Silvio Lancellotti Agora a Coppa Itália, e a bola não para de rolar no Futebol da Bota

Agora a Coppa Itália, e a bola não para de rolar no Futebol da Bota

Mal se encerrou a Supercoppa, com o triunfo da Internazionale sobre a Juventus, segue bem viva, já na fase das sua oitavas de final a competição que mobiliza 44 clubes da Série A até a Série C

A taça da Coppa Italia

A taça da Coppa Italia

@Serie A Calcio

Incrível. Mal se decidiu, na quarta-feira, 12 de Janeiro, a Supercopa Italiana de 2021, continuou nesta quinta, dia 13, a Copa da Bota de 2021/22. Na Supercopa, de partida única entre a campeã do “Nazionale”, a Inter de Milão, e a ganhadora da Copa imediatamente anterior, a Juventus de Turim, na prorrogação a “Biscione” superou a “Velha Senhora” por 2 X 1. Na Copa de agora o Calcio escolhe o  clube que, na finalíssima de 11 de Maio, se orgulhará por levantar o troféu do Jubileu de Diamante da competição, uma sua edição de fato antológica, aquela do seu centenário, embora apnas de número 75.

A Frecciarossa em ação

A Frecciarossa em ação

Frecciarossa

Publicamente conhecida como Coppa Italia Frecciarossa, conseqüência direta do seu patrocínio pela marca do trem de alta velocidade que atravessa a Bota, esta contenda, na verdade, festeja uma data ainda mais significativa. Surgiu em 1922, com o triunfo do Vado, um time da Ligúria que hoje, praticamente amador, se esconde na Série D, quarta divisão do Futebol peninsular. Basicamente formatada no esquema de mata-matas, se caracteriza por abrigar clubes das repartições inferiores do Calcio e de todas as regiões da nação. Naquela Copa que o Vado abiscoitou houve 38 agremiações. E o fato de esta ser a de número 75 em cem anos se explica porque a competição meramente adquiriu constância e regularidade em 1958 com o sucesso, então, da Lazio de Roma, a "Águia".

Vado, o vencedor de 1922

Vado, o vencedor de 1922

Reprodução

Esta edição 75 se inaugurou em 7 de Agosto com todos os vinte clubes da Série A, todos os 20 da B e os quatro melhores da C. Bem menos do que em 2019/20, quando a Juve subiu ao topo do pódio, 78 agremiações. Provocou o enxugamento, claro, a Covid-19, que obrigou o Calcio a uma dolorosa compressão dos seus calendários. Houve ainda a imperiosidade de se conseguir algum espaço para a Eurocopa/2020, que a excelente “Squadra Azzurra” de Roberto Mancini levou, e para as pelejas eliminatórias da Copa do Catar/2022. A seleção do “Mancio” brigará por uma vaga, entre 24 e 29 de Março, com a Macedônia do Norte e, muito provavelmente, com o dificilímo Portugal do astro Cristiano Ronaldo, o CR7.

Lazio, a vencedora de 1958

Lazio, a vencedora de 1958

Reprodução

Numa fase inicial, em 7 e 8 de Agosto os quatro times da Série C e os quatro de ranking mais baixo da B duelaram em jogo único. Da C, só o Catanzaro sobreviveu, e então acabou detonado, na etapa seguinte, pelo Verona da A. A segunda fase exibiu os quatro remanescentes, mais os 16 outros da B e 12 da Série A, os de ranking desde 9 até 20. Cotejos de 13 a 16 de Agosto, da B permaneceram meros cinco: Benevento, Citadella, Lecce, Crotone e Ternana. A luta se interrompeu até Dezembro. Então, de 12 a 16, os 16 clubes resistentes se digladiaram em oito partidas. Só o Lecce se qualificou às oitavas de final que agora se desenrolam, sempre em uma única partida, os oito que restaram e os oito de ranking mais alto da A, donos do mando. Eis todos os emparceiramentos das oitavas:

Pelejas já efetuadas:

Dia 12 de Janeiro, quarta-feira:
ATALANTA 2 X 0 VENEZIA (A)
Bérgamo, Gewiss Stadium
Gols: Muriel, Mahele

Dia 13 de Janeiro, quinta-feira
 

Festa da Fiorentina, em Napoles

Festa da Fiorentina, em Napoles

@acfiorentina

NAPOLI 2 X 5 FIORENTINA (B)
Nápoles, Stadio Diego Armando Maradona
Gols: Mertens, Petagna X Vlahovic, Biraghi, Venuti, Piatek, Maleh

MILAN 3 X 1 GENOA (C)
Milão, Stadio di San Siro
Gols: Giroud, Rafael Leão, Saelemaekers X Ostigard

Festa do Milan no seu San Siro

Festa do Milan no seu San Siro

@ACMilan

Dia 18 de Janeiro, terça-feira:
LAZIO X UDINESE (D)
Roma. Stadio Olìmpico
JUVENTUS X SAMPDORIA (E)
Turim, Allianz Stadium

Dia 19 de Janeiro, quarta-feira:
SASSUOLO X CAGLIARI (F)
Sassuolo, MAPEI Stadium
INTER X EMPOLI (G)
Milão, Stadio Giuseppe Meazza

Dia 20 de Janeiro, quinta-feira:
ROMA X LECCE (H)
Roma, Stadio Olìmpico

A Juventus, 14 títulos, a maior das campeãs

A Juventus, 14 títulos, a maior das campeãs

@Serie A Calcio

As quartas de final, programadas para 8 a 10 de Fevereiro: Atalanta X Fiorentina (I), Milan X Ganhador de D (J), Ganhador de E X Ganhador de F (K), Ganhador de G X Ganhador de H (L). A fase das semis, essa exclusiva com pelejas e ida e volta, anteporá os vencedores de I e K e os vencedores de J e L, em data e em ordem de mando ainda não determinadas. A finalíssima, quaisquer que sejam os seu dois adversários, transcorrerá no Olímpico de Roma. Com 14 títulos, a Juventus é a maior campeã. A Roma tem nove. Inter e Lazio, sete.

A tabela das oitavas - Milan, Fiorentina e Atalanta já se promoveram às quartas

A tabela das oitavas - Milan, Fiorentina e Atalanta já se promoveram às quartas

Reprodução

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas