Digo quase porque dois certames, em 1943/44 e 1944/45, não aconteceram em consequência da II Guerra Mundial. Já houve torneios com 16, com 18 e até com 20 clubes. E, claro, houve torneios antes do “girone único”, em que os disputantes se dividiam em grupos regionalizados. Por isso, esta “stagione” de 2021/2022 tem o número 120 na história absoluta do Calcio, e de número 90 com o seu consagrado “girone único”.

Internazionale, a campeã de 2021/22

Internazionale, a campeã de 2021/22

Inter.it

São 20 as agremiações contendoras. A Internazionale de Milão, detentora do “scudetto” de campeão, também se orgulha de outra primazia: a única que sempre esteve na Série A, ou a primeira divisão. Caem à B, a divisão de baixo, as três últimas na tabela, substituídas, lógico, por três promovidas. As calouras, nesta temporada: Empoli, Salernitana e Venezia. O campeonato, que se iniciou em 21 de Agosto, vai se encerrar em 22 de Maio de 2022.

Eis os jogos da sua Rodada #3:

Sábado, 11 de Setembro

Venezia, um triunfo em viagem contra outro recém-promovido

Venezia, um triunfo em viagem contra outro recém-promovido

@Serie A Calcio

EMPOLI (3pg) 1 X 2 VENEZIA (3pg)
Êmpoli, Stadio Carlo Castellani
Árbitro: Antonio Rapuano
Gols: Bajrami/pen X Henry, Okereke

NAPOLI (9pg) 2 X 1 JUVENTUS (1pg)
Nápoles, Stadio Diego Armando Maradona
Árbitro: Massimiliano Irrati
Gols: Politano, Koulibaly X Morata

Napoli, 9 pontos em 9 possíveis

Napoli, 9 pontos em 9 possíveis

@Serie A Calcio

Absolutamente ilusória a folga que Álvaro Morata abriu logo aos 10’, presente do zagueirão Manolas, que não conseguiu dominar a pelota e permitiu a finalização do atacante espanhol, à saída do arqueiro Ospina. Ilusória porque o Napoli já era superior e prosseguiria melhor. A ausência de Cristiano Ronaldo já não conta. Faltaram à Juventus, no Maradona, um arqueiro confiável, um meio-de-campo predominante e, principalmente, ainda sem as condições depois de sua participação nas eliminatórias da América do Sul, os brasileiros Danilo e Alex Sandro, o colombiano Juán Cuadrado e o argentino Paulo Dybala.

O momento do gol de Koulibaly, 2 X 1 em favor do Napoli

O momento do gol de Koulibaly, 2 X 1 em favor do Napoli

@SSCNapoli

Na etapa derradeira, acuada, a “Velha Senhora” resistiu, apenas, graças à disposição inesgotável de Bonucci e Chiellini, os seus estóicos centrais. Liderado pelo talento de Lorenzo Insigne, o seu armador, na sua peleja de número 400 na Terra da Pizza, o Napoli envolveu a rival e, aos 57’, ainda que de maneira patética, obteve o seu empate por muito merecido. Szczesny, o “portiere” da Juve, não segurou um tiro murcho de Insigne e, pior, ainda rebateu a bola no pé de Politano, 1 X 1. O Napoli martelou, martelou e, aos 85’, conquistou o triunfo justo. Escanteio alçado por Insigne. Na área pequena, recém-entrado no prélio, Moise Kean, o garoto que a “Senhora” fantasia como o substituto do CR7, escorou de testa no rumo da própria meta. Szczesny de novo rebateu, agora no pé de Koulibaly, o Napoli com 2 X 1 no marcador. A “stagione” se inaugura tenebrosa para a “Senhora”


ATALANTA (4pg) 1 X 2 FIORENTINA (6pg)
Bérgamo, Stadio Atleti Azzurri d’Italia
Árbitro: Valerio Marini
Gols: Zapata/pen X Vlahovic/2/2pen

O momento do segundo penal batido por Vlahovic

O momento do segundo penal batido por Vlahovic

@Serie A Calcio

Domingo, 12 de Setembro

SAMPDORIA (1pg) X INTERNAZIONALE (6pg)
Gênova, Stadio Luigi Ferraris
Árbitro: Daniele Orsato

CAGLIARI (1pg) X GENOA (0pg)
Cágliari, Stadio Unipol Domus
Árbitro: Luca Pairetto

SPEZIA (1pg) X UDINESE (4pg)
La Spezia, Stadio Alberto Picco
Árbitro: Marco Guida

TORINO (0pg) X SALERNITANA (0pg)
Turim, Stadio Grande Torino
Árbitro: Gianluca Aureliano

MILAN (6pg) X LAZIO (6pg)
Milão, Stadio San Siro
Átbitro: Daniele Chiffi

ROMA  (6pg) X SASSUOLO (4pg)
Roma, Stadio Olímpico
Árbitro: Simone Sozza


Segunda-feira, 13 de Setembro

BOLOGNA (4pg) X VERONA (0pg)
Bologna, Stadio Renato DallAra
Árbitro: Ivano Pezzuto


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas