Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Com medo de rebaixamento, Santos demite Hellmann e implora volta de Carille. O mesmo que mandou embora por ser retranqueiro

O clube, que deve mais de R$ 600 milhões, está em crise. Perdeu o mando de jogos por 30 dias, pelo ataque de vândalos ontem, na derrota para o Corinthians. Demitiu Hellmann e implora por Carille, que está no Japão

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Carille foi demitido no ano passado por ser 'retranqueiro'. Agora, é a 'salvação' do Santos
Carille foi demitido no ano passado por ser 'retranqueiro'. Agora, é a 'salvação' do Santos

São Paulo, Brasil

O Santos segue mergulhado na crise.

O clube demitiu nesta quinta-feira (22) o treinador Odair Hellmann, como era previsto, e antecipado no blog, nesta madrugada.

O time estava havia nove partidas sem vencer.

Publicidade

E ontem perdeu para o Corinthians por 2 a 0, em plena Vila Belmiro.

A partida foi encerrada de maneira constrangedora, aos 42 minutos do segundo tempo, com vândalos das organizadas santistas atirando rojões, sinalizadores e pedras para o gramado.

Publicidade

O que estava ruim ficou pior.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva resolveu punir preventivamente o clube por um mês, até que o julgamento pelo vandalismo seja feito.

Publicidade

Assim, o Santos atuará sem torcedores por um mês.

Serão quatro partidas como mandante: Flamengo, Goiás e Botafogo, pelo Brasileiro. E o Blooming, pela Copa Sul-Americana. E duas partidas fora de casa: Cuiabá e São Paulo, também pelo Brasileiro.

A previsão é que a punição do tribunal seja maior do que um mês.

A ironia, em plena crise, com medo que o clube se aproxime para a zona do rebaixamento, é que a direção tenha procurado Fábio Carille para substituir Hellmann.

Em 2022 ele foi demitido sumariamente do Santos, depois de apenas cinco meses de trabalho: entre setembro de 2021 e fevereiro de 2022.

Rojões e sinalizadores da 'torcida' do Santos. Clube preventivamente punido por um mês. Punição deve ser maior
Rojões e sinalizadores da 'torcida' do Santos. Clube preventivamente punido por um mês. Punição deve ser maior

A grande "acusação" contra Carille é que não tinha o "DNA do Santos". Ou seja, não era um treinador que montasse equipes ofensivas.

Só que o próprio Andrés Rueda, que o demitiu, quer contratá-lo.

Por montar equipes defensivas.

O medo de rebaixamento é enorme por parte de Rueda.

O presidente diz que a demissão de Carille foi um "erro" e só aconteceu porque ele se desentendeu com o então executivo de futebol, Edu Dracena.

Carille está no Japão, treinando o V-Varen Nagasaki.

Ele tem contrato até o fim de 2024, com multa.

O Santos tem mais de R$ 600 milhões em dívidas.

Só contratará Carille se ele se livrar da multa.

E a direção implora para o treinador se empenhar para sair do clube japonês.

Enquanto isso, o coordenador, o ex-jogador Paulo Roberto Falcão, será o treinador interino.

Ele não pediu demissão em solidariedade a Hellmann, como até a direção santista esperava.

Enquanto isso, as organizadas santistas prometem que seguirão cobrando a renúncia do presidente Rueda.

Hellmann sumariamente demitido do Santos. Clube mergulhado em crise
Hellmann sumariamente demitido do Santos. Clube mergulhado em crise FERNANDA LUZ/ESTADÃO CONTEÚDO

Inclusive com protestos, mesmo fora da Vila Belmiro, em dias de jogos.

A situação do clube é complicadíssima...

Com demissões, técnicos estrangeiros se tornam minoria na Série A do Brasileirão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.