Silvio Lancellotti Vitória da Juventus, inútil. Empate do Borussia Dortmund, suficiente.

Vitória da Juventus, inútil. Empate do Borussia Dortmund, suficiente.

Na primeira data do retorno das oitavas de final da "Champions", com dez homens o Porto perde de 2 X 3 em Turim mas se classifica. E de nada valeram os 2 X 2 do Sevilla em visita à Alemanha. 

A justa festa do Porto no Allianz de Turim

A justa festa do Porto no Allianz de Turim

@FCPorto

Com as duas primeiras de suas oito partidas se inaugurou nesta terça-feira, 9 de Março, a etapa de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, ou “Champions League”  da UEFA, na temporada européia de 2020/2021. Única agremiação que não havia vencido o seu combate de ida, a Juventus da Itália se recuperou da derrota para o Porto, 1 X 2 em Portugal. Porém, pelo critério dos gols feitos no campo do adversário, não foram suficientes os seus 3 X 2 de Turim e o bravo Porto se qualificou às quartas. E ao Borussia Dortmund, que havia surpreendido o Sevilla, na Espanha, 3 X 2, valeu, no retorno, o placar de 2 X 2.

Haaland, na capa do Twitter do Durtmund, mais dois tentos nesta LC

Haaland, na capa do Twitter do Durtmund, mais dois tentos nesta LC

@BVB

Na quarta-feira, 10, estas oitavas se complementarão para mais quatro equipes. No Parc des Princes de Paris, o PSG defenderá os impressionantes 4 X 1 que pespegou, dentro do Camp Nou, num atordoado Barcelona, subitamente na busca de um milagre inaudito na Cidade Luz. Tarefa bem mais tranqüila na Terra dos Beatles cumprirá o Liverpool que, obrigado pela Covid-19 a visitar o R. B. Leipzig fora da Alemanha do adversário, em viagem até a Hungria, na Puskàs Arena de Budapest, lhe sapecou 2 X 0. Ocorrerão outros quatro prélios na semana subsequente, nos dias 16 e 17. Então, na sexta 19, a UEFA, sorteará as partidas das quartas de final e também das semis, sempre com ida e com volta.

A bola oficial da "Champions" de 2020/2021

A bola oficial da "Champions" de 2020/2021

UEFA

Nesta temporada a LC desenvolve a sua 66ª edição, a 29ª desde que, na temporada de 1992/93, abandonou o nome original de Copa dos Campeões e se tornou “Champions League”. Começou em 8 de Agosto, com 79 agremiações de 54 das suas 55 afiliadas. Única exceção: Liechtenstein, cujas equipes são abrigadas pelos campeonatos da Suíça. Em compensação, curiosamente, Gibraltar e as Ilhas Far Oer, que dependem de Inglaterra e Dinamarca, dispõem  das suas próprias federações. O Bayern de Munique, Alemanha, invicto na LC faz 18 pugnas, 11 na anterior e sete na atual, detém o troféu da competição.


As fichas e as sínteses das pelejas de 9/3/2021:

O momento do penal cobrado por Sérgio Conceição, Juve 0 X 1 Porto

O momento do penal cobrado por Sérgio Conceição, Juve 0 X 1 Porto

@FCPorto

JUVENTUS 3 X 2 PORTO
Turim, Allianz Stadium
Árbitro: Bjoern Kuipers (Neerlândia)
Gols: Chiesa/2, Rabiot X Sérgio Oliveira/2/1pen
Na ida: Porto 2 X 1 Juventus
Porto, Estádio do Dragão
Árbitro: Carlos Del Cerro Grande (Espanha)
Gols: Taremi, Marega X Chiesa

Classificado: PORTO

Bastaria à “Senhora” fazer 1 X 0 para seguir adiante nesta LC. No entanto, por todo o primeiro tempo do combate a sua ofensiva empacou na sóbria mas eficiente atuação do arqueiro platino Agustín Marchesin. Então, aos 19’, lance trivial, esbarrão de Demiral em Taremi, no qual, talvez, pudesse apontar uma infração do atacante, Bjorn Kuipers optou pela marca fatal, sem consultar o VAR. Protestos à parte, Sérgio Oliveira acertou a décima cobrança em dez tentativas nesta temporada, o Porto à frente, 1 X 0, a Juve compelida a produzir três tentos para abiscoitar a vaga. O empate brotou aos 51’, belo passe de Bonucci a Cristiano Ronaldo que meramente escorou para o toque elegante de Federico Chiesa.

Sérgio Conceição, "golos" de penal e de falta

Sérgio Conceição, "golos" de penal e de falta

@FCPorto

Logo depois, aos 54’, Taremi recebeu o segundo cartão amarelo e foi excluído por Kuipers. A “Senhora” cresceu na partida e, aos 56’, com a meta escancarada, chargeado pelo ótimo Pepe, um brasileiro de passaporte lusitano, o mesmo Chiesa acertou um poste. Aos 63, todavia, de cabeça, no desfrute de um levantamento de Cuadrado, ele nesmo registraria os 2 X 1. E o restante da porfia se transformaria numa caçada. Ironia: o Porto com dez, pela expulsão de Taremi; e a Juve idem, pela impotência do CR7. Nos acréscimos, o mediador anulou um gol de Morata, o milionésimo impedimento do espanhol nesta temporada. A consequência, tudo ou nada no drama da prorrogação, quem sabe o bingo dos penais.

O Twitter da Juve, um resultado absolutamente inútil

O Twitter da Juve, um resultado absolutamente inútil

@JuventusFC

Por vinte minutos a Juve martelou e remartelou até que, aos 115’, o Porto ganhou uma falta de 25 metros. Sérgio Oliveira bateu rasteirinho, a pelota ultrapassou a barreira e, a pererecar no gramado, traiu o pulo de Szczesny, 2 X 2. O quinto “golo” de Sérgio Oliveira nesta edição da LC. Desaparecia qualquer possibilidade do bingo dos penais. Aos 117’, a “Senhora” ainda criaria uma vã esperança de qualificação, corner de Bernardeschi, a testada de Rabiot, 3 X 2. Decorreriam, daí, cinco minutos de levantamentos estéreis contra o arco de Marchesin. Bravo “Dragão”. E finita a “stagione” da Juve, a quem sobra o vil consolo de superar o Napoli, no próximo dia 17, e levantar o troféu da Copa Itália.

Haaland, do Borussia, artilheiríssimo

Haaland, do Borussia, artilheiríssimo

@BVB

BORUSSIA DORTMUND 2 X 2 SEVILLA
Dortmund, Westfalenstadion
Árbitro: Cuneyt Çakir (Turquia)
Gols: Haaland 2/1pen X En-Nesyri/2/1pen
Na ida: Sevilla 2 X 3 Borussia Dortmund
Sevilha, Estádio Ramón Sánchez Pizjuán
Árbitro: Danny Makkelie (Neerlândia)
Gols: Suso, Luuk de Jong X Dahoud, Haaland/2

Classificado: BORUSSIA DORTMUND

À “Muralha Amarela” bastava preservar o 0 X 0 inicial. E os  “Nervionenses” necessitavam de um triunfo com a diferença de dois gols. Uma tarefa bem inglória, a deles, Até porque o artilheiríssimo Haaland anotou dois tentos, aos 35’ numa aparada de bola na área pequena, e aos 54 de penal. O natural relaxamento do Borussia permitiu que o Sevilla esboçasse uma reação no tempo derradeiro, 1 X 2 graças a En-Nesyri aos 69’, de penal, e ainda chegasse à igualdade honrosa, nos acréscimos, com En-Nesyri. Haaland já acumula 8 gols nesta LC.


As pelejas de 10/3/2021:

Mbappé, do PSG

Mbappé, do PSG

@PSG_inside

PSG X BARCELONA
Paris, Parc des Princes
Na ida: Barcelona 1 X 4 PSG
Barcelona, Camp Nou
Árbitro: Bjorn Kuipers (Neerlândia)
Gols: Messi/pen X Mbappè/3 e Kean

Apenas um implausível terremoto na Cidade Luz fará com que o “Blaugrana”, desta vez, elimine os “Parisiens” de uma CL. Na edição de 2016/2017 o Barça conseguiu virar de 0 X 4 para 6 X 1. Todavia, havia perdido o jogo de ida em viagem e não dentro de sua casa.

PARIS SAINT-GERMAIN (França)
Paris, Parc des Princes, 47.929 lugares
Ranking: 7 – 108.000 pontos
Fundação: 1970
Apelido: “Les Parisiéns”
Títulos nacionais: 9
Melhor LC: vice em 2020, perdeu do Bayern
Última LC: final, perdeu do Bayern
Nesta LC, Grupo H: 4vit-0emp-2der, 13gp X 6gc

Treinador: Maurício Pochettino, 48 anos
Artilheiro: Neymar, 6 tentos

BARCELONA (Espanha)
Barcelona, Camp Nou, 99.354 lugares
Ranking: 2 – 121.000 pontos
Fundação: 1899
Apelido: “Blaugrana”
Títulos nacionais: 26
Melhor LC: campeão em 1992, 2006, 2009, 2011, 2015 (cinco títulos)
Última LC: quartas, eliminado pelo Bayern
Nesta LC, Grupo G: 5vit-0emp-1der, 16gp X 5gc

Treinador: Ronald Koeman, 57 anos
Artilheiro: Messi, 4 tentos

Salah, do Liverpool

Salah, do Liverpool

@LiverpoolFC

LIVERPOOL X RB LEIPZIG
Puskàs Arena, Budapest, 67.215 lugares
Na ida: RB Leipzig 0 X 2 Liverpool
Puskàs Arena, Budapest
Árbitro: Danny Makkelie (Neerlândia)
Gols: Salah e Mané

Também na Hungria a pugna de retorno. A ida aconteceu no Puskàs, porque, então, consequência dos protocolos anti-pandemia, estava fechada a fronteira da Alemanha aos viajantes da Inglaterra. Agora, a segurança afeta o elenco do “Touro Vermelho”. Porém, nada que impeça os “Reds”de desfrutarem o critério dos dois gols como visitantes no combate de ida. Na sua casa virtual da Hungria, podem inclusive sucumbir de 0 X 1.

LIVERPOOL (Inglaterra)
Liverpool, Anfield Road, 53.394 lugares
Ranking: 9 – 97.000 pontos
Fundação: 1892
Apelido: “The Reds”
Títulos nacionais: 19
Melhor LC: campeão em 1977, 1978, 1981, 1984, 2005, 2019 (seis títulos)
Última LC: oitavas, eliminado pelo Atl. Madrid
Nesta LC, Grupo D: 4vit-1emp-1der, 10gp X 3gc

Treinador: Juergen Klopp, 53 anos
Artilheiro: Diogo Jota, 4 tentos

RB LEIPZIG (Alemanha)
Leipzig, Red Bull Arena, 41.939 lugares
Ranking: 21 – 66.000 pontos
Fundação: 2009
Apelido: “Die Rotten Bullen”, ou “O Touro Vermelho”
Títulos nacionais: nenhum
Melhor LC: 2020, semi-final, eliminado pelo PSG
Última LC: semi-final, eliminado pelo PSG
Nesta LC, Grupo H: 4vit-0emp-2der, 11gp X 12gc

Treinador: Julian Nagelsmann, 33 anos
Artilheiro: Angeliño, 2 tentos

As pelejas de 16/3/2021:

Benzema, do Real Madrid

Benzema, do Real Madrid

@realmadrid

REAL MADRID  X ATALANTA
Estádio Alfredo Di Stefano, Madrid
Na ida: Atalanta 0 X 1 Real Madrid
Atleti Azzurri d’Italia, Bérgamo
Árbitro: Tobias Stieler (Alemanha)
Gol: Mehdy

Fundamental, para os “Merengues”, o tento anotado por Mehdy quase nos acréscimos da “andata” em Bérgamo. Prosseguirão na LC com uma simples igualdade, diante da “Deusa” da Lombardia, no seu, digamos assim, Estádio B da capital da Espanha.

REAL MADRID (Espanha)
Madrid, Santiago Bernabéu, 81.044 lugares
Ranking: 3 – 119.000 pontos
Fundação: 1902
Apelido: “Os Merengues”
Títulos nacionais: 34
Melhor LC: campeão em 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1966, 1998, 2000, 2002, 2014, 2016, 2017, 2018 (treze títulos)
Última LC: oitavas, eliminado pelo Manchester City
Nesta LC, Grupo B: 3vit-1emp-2der, 11gp X 9gc

Treinador: Zinedine Zidane, 48 anos
Artilheiro: Benzema, 4

ATALANTA (Itália)
Bérgamo, Atleti Azzurri d’Italia, 21.300 lugares
Ranking: 26 – 50.500 pontos
Fundação: 1907
Apelido: “La Dea”, ou “A Deusa”
Títulos nacionais: nenhum
Melhor LC: quartas em 2020, eliminado pelo PSG
Última LC: quartas, eliminado pelo PSG
Nesta LC. Grupo D: 3vit-2emp-1der, 10gp X 8gc

Treinador: Gian Piero Gasperini, 63 anos
Artilheiro: Zapata, 3

Gabriel Jesus, do City

Gabriel Jesus, do City

@ManCity

MANCHESTER CITY X BORUSSIA MOENCHENGLADBACH
Manchester, Etihad Stadium
Na ida: Borussia Moenchengladbach 0 X 2 City
Puskás Arena, Budapest, Hungria
Árbitro: Artur Soares Dias (Portugal)
Gols: Bernardo Silva, Gabriel Jesus

Absolutamente improvável a retaguarda dos “Citizens”, que apenas sofreu um tento em seus sete cotejos de CL, dentro do Etihad, permita um sucesso dos “Potros” por dois tentos de diferença. Este Borussia, o menos cotado dos dois com o nome, chegou ao limite.

MANCHESTER CITY (Inglaterra)
Manchester, Etihad Stadium, 53.000 lugares
Ranking: 6 – 112.000 pontos
Fundação: 1894
Apelido: “The Citizens”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: semi em 2016, eliminado pelo Real Madrid
Última LC: quartas, eliminado pelo Lyon
Nesta LC, Grupo C: 5vit-1emp-0der, 13gp X 1 gc

Treinador: Pep Guardiola, 50 anos
Artilheiro: Ferrán Torres, 4 tentos

BORUSSIA MOENCHENGLADBACH (Alemanha)
Borussia, Borussia Park, 59.724 lugares
Ranking: 48 – 33.000 pontos
Fundação: 1900
Apelidos: “Os Potros”, “Os Prussianos”
Títulos nacionais: 5
Melhor LC: vice em 1977, perdeu do Liverpool
Última LC: não conseguiu classificação
Nesta LC, Grupo B: 2vit-2emp-2der, 16gp X 9gc

Treinador: Marco Rose, 44 anos
Artilheiro: Alassane Pléa, 5 tentos

As pelejas de 17/3/2021:

Giroud, do Chelsea

Giroud, do Chelsea

@ChelseaFC

CHELSEA X ATLÉTICO DE MADRID
Londres, Stamford Bridge
Na ida: Atlético de Madrid 0 X 1 Chelsea
Bucarest, Romênia, Arena Nationalà, 55.634 lugares
Árbitro: Felix Brych (Alemanha)
Gols: Giroud

Extremamente perigoso o placar de apenas 1 X 0. Outro simples 1 X 0, ao inverso, e a disputa desemboca numa prorrogação e num bingo de penais. Difícil, porém, que o “Atleti” de Simeone, 7 gols a favor e 8 contra, pregue uma peça nos “Blues” de Tuchel, 14 X 2.

CHELSEA (Inglaterra)
Londres, Stamford Bridge, 40.834 lugares
Ranking: 13 – 86.000 pontos
Fundação: 1905
Apelido: “The Blues”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: campeão em 2012
Última LC: oitavas, eliminado pelo Bayern
Nesta LC, Grupo E: 4vit-2-emp-0der, 14 gp X 2 gc

Treinador: Thomas Tuchel, 47 anos
Artilheiro: Giroud, 6 tentos

ATLÉTICO DE MADRID (Espanha)
Madrid, Wanda Metropolitano, 68.456 lugares
Ranking: 5 – 115.000 pontos
Fundação: 1903
Apelidos: “Colchoneros”, “Atleti”
Títulos nacionais: 10
Melhor LC: vice em 1974 (perdeu do Bayern), 2014 (Real Madrid), 2016 (Real Madrid)
Última LC: quartas, eliminado pelo RB Leipzig
Nesta LC, Grupo A: 2vit-3emp-1der, 7gp X 8gc

Treinador: Diego Simeone, 50 anos
Artilheiro: João Félix, 2

Lewandowski, do Bayern

Lewandowski, do Bayern

@FCBayern

BAYERN X LAZIO
Munique, Allianz Arena
Na ida: Lazio 1 X 4 Bayern
Roma, Stadio Olimpico
Árbitro: Orel Grinfeld (Israel)
Gols: Correa X Lewandowski, Musiala, Sané, Acerbi/con

Pobre “Águia” do Inzaghino, a quem o sorteio designou precisamente os “Bávaros” de Flick. Além do inviável de recuperarem um resultado e 1 X 4 em sua casa, desafiam o campeão, invicto na LC, desde a sua edição anterior, já faz 18 cotejos, apenas um empate.

BAYERN (Alemanha)
Munique, Allianz Arena, 70.000 lugares
Ranking: 1 – 129.000 pontos
Fundação: 1900
Apelido: “Os Bávaros”
Títulos nacionais: 30
Melhor LC: campeão em 1974, 1975, 1976, 2001, 2013, 2020 (seis títulos)
Última LC: campeão
Nesta LC, Grupo A: 5vit-1emp-0der, 18 gp X 5 gc

Treinador: Hans-Dieter Flick, 56 anos em 24/2
Artilheiros: Lewandowski, 4 tentos

LAZIO (Itália)
Roma, Stadio Olìmpico, 72.698 lugares
Ranking: 33 – 44.000 pontos
Fundação: 1900
Apelido: “Águia”
Títulos nacionais: 2
Melhor LC: quartas em 2000, eliminado pelo Valencia
Última LC: não conseguiu classificação
Nesta LC, Grupo F: 2vit-4emp-9der, 11gp X 7gc

Treinador: Simone Inzaghi, 44 anos
Artilheiro: Immobile, 5 tentos

A taça da "Champions League"

A taça da "Champions League"

UEFA

Desta a sua abertura esta LC ostentou 51 mata-matas de eliminatória, 96 prélios do Grupo A até o Grupo H e, por enquanto, 10 jogos de oitavas de final, com um acumulado de 157 partidas e 464 gols, média de 2,96. Nos mata-matas, quando acontece  uma igualdade em pontos e o vencedor invertido, ou com dois empates e o placar diferente, se contam em dobro os tentos anotados no campo do mandante. Com ganhadores diferentes ou empates de mesmo placar há 30 minutos de prorrogação e, então, a disputa de penais.

A UEFA prevê que as quartas de final se desenrolem em 6-7 e em 13-14 de Abril: as semis, em 27-28 de Abril e em 4-5 de Maio. A decisão, peleja única, está definida para 29 de Maio, sábado, no magnífico Ataturk Olympic Stadion de Istambul, na Turquia.

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas