Silvio Lancellotti Visitante, a Itália bate a Holanda e assume a liderança do Grupo 1

Visitante, a Itália bate a Holanda e assume a liderança do Grupo 1

Roberto Mancini, o seu treinador, acertou na escalação, justo o placar de 1 X 0. No outro prélio da turma, de virada, a Polônia ganhou da Bósnia, 2 X 1.

Barella e Moise Kean. a celebração do gol da "Azzurra" de branco

Barella e Moise Kean. a celebração do gol da "Azzurra" de branco

@UEFA

Teve mais duas partidas, neste 7 de Setembro, a segunda rodada da fase de chaves da Liga das Nações, a “Nations League” da Europa, na sua segunda edição, temporada de 2020/2021. Pelo Grupo 1 da Divisão A da competição se desafiaram a Neerlândia, ex-Holanda, e a Itália, resultado de 0 X 1, e a Bósnia-Herzegovina e a Polônia, placar de 1 X 2. Na terça, dia 8, acontecerá o desfecho da jornada: duas partidas do Grupo 2 e mais outras duas do Grupo 3. Então, a LN se interromperá até que ocorram a terceira e a quarta das suas seis etapas de classificação, entre 10 e 14 de Outubro.

Gilk e Kedziora, a festa pelo gol do empate da Polônia

Gilk e Kedziora, a festa pelo gol do empate da Polônia

@LaczyNasPilka

Idealizada pela UEFA, a entidade que rege o Futebol no Velho Continente, para aproveitar as “Datas FIFA” com pugnas efetivamente oficiais e não apenas caça-níqueis e sem valor comparativo, a CL separa as 55 federações em quatro séries, com promoção e rebaixamento. Embora sem torcida nos estádios, e sem uma premiação ao nível dos R$ 320mi de 2018/19, triunfo de Portugal, graças aos direitos de TV esta LC ainda poderá garantir perto de R$ 95mi ao ganhador. No presente modelo, oferece quatro vagas extras na qualificatória da Eurocopa e outras duas nas eliminatórias da Copa do Catar. E também serve para a crucial acumulação de pontos no ranking da entidade.

As quatro turmas da Divisão A da Liga das Nações

As quatro turmas da Divisão A da Liga das Nações

Reprodução Marca

Eis as quatro chaves da Divisão A.

GRUPO 1
Neerlândia (2), Itália (8), Bósnia-Herzegovina (9) e Polônia (14)

GRUPO 2
Inglaterra (3), Bélgica (5), Dinamarca (11) e Islândia (16)

GRUPO 3
Portugal (1), França (6), Suécia (12) e Croácia (13)

GRUPO 4
Suíça (4), Espanha (7), Ucrânia (10) e Alemanha (15)


JOGOS DO DIA 7 – GRUPO 1

O momento da testada de Barella, Neerlândia 0 X 1 Itália

O momento da testada de Barella, Neerlândia 0 X 1 Itália

@azzurri

Neerlândia 0 X 1 Itália
Johan Cruijff ArenA, Amsterdam
Árbitro: Felix Brych (Ale)
Gol: Barella

Roberto Mancini, o treinador da “Azzurra’, se regenerou dos equívocos da pugna de estréia, um empate doméstico de 1 X 1 com a equipe da Bósnia-Herzegovina, e montou a sua equipe como deveria, titulares o central Chiellini, o volante Jorginho e o avante Ciro Immobile, “Chuteira de Ouro” na temporada. A boa movimentação da Itália, com as camisas brancas, surpreendeu Dwight Lodeweges, o “mister” improvisado da “Laranja” depois de seu efetivo Roland Koeman assinar um contrato com o Barcelona.

Uma espalmada de Donnarumma, o arqueiro da Itália

Uma espalmada de Donnarumma, o arqueiro da Itália

@azzurri

A seleção de Mancini se provou muito superior na etapa inaugural, mas só aos 46’ justificou a sua atuação numa trama deliciosíssima de Locatelli, Insigne e Immobile no flanco sinistro, o alçamento do premiado e a testada seca de Barella sobre a linha da área pequena. E a Neerlândia, ex-Holanda, demorou até melhorar, no tempo derradeiro. Cielessen, seu arqueiro, se obrigou a mais defesas difíceis do que o rival Donnarumma. Também faltou fôlego aos pupilos de Lodeweges. De todo modo, dos 85’ em diante, a “Laranja” apertou bastante a “Azzurra/Bianca”. Sufoco, desespero. Brilhou, impávida, a zaga Bonucci-Chiellini. A Itália na liderança do Grupo 1, a Neerlândia sua vice.

A alegria dos torcedores da Bósnia, no prédio ao lado do Bilino Poljie

A alegria dos torcedores da Bósnia, no prédio ao lado do Bilino Poljie

#BOSPOL

Bósnia-Herzegovina 1 X 2 Polônia
Stadion Bilino Polje, Zenica
Árbitro: Cunyet Çakir (Tur)
Gols: Hajdarinovic/pen X Gilk e Grosicki

Num jogo incolor e inodoro, de novo ausente o artilheiro Lewandowski, a seleção das “Águias” meramente tentou se preservar no placar de 0 X 0 quando, aos 24’, o elenco dos “Lírios Dourados” encontrou, do nada, um penal, um esbarrão ginasiano de Bednarek em Koljic. Hajdarinovic bateu com firmeza, apesar do pulo de Fabianski no canto certo, Bósnia-Herzegovina 1 X 0. O gol acordou a Polônia, que passou a pressionar e, aos 45’, fez 1 X 1 graças ao becão Gilk, depois de um escanteio levantado por Grosicki, firme cabeçada em um pulo que ultrapassou toda a retaguarda da Bósnia.

Num twitter da Polônia, a homenagem ao gol da virada

Num twitter da Polônia, a homenagem ao gol da virada

@LaczyNasPilka

Curiosidade: obviamente impedidos de entrar no Bilino Polje, amigos de um morador de um prédio vizinho ao estádio colocaram uma faixa, nas arquibancadas vazias, com a promessa de apoio noturno à sua seleção. De fato, de uma das janelas do edifício, celebraram o penal e a cobrança de Hajdarinovic. Azar dos fanáticos, aos 67’, e outra vez pelo alto, um cruzamento de Rybus e a testada, agora, de Grosicki, colocaram a Polônia na frente e com 3 pontos na tabela, a terceira colocação. A Bósnia, que se iludira ao arrancar 1 X 1 contra a Itália, em Florença, agora amarga a rabeira do Grupo 1,


JOGOS DO DIA 8 – GRUPO 2

O Parken Stadion de Copenhague, na Dinamarca

O Parken Stadion de Copenhague, na Dinamarca

visitcopenhagen.com

Dinamarca X Inglaterra
Parken Stadium, Copenhague
Árbitro: István Kovacs (Rom)

Bélgica X Islândia
Stade Roi Baudouin, Bruxelas
Árbitro: Pawel Raczkowski (Pol)


JOGOS DO DIA 8 – GRUPO 3

O Stade de France, em Saint-Denis, na França

O Stade de France, em Saint-Denis, na França

francevoyage,com

França X Croácia
Stade de France, Saint-Denis
Árbitro: Ovidiu Hategan (Rom)

Suécia X Portugal
Friends Arena, Solna
Árbitro: Danny Makkelie (Hol)


OS JOGOS JÁ REALIZADOS:

Alemanha 1 X 1 Espanha
Arena Mercedes-Benz, Stuttgart
Árbitro: Daniele Orsato (Ita)
Gols: Timo Werner X Gayà

Ucrânia 2 X 1 Suíça
Arena Lviv, Lviv
Árbitro: Andreas Ekberg (Sue)
Gols: Yarmolenko, Zinchenko X Seferovic

Neerlândia 1 X 0 Polônia
ArenA Johan Cruijff, Amsterdam
Árbitro: Georgi Kabakov (Bulgária)
Gol: Bergwijn

Na Rodada 1, Itália 1 X 1 Bósnia-Herzegovina

Na Rodada 1, Itália 1 X 1 Bósnia-Herzegovina

Reprodução YouTube

Itália 1 X 1 Bósnia-Herzegovina
Stadio Artemio Franchi, Florença
Árbitro: Anastasios Sidiropulos (Grècia)
Gols: Sensi X Dzeko

Islândia 0 X 1 Inglaterra
Laugardalsvoellur, Reykjavyk
Árbitro: Srdan Jovanovic (Ser)
Gol: Sterling

Dinamarca 0 X 2 Bélgica
Parken Stadium, Copenhague
Árbitro: Sandro Schaerer (Sui)
Gols: Denayer, Mertens

Suécia 0 X 1 França
Friends Arena, Solna
Árbitro: Szymon Marciniak (Pol)
Gol: Mbappé

Na rodada 1, Portugal 4 X 1 Croácia

Na rodada 1, Portugal 4 X 1 Croácia

selecaoportugal

Portugal 4 X 1 Croácia
Estádio do Dragão, Porto
Árbitro: Dàvide Massa (Ita)
Gols: João Cancelo, Diego Jota, João Felix, André Silva X Petkovic

Suíça 1 X 1 Alemanha
St.Jakob-Park, Basiléia
Árbitro: Michael Oliver (Ing)
Gols: Widner X Gundogan

Espanha 4 X 0 Ucrânia
Estádio Alfredo Di Stefano, Madrid
Árbitro: Benoît Bastien (Fra)
Gols: Sérgio Ramos 2/1pen, Ansu Fati, Ferrán Torres

A linda taça da Liga das Nações

A linda taça da Liga das Nações

UEFA

Haverá mais quatro rodadas até dia 18 de Novembro. Em Junho de 2021, com as datas ainda não estabelecidas, os ganhadores de cada Grupo disputarão, em mata-matas de peleja única, emparceiramentos decididos por sorteio, as semifinais. Daí se realizará a decisão. Todos esses prélios se desenrolarão num único país, definido entre os quatro participantes. Os últimos de cada Grupo serão rebaixados à Série B, que promoverá à Série A os seus quatro melhores. Igualmente acontecerá o decenso da Série B para a C e da C para a D, assim como as respectivas subidas da D para a C e da C para a B.


Gostou? Clique num dos ícones para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, use máscara. E fique com o meu abração virtual! Obrigadíssimo!

Últimas