Silvio Lancellotti Inter campeã, mas resta muita luta pelas vagas da Bota na Champions

Inter campeã, mas resta muita luta pelas vagas da Bota na Champions

Graças ao empate da Atalanta, 1 X 1, em Sassuolo, a "Biscione" abiscoitou o seu 19º título. Nas últimas quatro rodadas, porém, ainda brigarão a "Deusa", a Juventus, o Milan, o Napoli e a Lazio.

A elegante homenagem da Série A à Internazionale de Antonio Conte

A elegante homenagem da Série A à Internazionale de Antonio Conte

@Serie A Calcio

Por automóvel, através de excelentes rodovias, cerca de duas horas e alguns minutos separam Sassuolo tanto de Milão como de Bérgamo. Digamos que Sassuolo fica no topo de um triângulo isóceles e que Milão e Bérgamo se localizam na base, distâncias equivalentes. Pois neste dia 2 de Maio, domingo, coube à Unione Sportiva Sassuolo Calcio definir o destino da Internazionale de Milão e da Atalanta de Bérgamo no Campeonato Italiano de Futebol da temporada de 2020/2021. Bastou o seu empate contra a Atalanta, 1 X 1, e a Inter se consagrou campeã da Velha Bota pela 19ª vez, com quatro jornadas de antecipação.

Na capa do Twitter "Forza Inter"

Na capa do Twitter "Forza Inter"

@forzainter

Paralelamente, permanecem vivíssimas as batalhas pelas vagas da Itália na Liga dos Campeões, na Liga Europa e também na agora estreante “Confederation Cup”. A Bota tem direito a quatro clubes na “Champions”, logicamente a Inter e mais os classificados do segundo lugar ao quarto posto. Vão à Liga Europa os classificados em quinto e em sexto. Sobra o sétimo lugar para a CC. Todo esse cenário, porém, deve se alterar na dependência de quem levantar a Copa Itália, ou Juventus ou Atalanta, desafio programado para 19 de Maio. Outro fator complicante é a situação da Roma, presentemente nas semifinais da LE. O sucesso da “Loba”, automaticamente, lhe garantirá a participação na edição seguinte e dará mais um posto à Bota. Difícil, pois perdeu do Manchester United, na ida, 2 X 6. Mas...

Ainda no sábado, nos vestiários, a celebração antecipada

Ainda no sábado, nos vestiários, a celebração antecipada

@Serie A Calcio

De modo a escapar de confusões eventuais, nada melhor, obviamente, do que ficar entre os quatro primeiros. Uma porfia acirrada entre Atalanta, Milan, Juventus, Napoli e inclusive a Lazio, que tem um cotejo atrasado a resgatar, frente o Torino, em Roma, no dia 13 de Maio, com toda a probabilidade de abiscoitar três pontos. Da mesma forma, no sopé da tabela, descartados o Crotone já rebaixado e o Parma quase idem, lutam pela “salvezza” o Benevento, o Cagliari, o Torino, talvez Spezia e Fiorentina, todos times que padecerão se escorregarem um insignificante milímetro nas "giornate" que ainda se desenrolarão.

Eis as principais pelejas deste 2 de Maio:

O momento do gol de Luís Alberto, da Lazio

O momento do gol de Luís Alberto, da Lazio

@Serie A Calcio

LAZIO 4 X 3 GENOA
Roma, Stadio Olimpico
Árbitro: Piero Giacomelli

Gols: Correa/2, Immobile/pen, Luís Alberto X Marusio, Scamacca/pen, Shomurodov

A “Águia” chegou a escancarar a sua prevalência, 4 X 1. Em apenas sessenta segundos, porém, entre os 80’ e os 81, fraquejou e se assustou. Num penal boboca cometido por Cataldi em Badelj, que não iria a lugar nenhum, e na conversão de Scamacca. Daí, na pelota recuperada por Parolo, logo depois da saída, e num belo lançamento até Shomurodov. Faltou fôlego para o empate. E a Lazio agradece. Caso bata o Torino, resultado provável, no seu prélio adiado, entrará na briga por uma das vagas da Itália na próxima “Champions”.

O Napoli, ainda com um fardamento em homenagem a Maradona

O Napoli, ainda com um fardamento em homenagem a Maradona

@Serie A Calcio

NAPOLI 1 X 1 CAGLIARI
Nápoles, Stadio Diego Armando Maradona
Árbitro: Michael Fabbri

Gols: Osimhen X Nández

Patética exibição do “Burro” da Terra da Pizza. Pulou na frente aos 11’, quando o nigeriano Osimhen recebeu de Insigne, protegeu a pelota da investida da bequeira, e fez a sua oitava “rete” no torneio. O Napoli, porém, empacou no gramado e exagerou na tentativa de ganhar tempo. O castigo ocorreu nos 6’ de acréscimos determinados pelo mediador Fabbri, um lançamento de Duncan, do meio do campo, que o uruguaio Nández aparou na área menor. O “Burro”, desafortunadamente, arriscado a ficar longe da próxima “Champions”.

Para a Atalanta, em Sassuolo, um empate muito ruim

Para a Atalanta, em Sassuolo, um empate muito ruim

@Serie A Calcio

SASSUOLO 1 X 1 ATALANTA
Reggio nell’Emilia, MAPEI Stadium
Árbitro: Luca Pairetto

Gols: Berardi/pen X Gosens

Impressionante, mesmo, a irregularidade da “Deusa” de Gian Piero Gasperini, incapaz de aproveitar todas as oportunidades preciosas que o campeonato concedeu, até para atrapalhar a marcha da Inter rumo ao “scudetto” 19. Tem o melhor ataque do “Nazionale”, realizou o seu gol de número 79 neste domingo. Mas tem uma retaguarda que se esburaca nos momentos mais importantes, já 40 tentos engolidos em 34 pelejas. Mesmo expulso o arqueiro Gollini, aos 22’, uma infração além da linha da grande área, abriu o marcador aos 32, num tiro diagonal de Gosens. Amargou um tento anulado, Zapata, por impedimento de dois companheiros fora do lance. E sofreu a igualdade aos 52, quando Toloi perpetrou uma ombrada nas costas de Traore, penal que Berardi bateu gelidamente no canto do reserva Sportiello. Valeu o combate, apenas, para garantir o título da “Biscione” de Antonio Conte e produzir uma festiva mas perigosa aglomeração na Piazza del Duomo de Milão.

Cristiano Ronaldo, de novo o salvador da "Senhora"

Cristiano Ronaldo, de novo o salvador da "Senhora"

@Serie A Calcio

UDINESE 1 X 2 JUVENTUS
Ùdine, Dacia Arena
Árbitro: Daniele Chiffi

Gols: Molina X Cristiano Ronaldo/2/1pen

Deprimente apresentação da “Senhora”, que necessitou de dois lampejos salvadores de Cristiano Ronaldo, enfim capaz de acertar a meta depois de quase 300 minutos de absoluta indigência. A Udinese inaugurou o resultado aos 10’, numa barbeiragem da retaguarda de Andrea Pirlo. De Paul cobrou uma infração, rapidamente, enquanto os seus adversários se rearrumavam, e Molina cravou 1 X 0, diante de Szczesny, que ainda espalmou a pelota.

Depois do gol da vitória, uma comemoração mais do que efusiva

Depois do gol da vitória, uma comemoração mais do que efusiva

@JuventusFC

Daí em diante, a bagunça imperou, uma Juve estabanada contra uma equipe muito, muito mais consciente. Aos 83’, porém, o CR7 bateu uma falta que se dirigiria ao ângulo de Scuffet caso De Paul, na ponta da barreira, não desviasse com o braço alçado. Penal que ele mesmo cobrou, 1 X 1. Logo após, aos 89, da esquerda Rabiot desferiu um chuveiraço sobre a área pequena da Udinese e o CR7, num dos seus saltos prodigiosos, de cabeça, implantou a vitória, o alívio e a “rete” de número 27, seis mais do que Romelu Lukaku, da Inter campeã. A Juve levou um susto monumental, recebeu um bafejo da fortuna e, agora, dia 9, em Turim, precisará sobrepujar o Milan. E haja fé no talento dele, Cristiano Ronaldo.

Todas as porfias da rodada 34:

SÁBADO, dia 1ª de Maio
Verona (42/10) 1 X 1 Spezia (34/15)
Crotone (18/20) 0 X 2 Inter (82/1)
Milan (69/4) 2 X 0 Benevento (31/18)

Antonio Conte e a orquestra campeã da Velha Bota em 2020/2021

Antonio Conte e a orquestra campeã da Velha Bota em 2020/2021

@Inter

DOMINGO, dia 2 de Maio
Lazio (64/6) 4 X 3 Genoa (36pts/13)
Bologna (39/12) 3 X 3 Fiorentina (35/14)
Napoli (67/5) 1 X 1 Cagliari (32/16)
Sassuolo (53/8) 1 X 1 Atalanta (69/2)
Udinese (39/11) 1 X 2 Juventus (69/3)
Sampdoria (45/9) 2 X 0 Roma (55/7)

SEGUNDA-FEIRA, dia 3 de Maio
Torino (31/16) X Parma (20/19)

(*Lazio X *Torino, em Roma, marcado para 13 de Maio)

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Figurinha de LeBron James quando novato é vendida por R$ 28 milhões

Últimas