Silvio Lancellotti Um certo Junior Messias é o novo salvador do Milan na Champions

Um certo Junior Messias é o novo salvador do Milan na Champions

Não foi Ibrahimovic o atleta que preservou as ínfimas chances de o "Diavolo" permanecer na competição, triunfo de 1 X 0 sobre o Atlético de Madrid. E Gabriel Jesus levou o City às oitavas de final.

A testada de Junior Messias, Atlético de Madrid 0 X 1 Milan

A testada de Junior Messias, Atlético de Madrid 0 X 1 Milan

@ChampiondLeague

Agora são onze as agremiações oficialmente classificadas para as oitavas de final da Champions League da Europa na temporada de 2021/2022. A lista já tinha quatro equipes antecipadamente promovidas. No Grupo B, o Liverpool da Inglaterra. No C, o Ajax da Neerlândia, re-batismo da ex-Holanda. No E, o Bayern da Alemanha. E no Grupo H a Juventus da Itália. Na metade anterior desta jornada, na terça-feira, dia 23 de Novembro, a quinta e penúltima da etapa de chaves da competição, mais duas equipes da Inglaterra abiscoitaram as suas vagas, o Manchester United, no F, e o Chelsea, no H. Nesta quarta, dia 24, no A, fulgurou um outro clube britânico, o Manchester City. E, embora derrotado pelo City, também o PSG da França prosseguirá às oitavas, auxiliado pela queda do Brugges, na Bélgica. No C, o Sporting de Portugal escoltará o Ajax, às custas do Borussia Dortumund da Alemanha. No D, enfim, brilharam a Internazionale da Bota e o Real Madrid da Espanha.
 

O gol de Gabriel Jesus, City 2 X 1 PSG

O gol de Gabriel Jesus, City 2 X 1 PSG

@ChampionsLeague

A definição das qualificadas restantes, mais cinco, apenas ocorrerá  na sexta rodada, a derradeira, programada para 7 e 8 de Dezembro. Então, no dia 13, provavelmente na sua sede de Nyon, Suíça, a UEFA, entidade que organiza o Futebol no Velho Continente, promoverá o sorteio das oitavas. Haverá dois potes, um com os campeões e outro com os vices das oito chaves. Esse bingo estabelecerá os emparceiramentos das oitavas, cujos duelos acontecerão, na ida, em 15/16 e 22/23 de Fevereiro, e na volta em 8/9 e 15/16 de Março. Aos oito terceiros sobrará o consolo de uma repescagem na futura Europa League, uma espécie de Série B da Europa. Eis as fichas e as sínteses dos jogos da terça e, ainda, as análises das eventuais probabilidades de cada time em cada Grupo.


GRUPO A
Manchester City (Ing), 12pg – 17gp/8gc
PSG (Fra), 8pg – 9gp/7gc
RB Leipzig (Ale), 4pg – 13gp/13gc
Brugge (Bel), 4pg – 5gp/16gc

Com Gabriel Jesus à frente, a celebração do City

Com Gabriel Jesus à frente, a celebração do City

@ChampionsLeague

MANCHESTER CITY 2 X 1 PSG
Manchester, Etihad Stadium, 53.400 lugares
Público: 52.030
Árbitro: Daniele Orsato (Itália)

Gols: Sterling, Gabriel Jesus X Mbappé

Muito melhor o City, em toda a etapa inicial, tanto que o seu treinador Pep Guardiola, habitualmente sereno, várias vezes se enfezou com as muitas oportunidades calcinadas por Rodri, Mahrez, Gondogan e Zinchenko. O PSG teve um único lance de perigo que Mbappé não aproveitou. O retorno dos vestiários, contudo, favoreceu os franceses. E aos 50’, numa jogada de fato espetacular, em que foram à área dos “Citizens” com meia-dúzia de toques, a bola no chão, resteirinha, anotaram 1 X 0. Mbappé, depois de um corta-luz magistral de Neymar, dentre as pernas. Claro, o gol modificou o perfil da disputa. E o City se concentrou diante do arco de Navas e, de tanto insistir, obteve o 1 X 1, Raheem Sterling, aos 63’, numa pelota que foi e voltou sobre a área pequena até o seu arremate letal. Melhor, aos 76’, ao alinhavar uma linda tabela com Bernardo Silva, Gabriel Jesus cravou os 2 X 1 e assegurou a liderança ao seu time. O PSG, ironia, salvou a sua vaga porque o Club Brugge, em sua casa, foi implacavelmente humilhado pelo Leipzig.

Christopher Nkunku, o artilheiro do Leipzig

Christopher Nkunku, o artilheiro do Leipzig

@ChampionsLeague

CLUB BRUGGE 0 X 5 RB LEIPZIG
Bruges, Jan Breydel Stadium, 29.062 lugares
Público: 24.072
Árbitro: Dàvide Massa (Itália)

Gols: Nkunku/2, Forsberg/2/1pen, André Silva

O time dos “Roten Bullen”, de olhos bem pregados, no máximo, na possibilidade de uma repescagem na atual Europa League, detonou os belgas em cerca de um quarto do tempo de duração de uma contenda de Futebol. Antes dos 26’ já tinham 3 X 0 no placar. E ainda ampliariam, 4 X 0, antes do repouso de intervalo. Nkunku aumentaria, já nos acréscimos. Absurdo o modo como o Brugge soçobrou.

Jogos já realizados:
MANCHESTER CITY 6 X 3 RB LEIPZIG
CLUB BRUGGE 1 X 1 PSG
RB LEIPZIG 1 X 2 CLUB BRUGGE
PSG 2 X 0 MANCHESTER CITY
CLUB BRUGGE 1 X 5 MANCHESTER CITY
PSG 3 X 2 RB LEIPZIG
RB LEIPZIG 2 X 2 PSG
MANCHESTER CITY 4 X 1 CLUB BRUGGE

Jogos restantes, dia 7 de Dezembro:
RB LEIPZIG X MANCHESTER CITY
PSG X CLUB BRUGGE


GRUPO B
Liverpool (Ing), 15pg – 15gp/5gc
Porto (Por), 5pg – 3gp/8gc
Milan (Ita), 4pg – 5gp/7gc
Atlético de Madrid (Esp), 4pg, 4gp/7gc

O detalhe do tento de Salah, Liverpool 2 X 0 Porto

O detalhe do tento de Salah, Liverpool 2 X 0 Porto

@ChampionsLeague

LIVERPOOL 2 X 0 PORTO
Liverpool, Anfield Road, 53.394 lugares
Público: 52.209
Árbitro: Felix Zwayer (Alemanha)

Gols: Thiago Alcântara, Salah

O time da Terra dos Beatles realizou 45’ medíocres e desceu cabisbaixo aos vestiários, tal era a decepção da sua fiel torcida. Juergen Klopp, no entanto, rearrumou os “Reds”, que evoluíram muitíssimo no tempo derradeiro. E foram magníficos os seus tentos. Aos 52’, graças a um petardo de Thiago Alcântara, no desfrute de uma rebatida da retaguarda do “Dragão”. E aos 70’, depois que Salah, de calcanhar, tocou a Henderson e recebeu a devolução entre os beques e costurou os 2 X 0 com a frieza habitual. Agora, no dia 7 de Dezembro, o Porto tem que ganhar do Atlético, em Portugal, para seguir às oitavas.

Junior Messias, o súbito herói do Milan

Junior Messias, o súbito herói do Milan

@ChampionsLeague

ATLÉTICO DE MADRID 0 X 1 MILAN
Madrid, Metropolitano Stadium, 68.456 lugares
Público: 61.019
Árbitro: Slavko Vincic

Gol: Júnior Messias

Mais do que sufocante a condição do Milan nesta peleja complicadérrima, que poderia lhe custar uma despedida prematura não somente da Champions League mas, até mesmo, da repescagem na subsidiária Europa League. Chocou a maneira estabanada com que o “Diavolo” da Lombardia se portou no Metropolitano, diante dos “Colchoneros” murchos, inesperadamente sonolentos. Stefano Pioli esperou em demasia para agregar Ibrahimovic à sua ofensiva. Pior, errou em não acoplar o Zlatan ao francês Giroud. Tirou um para colocar o outro, e só aos 56’. Enquanto isso, Diego Simeone se exaltava no seu banco diante da falta de pontaria dos seus pupilos. Azar, o Milan se locupletaria com a entrada no combate do menos cotado dos brasileiros, o mineiro Júnior Messias, já nos seus 30 anos de idade. Messias substituiu o inútil Krunic e, aos 87’, aproveitou o vácuo na defesa do Atleti e, de cabeça, mandou um cruzamento de Kessie nas redes do perplexo Oblak. Complicou-se o futuro dos “Colchoneros”. Mas o “Diavolo”, para alcançar a segunda vaga, necessitará, em Dezembro, bater o invicto Liverpool e, ainda, torcer pelo tombo do Porto, em Portugal. 

Jogos já realizados:
LIVERPOOL 3 X 2 MILAN
ATLÉTICO DE MADRID 0 X 0 PORTO
MILAN 1 X 2 ATLÉTICO DE MADRID
PORTO 1 X 5 LIVERPOOL
ATLÉTICO DE MADRID 2 X 3 LIVERPOOL
PORTO 1 X 0 MILAN
MILAN 1 X 1 PORTO
LIVERPOOL 2 X 0 ATLÉTICO DE MADRID

Jogos restantes, dia 7 de Dezembro:
PORTO X ATLÉTICO DE MADRID
MILAN X LIVERPOOL


GRUPO C
Ajax (Nee), 15pg – 16gp/3gc
Sporting (Por), 9pg – 11gp/7gc
Borussia Dortmund (Ale), 6pg – 4gp/10gc
Besiktas (Tur), 0pg – 3gp/14gc

Haller, o artilheiro do Ajax, e da competição

Haller, o artilheiro do Ajax, e da competição

@ChampionsLeague


BESIKTAS 1 X 2 AJAX
Istambul, Vodafone Park, 42.950 lugares
Público: 11.712
Árbitro: Irfan Peljto (Bósnia e Herzegovina)

Gols: Ghezzal/pen X Haller/2

Por um bom tempo, até o final da primeira etapa, os hospedeiros dominaram o combate e imaginaram que conquistariam os seus únicos pontos nesta competição. O Ajax, porém, tem Sébastién Haller, 22 de idade, nascido na França, de pais da Costa do Marfim, um latagão de 1m90 de altura mas enorme habilidade e oportunismo na área do adversário. Bastaram dois lances de esperteza de Haller para que o Ajax revirasse o resultado e, mais importante, ele se igualasse a Lewandowski na artilharia da ChL.

Pedro Gonçalves, dois tentos e a classificação do Sporting

Pedro Gonçalves, dois tentos e a classificação do Sporting

@ChampionsLeague

SPORTING 3 X 1 BORUSSIA DORTMUND
Lisboa, Estádio José Alvalade, 50.095 lugares
Público: 41.341
Árbitro: Carlos del Cerro Grande (Espanha)

Gols: Pedro Gonçalves/2, Pedro Porro X Malen

Surpreendeu o “Leão” de Lisboa ao expugnar a “Muralha Amarela” duas vezes em dez minutos, aos 30 e aos 39, e com o mesmo atleta, o ponta-de-lança Pedro Gonçalves, de 23 anos de idade. Surpreendeu porque, aos visitantes do Borussia, bastaria um empate para que, praticamente, ficassem com a segunda posição no seu Grupo C. Brutal a ausência do lesionado Haaland no ataque do Borussia. Sorte do Sporting, que se garantiu nas oitavas.

Jogos já realizados:
BESIKTAS 1 X 2 BORUSSIA DORTMUND
SPORTING 1 X 5 AJAX
AJAX 2 X 0 BESIKTAS
BORUSSIA DORTMUND 1 X 0 SPORTING
BESIKTAS 1 X 4 SPORTING
AJAX 4 X 0 BORUSSIA DORTMUND
BORUSSIA DORTMUND 1 X 3 AJAX
SPORTING 4 X 0 BESIKTAS

Jogos restantes, dia 7 de Dezembro:
AJAX X SPORTING
BORUSSIA DORTMUND X BESIKTAS


GRUPO D
Real Madrid (Esp), 12pg – 12gp/3gc
Internazionale (Ita), 10pg – 8gp/3gc
Sheriff (Mol) 6pg – 6gp/10gc
Shakhtar Donetsk (Ucr), 1pg – 1gp/11gc

Dzeko, dois gols e a classificação da Internazionale

Dzeko, dois gols e a classificação da Internazionale

@ChampionsLeague

INTERNAZIONALE 2 X 0 SHAKHTAR DONETSK
Milão, Giuseppe Meazza, 75.923 lugares
Público: 46.225
Árbitro: Ovidiu Hategan (Romênia)

Gols: Dzeko/2

Ainda com ínfimas chances de um lugar nas oitavas, os ucranianos se enfurnaram na retranca e na esperança dos contra-ataques até que, em pouco mais de cinco minutos, dos 61 ao 67, o “cannoniere” Edin Dzeko consolidou o triunfo e a aproximou a Internazionale, bastante, da sua vaga. Dependeria do resultado do prélio entre o Sheriff e o Real Madrid, que aconteceria horas depois. Pois se alegrou com o triunfo “Merengue” e a classificação.

O abraço em Alaba, o autor do primeiro gol do Real Madrid

O abraço em Alaba, o autor do primeiro gol do Real Madrid

@ChampionsLeague

SHERIFF 0 X 3 REAL MADRID
Tiraspol, Sheriff Stadium, 12.746 kugares
Público: 5.932
Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia)

Gols: Alaba, Kroos, Benzema

Um tento de Alaba, na cobrança de uma infração, aos 30’ do combate, já bastaria para devolver o Real à liderança do Grupo D e para também qualificar a Inter. A esquadra “Merengue”, todavia, não quis viver o mesmo tormento do prélio de ida, quando o “Sheriff” venceu por 2 X 1, e em Madrid. Aos 45’, com um foguete de 25 metros, que resvalou no travessão e caiu dois palmos dentro da meta de Athanasiadis, Tony Kroos simplificou a situação. Os zagueiros do time da Moldávia reclamaram. Todavia, o mediador Marciniak apontou o cronômetro com alarme que porta num dos pulsos para garantir que a bola havia atravessado a linha fatal. Benzema ainda aumentou, 3 X 0. Folga suficiente para garantir Real e Inter nas oitavas. A rodada que prometia tensão acabou em doce paz.

Jogos já realizados:
SHERIFF 2 X 0 SHAKHTAR DONETSK
INTERNAZIONALE 0 X 1 REAL MADRID
SHAKHTAR DONETSK 0 X 0 INTERNAZIONALE
REAL MADRID 1 X 2 SHERIFF
SHAKHTAR DONETSK 0 X 5 REAL MADRID
INTERNAZIONALE 3 X 1 SHERIFF
REAL MADRID 2 X 1 SHAKHTAR DONETSK
SHERIFF 1 X 3 INTERNAZIONALE

Jogos restantes, dia 7 de Dezembro:
SHAKHTAR DONETSK X SHERIFF
REAL MADRID X INTERNAZIONALE

As chaves e os jogos da terça-feira, dia 23:

GRUPO E
Bayern (Ale), 15pg – 19gp/3gc
Barcelona (Esp), 7pg – 2gp/6gc
Benfica (Por), 5pg – 5gp/9gc
Dinamo Kiev (Ucr), 1pg – 1gp/9gc

A classificação do Grupo E

A classificação do Grupo E

@ChampionsLeague

DINAMO KIEV 1 X 2 BAYERN
Kiev, NSC Olimpiskiy, 70.050 lugares
Público: 28.732
Árbitro: Halil Umut Meler (Turquia)

Gols: Garmash X Lewandowski, Gnabry
BARCELONA 0 X 0 BENFICA
Barcelona, Camp Nou, 99.354 lugares
Público: 49.572
Árbitro: Sergei Karasev (Rússia)

Jogos já realizados:
BARCELONA 0 X 3 BAYERN
DYNAMO KIEV 0 X 0 BENFICA
BENFICA 3 X 0 BARCELONA
BAYERN 5 X 0 DYNAMO KIEV
BARCELONA 1 X 0 DYNAMO KIEV
BENFICA 0 X 4 BAYERN
BAYERN 5 X 2 BENFICA
DYNAMO KIEV 0 X 1 BARCELONA

Jogos restantes, dia 8 de Dezembro:
BAYERN X BARCELONA
BENFICA X DINAMO KIEV

Análise:
Já assegurado, evidentemente, o Bayern tentará eliminar o Barcelona das oitavas. E como o Benfica é um favorito destacado a derrotar o Dinamo Kiev, em Lisboa, ao Barça apenas servirá um triunfo, bastante difícil, como visitante  em Munique. Caso empate, e o Benfica vença, o clube da “Águia” de Portugal prevalecerá via confronto direto.


GRUPO F
Manchester United (Ing), 10pg – 10gp/7gc
Villarreal (Esp), 7pg – 9gp/7gc
Atalanta (Ita), 6pg – 10gp/10gc
Young Boys (Sui) – 4pg – 6gp/11gc

A classificação do Grupo F

A classificação do Grupo F

@ChampionsLeague

VILLARREAL 0 X 2 MANCHESTER UNITED
Villarreal, Estádio de la Cerámica, 23.500 lugares
Público: 20.875
Árbitro: Felix Brych (Alemanha)

Gols: Cristiano Ronaldo, Sancho
YOUNG BOYS 3 X 3 ATALANTA
Berna, Stadion Wankdorf, 32.000 lugares
Público: 31.120
Árbitro: Daniel Siebert (Alemanha)

Gols: Siebatcheu, Sierro, Hefti X Zapata, Palomino, Muriel

Jogos já realizados:
YOUNG BOYS 2 X 1 MANCHESTER UNITED
VILLARREAL 2 X 2 ATALANTA
ATALANTA 1 X 0 YOUNG BOYS
MANCHESTER UNITED 2 X 1 VILLARREAL
MANCHESTER UNITED 3 X 2 ATALANTA
YOUNG BOYS 1 X 4 VILLARREAL
ATALANTA 2 X 2 MANCHESTER UNITED
VILLARREAL 2 X 0 YOUNG BOYS

Jogos restantes, dia 8 de Dezembro:
ATALANTA X VILLARREAL
MANCHESTER UNITED X YOUNG BOYS

Análise:
Já assegurado, e como cabeça-de-chave, o Manchester United. Em Bérgamo, se a sua retaguarda não trair a eficiência do seu ataque, a Atalanta ganhará a segunda vaga com uma vitória simples sobre o Villarreal.


GRUPO G
Lille (Fra), 8pg – 4gp/3gc
RB Salzburg (Aus), 7pg – 7gp/6gc
Sevilla (Esp), 6pg – 5gp/4gc
Wolfsburg (Ale), 5pg – 4gp/7gc

A classificação do Grupo G

A classificação do Grupo G

@ChampionsLeague

SEVILLA 2 X 0 WOLFSBURG
Sevilha, Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán, 43.883 lugares
Público: 28.663
Árbitro: Cunyet Çakir (Turquia)

Gols: Rakitic, Rafa Mir
LILLE 1 X 0 RB SALZBURG
Villeneuve-d’Ascq, Stade Pierre-Mauroy, 50.186 lugares
Público: 33.573
Árbitro: Anthony Taylor (Inglaterra)

Gol: David

Jogos já realizados:
SEVILLA 1 X 1 RB SALZBURG
LILLE 0 X 0 WOLFSBURG
RB SALZBURG 2 X 1 LILLE
WOLFSBURG 1 X 1 SEVILLA
LILLE 0 X 0 SEVILLA
RB SALZBURG 3 X 1 WOLFSBURG
SEVILLA 1 X 2 LILLE
WOLFSBURG 2 X 1 RB SALZBURG

Jogos restantes, dia 8 de Dezembro:
WOLFSBURG X LILLE
RB SALZBURG X SEVILLA

Análise:
Bastante complicado este Grupo F. O Lille jogará pelo empate contra o Wolfsburg, no campo do inimigo. Mas, caso perca, ficará em desvantagem pelo confronto direto. O Salzburg também pode se promover mesmo com uma igualdade, em casa, diante do Sevilla. Pode, desde que não aconteça o tríplice empate nos oito pontos. Então, tudo dependerá dos saldos de tentos, dos respectivos gols marcados etcetera e tal.


GRUPO H
Chelsea (Ing), 12pg – 10gp/1gc
Juventus (Ita), 12pg – 9gp/6gc
Zenit (Rus), 4pg – 7gp/7gc
Malmoe (Sue), 1pg – 1gp/13gc

A classificação do Grupo H

A classificação do Grupo H

@ChampionsLeague

CHELSEA 4 X 0 JUVENTUS
Londres, Stamford Bridge, 41.837 lugares
Público: 39.513
Árbitro: Srdan Jovanovic (Sérvia)

Gols: Chalobah, James, Hudson-Odoy
MALMOE 1 X 1 ZENIT
Malmoe, Eleda Stadion, 21.500 lugares
Público: 15.520
Árbitro: Andris Treimanis (Letônia)

Gols: Rieks X Rakitskyy/pen

Jogos anteriores:
CHELSEA 1 X 0 ZENIT
MALMOE 0 X 3 JUVENTUS
ZENIT 4 X 0 MALMOE
JUVENTUS 1 X 0 CHELSEA
ZENIT 0 X 1 JUVENTUS
CHELSEA 4 X 0 MALMOE
MALMOE 0 X 1 CHELSEA
JUVENTUS 4 X 2 ZENIT

Jogos restantes, dia 8 de Dezembro:
ZENIT X CHELSEA
JUVENTUS X MALMOE

Análise:
Nem que a Rainha determine o Chelsea desperdiçará a liderança do seu Grupo J. Supera a Juventus no quesito do seu confronto direto. Também parece absolutamente inviável que o Malmoe tire a possibilidade de repescagem do Zenit.

O Real Madrid, ganhador da edição inaugural da Champions

O Real Madrid, ganhador da edição inaugural da Champions

Reprodução

Idealizada em 1955 pela semanal “L´Equipe” da França, na época dirigida por um antigo craque, o então jornalista Gabriel Hanot (1889-1968), nos seus primórdios a atual Champions League abrigou meros 16 times, selecionados via critérios bem vagos, como a “representatividade” e o “prestígio”, de acordo com a opinião da redação. O Real Madrid amealhou o troféu na sua primeira edição. Com o andar do tempo esses parâmetros se ajustaram e até 1993 a Champions de fato ostentou basicamente vencedores de torneios nacionais. Então, se submeteu a uma extensiva, radical revolução.

A taça e a bola da ChL

A taça e a bola da ChL

UEFA

A partir de um ranking complexo, que considera os combates dos interclubes da Europa nas cinco temporadas imediatamente anteriores, acomodou outras agremiações e se tornou a Champions League, ou a Liga dos Campeões, a ChL, agora na sua 67ª edição no total e no seu 30º aniversário desde a reformulação radical. Em 2020/2021 o Chelsea da Inglaterra abiscoitou a sua taça de prata, 74cm de altura e 11kg de peso. E esta disputa de 2021/2022, desde o seu início, em 22 de Junho, prova ser uma das menos convencionais. Por exemplo, principiou com 80 agremiações de 54 das 55 federações da UEFA – a única exceção, Liechtenstein, com as suas sete equipes, participa, a convite, dos campeonatos da Suíça. Preservou 26 clubes de ranking superior e depositou 54 num verdadeiro moedor de eliminatórias de modo que, em mata-matas, sobrevivessem exclusivamente seis.

Um dos pôsteres da decisão

Um dos pôsteres da decisão

@ChampionsLeague

No moedor das eliminatórias ocorreram 93 jogos em que se anotaram 245 gols. Os seis times resistentes e os 26 privilegiados, ou 32, acabaram divididos, por sorteio, em oito chaves de quatro cada. E nessas chaves já houve 80 duelos nos quais se realizaram 243 gols, a média de 3,04. No acumulado, em 173 combates, 488 tentos, a média de 2,82. Num continente que, aos trambolhões, se resgata da crise provocada pela pandemia da Covid-19, se revelou ótima a afluência de público aos estádios da Champions. Nos 80 combates das chaves, 2.601.477 espectadores, a média de 32.518. Os artilheiros: Robert Lewandowski (Bayern) e Sébastien Haller (Ajax), com 9; Christopher Nkunku (RB Leipzig), 7. Cristiano Ronaldo (Manchester United) e  Mohamed Salah (Liverpool), 6. A final acontecerá em 25 de Maio de 2022, um sábado, no Krestovsky Stadium de São Petersburgo, na Rússia.

Os onze clubes já nas oitavas

Os onze clubes já nas oitavas

@ChampionsLeague

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas