Silvio Lancellotti Vinícius Júnior abre o caminho do Real para as semis da Champions

Vinícius Júnior abre o caminho do Real para as semis da Champions

Com dois gols no triunfo de 3 X 1 sobre o Liverpool, o garoto brasileiro foi o destaque nos jogos da terça-feira. No outro prélio, o Manchester City penou para bater o Borussia Dortmund, 2 X 1

Dois duelos emocionantes inauguraram nesta terça-feira, dia 6 de Abril, a fase das quartas de final da “Champions League”, a Liga dos Campeões da Europa, a competição interclubes mais significativa do planeta. Embora no seu estádio secundário, do time B, o pequenino Alfredo Di Stefano, o Real Madrid rememorou os idos das atuações no sagrado Santiago Bernabéu, sobrepujou o Liverpool, 3 X 1, e abriu uma folga razoável na sua caminhada até as semis. Mesmo sem o apoio da torcida, o seu Etihad totalmente vazio por causa da Covid-19, o Manchester City, quase nos acréscimos, suplantou o Borussia Dortmund por 2 X 1. Os jogos de volta, com o mando invertido, acontecerão no dia 14.

Vinícius Júnior e Zizou Zidane

Vinícius Júnior e Zizou Zidane

@ChampionsLeague

Desde o seu começo, em 8 de Agosto de 2020, esta LC já ostentou 51 mata-matas de eliminatórias, 96 combates do Grupo A até o H, os 16 jogos de oitavas de final e mais os dois primeiros das quartas, um acumulado de 165 prélios e 486 gols, a média de 2,95. Público? Acredite, se quiser, aqui e ali a pandemia permitiu algumas poucas ousadias e 165.939 pessoas puderam comparecer aos estádios. Uma média pouco digna, até, do Futebol de Areia, 1.456 por desafio. Agora, nesta dia 7, as quartas de final prosseguirão com mais duas pelejas: Bayern Muenchen X Paris St-Germain e Porto X Chelsea.


As sínteses dos confrontos deste dia 6 de Abril:

O momento em que Tony Kroos faz o lançamento para o primeiro tento do Real

O momento em que Tony Kroos faz o lançamento para o primeiro tento do Real

@ChampionsLeague

REAL MADRID 3 X 1 LIVERPOOL
Madrid, Espanha, Estadio Alfredo Di Stefano
Árbitro: Felix Brych (Alemanha)

Gols: Vinícius Júnior/2, Asensio X Salah

O tedesco Tony Kroos jamais se esquecerá da sua peleja pelos “Merengues” contra os “Reds”. Dois lançamentos espetaculares propiciaram ao Real Madrid abrir 2 X 0 já no tempo inicial da sua pugna. No primeiro, aos 27’, de mais de 60 metros, desde a intermediária do seu time, ele alcançou o peito de Vinícius Júnior que aparou a pelota, nem precisou ajeitar e tocou à saída de Alisson. No segundo, aos 36’, da linha divisória, alçou a pelota até Asensio que, num drible de corpo, se livrou do arqueiro brasileiro e empurrou à meta vazia.

O momento da finalização de Vinícius Júnior, 1 X 0 em favor dos "Merengues"

O momento da finalização de Vinícius Júnior, 1 X 0 em favor dos "Merengues"

@ChampionsLeague

Parecia definido o destino do duelo. O Liverpool, porém, seis títulos na LC contra os treze do Real, não é clube de desistir sem espernear. E aos 51’ encurtou a vantagem. O português Diogo Jota fuzilou a bequeira rebateu e Salah, o eterno oportunista, conseguiu aparar, ajeitar e fulminar a meta de Courtois, 1 X 2. Por alguns momentos o Real acusou o golpe. No seu elenco, todaviam existe um Luka Modric, o astro da seleção da Croácia e ainda um craque aos 35 de idade. Pelo flanco esquerdo Modric costurou a marcação dos “Reds” e, lucidamente, entregou a Vinícius Júnior que, mesmo entre três adversários na marca penal, bateu de canhota, 3 X 1. Agora no retorno, na “Terra dos Beatles”, o elenco de Juergen Klopp necessitará fazer 2 X 0 nos “Merengues” de Zizou Zidane. Nada é impossível.

Resumo histórico:
Jogos: 7 = 4vit RMa/0emp/3vit Liv
Gols: 10RMa X 8Liv

Os onze que começaram a partida pelo City

Os onze que começaram a partida pelo City

@ChampionsLeague

MANCHESTER CITY 2 X 1 BORUSSIA DORTMUND
Manchester, Inglaterra, Etihad Stadium
Árbitro: Ovidiu Hategan (Romênia)

Gols: De Bruyne, Phil Foden X Marco Reus

O turco-alemão Emre Can, ex-Juventus da Itália,  jamais se olvidará da sua pugna pela “Muralha Amarela” contra os “Citizens”. Era muito melhor a sua equipe, apertava os donos da casa nas imediações da sua área mas aos 19’, no grande círculo, falhou num passe lateral de cinco metros e propiciou um contra-ataque fatal, De Bruyne até Foden no flanco esquerdo, o cruzamento a Mahrez na direita e a recuada de bola que De Bruyne desfrutou, perfeitamente, na meta vazia. Can ainda protagonizaria um outro lance, aos 30, quando o apitador Hategan apontou um penal inexistente, dele em Gundogan, que o VAR anulou.

O arremate de De Bruyne, 1 X 0 em favor dos Citizens

O arremate de De Bruyne, 1 X 0 em favor dos Citizens

@ChampionsLeague

Castigaria os “Citizens” e o seu treinador Pep Guardiola, que não leva um título internacional desde 2011, aquele velho mote do “quem não faz, toma”. Acomodado num perigosíssimo resultado mínimo, desperdiçou um galpão de chances até que, aos 84’, o ousado Borussia perpetrou uma contra-ofensiva brilhante, o seu artilheiro Halland na função de armador do arremate feliz de Marco Reus, 1 X 1. Pena, para a “Muralha”, numa distração da sua bequeira, aos 90’, livre no ângulo da pequena área, Gundogan escorou um levantamento de De Bruyne e colocou Phil Phoden em condição dos 2 X 1. Sucesso, porém, precário. No jogo da volta, dia 14, à “Muralha”, em casa, bastará  o placar de 1 X 0.

Resumo histórico:
Jogos: 3 = 1vit Cit/1emp/1vit Bor
Gols: 3Cit X 3Bor


Os confrontos do dia 7, ida, e do dia 13, volta:

A Allianz Arena do Bayern

A Allianz Arena do Bayern

@FCBayern

BAYERN X PSG
Munique, Alemanha, Allianz Arena
Árbitro: Antonio Maheu Lahoz (Espanha)

Destaque evidente dos “Bávaros” o imarcável Robert Lewandowski, craque do ano no planeta, média de mais de um tento por partida, se lesionou e talvez nem atue no cotejo de retorno. Um desfalque terrível para o ataque do time de Hans-Dieter Flick, o interino que deu certo após assumir o comando do elenco em Dezembro de 2019 e daí levá-lo aos títulos da “Champions” e do Mundial da FIFA. Seu problema: a irregularidade da sua defesa, cuja os “Parisiens” esperam desfrutar com a dupla Mbappé & Neymar, caso o brasileiro possa provar que amadureceu tanto como o colega mais jovem mas em uma inexorável ascensão. No cotejo do sábado, dia 3, em que o seu PSG perdeu do Lille, 0 X 1, em casa, e entregou a liderança da Ligue 1, o ex-santista foi patetica e ginasianamente excluído, já bem dentro dos acréscimos, por agredir um adversário numa dividida.

Resumo histórico:
Jogos: 9 = 4vit Bay/0emp/5vit Par
Gols: 11Bay X 12Par

BAYERN (Alemanha)
Allianz Arena, Munique,
Ranking: 1 – 132.000 pontos
Fundação: 1900
Apelido: “Os Bávaros”
Títulos nacionais: 30
Melhor LC: campeão em 1974, 1975, 1976, 2001, 2013, 2020 (seis títulos)
Última LC: campeão

Nesta LC, Grupo A: 5vit-1emp-0der, 18gp X 5gc
Oitavas de final: Lazio (Itália), 4 X 1 e 2 X 1
Treinador: Hans-Dieter Flick, 56 anos em 24/2
Artilheiros: Lewandowski, 5 tentos

Maurício Pocchetino, do PSG

Maurício Pocchetino, do PSG

@PSG_Inside

PARIS SAINT-GERMAIN (França)
Parc des Princes, Paris
Ranking: 7 – 110.000 pontos
Fundação: 1970
Apelido: “Les Parisiéns”
Títulos nacionais: 9
Melhor LC: vice em 2020, perdeu do Bayern
Última LC: final, perdeu do Bayern

Nesta LC, Grupo H: 4vit-0emp-2der, 13gp X 6gc
Oitavas de final: Barcelona (Espanha), 4 X 1 e 1 X 1
Treinador: Maurício Pochettino, 48 anos
Artilheiro: Neymar, Mbappé, 6 tentos

O Sánchez-Pizjuán de Sevilha, palco de Porto X Chelsea

O Sánchez-Pizjuán de Sevilha, palco de Porto X Chelsea

@SevillaFC

PORTO X CHELSEA
Sevilha, Espanha, Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán
Árbitro: Slavko Vincic (Eslovênia)

Sete pontos atrás do Sporting Lisboa na Primeira Liga de seu país, o “Dragão” também era desacreditado, em 2004, quando arrebatou o troféu às expensas dos mega-favoritos do Mônaco da França. Aquele Porto, aliás, foi o último clube campeão da “Champions” a não integrar uma das cinco federações mais bem cotadas no ranking da UEFA. Mal no certame da Inglaterra, apenas o quinto colocado, nesta LC o time de Thomas Tuchel, ex-PSG, ostenta uma retaguarda impecável, difícil de perfurar, só dois tentos concedidos em oito jogos. Detalhe: de comum acordo entre os dois adversários, por causa das restrições impostas às viagens de Portugal à Inglaterra e vice-versa, a UEFA definiu o Sánchez-Pizjuán para abrigar ambos os duelos, de ida e de volta, entre o Porto e o Chelsea,

Resumo histórico:
Jogos: 8 = 2vit Por/1emp/5vit Che
Gols: 7Por X 12Che

PORTO (Portugal)
Estádio do Dragão, Porto
Ranking: 15 – 85.000 pontos
Fundação: 1893
Apelido: “O Dragão”
Títulos nacionais: 29
Melhor LC: campeão em 1987, 2004
Última LC: não conseguiu classificação

Nesta LC, Grupo C: 4vit-1emp-1der, 10gp X 3gc
Oitavas de final; Juventus (Itália), 2 X 3 e 2 X 1
Treinador: Sérgio Conceição, 46 anos
Artilheiro: Sérgio Oliveira, 5 tentos

Thomas Tuchel, do Chelsea

Thomas Tuchel, do Chelsea

@ChelseaFC

CHELSEA (Inglaterra)
Stamford Bridge, Londres
Ranking: 13 – 89.000 pontos
Fundação: 1905
Apelido: “The Blues”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: campeão em 2012
Última LC: oitavas, eliminado pelo Bayern

Nesta LC, Grupo E: 4vit-2-emp-0der, 14gp X 2gc
Oitavas de final: Atlético de Madrid, 1 X 0 e 2 X 0
Treinador: Thomas Tuchel, 47 anos
Artilheiro: Giroud, 6 tentos

O troféu da "Champions League"

O troféu da "Champions League"

UEFA

Nesta temporada de 2020/21, a LC realiza sua 66ª edição, a 29ª desde que, na competição de 1992/93, abandonou o seu nome original de Copa dos Campeões e se rebatizou de “Champions League”. Principiou em 8 de Agosto com 79 equipes de 54 das suas 55 afiliadas. Única e exclusiva exceção: Liechtenstein, cujos times disputam os torneios da Suíça. Num paralelo, curiosamente, as Ilhas Far Oer e Gibraltar, que dependem da Dinamarca e da Inglaterra, já dispõem de suas próprias federações. Atual campeão: o Bayern. Semis programadas para 27-28 de Abril e 4-5 de Maio. A decisão, em partida única, se realizará no dia 29 de Maio no Ataturk Olympic Stadium, Istambul, Turquia.

AFP

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas