Silvio Lancellotti Também a Liga Europa oferece as suas surpresas e muitas emoções

Também a Liga Europa oferece as suas surpresas e muitas emoções

Nas quartas, ao menos quatro times que poderiam estar na "Champions", como Ajax, Roma, Arsenal e United. E duas novidades como o Granada da Espanha e o Dinamo Zagreb da Croácia.

Os quatro confrontos da Liga Europa

Os quatro confrontos da Liga Europa

UEFA

Como ocorreu na “Champions”, a Liga dos Campeões, um sorteio absolutamente livre, sem cabeças de chave e sem qualquer tipo de direcionamento definiu, nesta sexta-feira, dia 19 de Março, os emparceiramentos das quartas de final da segunda competição interclubes da UEFA, a entidade que organiza o Futebol no Velho Continente, a Liga Europa. No caso da LE, porém, a preocupação com a transparência e com a equidade em função de posições no ranking não produziu nenhum duelo prematuro entre candidatos efetivos a levar o troféu.

O Stadion Miejski de Gdanskqui

O Stadion Miejski de Gdanskqui

UEFA

Porque, na imensa maioria, os clubes preferem realizar os jogos de retorno como mandantes, um bingo suplementar definiu a ordem dos cotejos, ida e volta. Também ocorreu o sorteio, virtual, de antecipação das semifinais. A UEFA estima que as quartas aconteçam em 8 e em 15 de Abril – como de costume, numa quinta-feira. E, as semis, em 29 de Abril e em 6 de Maio. Estima porque sempre subsiste a ameaça de uma interferência da Covid-19. A pandemia já obrigou a entidade a adotar cautelosos protocolos de segurança para as viagens e principalmente os estádios. Também já houve prélios suspensos, adiados. Daí, se não eclodirem empecilhos inesperados, a decisão, em peleja única, se desenrolará no dia 26 de Maio no reluzente Stadion Miejski de Gdansk, na Polônia.


GRANADA X MANCHESTER UNITED
Nunca se enfrentaram, antes. No papel, aliás, um prélio de destino antecipadamente decretado. Apelidados de “Matagigantes”, os ibéricos são estreantes em qualquer competição internacioal. O batismo pomposo talvez não baste pois “Os Diabos Rubros” de Manchester dispõem de elenco e de tradição, até, para brigar pela “Champions”.

Soldado, do Granada

Soldado, do Granada

Reprodução Granada

GRANADA (Espanha)
Granada, Nuevo Los Cármenes Stadium
Ranking: 75, 19.142
Fundação: 1931
Apelido: “Los Matagigantes”
Títulos nacionais: nenhum
Melhor LE: estreante
Última LE: estreante

Nesta LE: vice do Grupo E
Dezesseis de final: Napoli (Itália), 1 X 2 e 2 X 0
Oitavas de final: Molde (Noruega), 1 X 2 e 2 X 0
Treinador: Diego Martínez, 40
Artilheiro: Molina, Herrera, Soldado, L. Suárez, 2 tentos

Bruno Fernandes, do Manchester United

Bruno Fernandes, do Manchester United

@ManUtd

MANCHESTER UNITED (Inglaterra)
Manchester, Old Trafford
Ranking: 8, 104.000
Fundação: 1878
Apelido: “The Red Devils”, ou “Os Diabos Rubros”
Títulos nacionais: 20
Melhor LE: campeão em 2017
Última LE: semis, perdeu do Sevilla

Nesta LE: repescado da “Champions”
Dezesseis de final: Real Sociedad (Esp), 0 X 0 e 4 X 0
Oitavas de final: 1 X 0 e 1 X 1
Treinador: Ole Gunnar Solskjaer, 48
Artilheiro: Bruno Fernandes, 2 tentos


ARSENAL X SLAVIA PRAHA
Em dois cotejos do passado, em empate sem gols e uma atuação exuberante dos “Gunners”, 7 X 0. Que vêm de um susto, a derrota dentro de casa diante do praticamente eliminado Olympìacos, enquanto os “Cervenobìli”, que haviam cedido, em Praga, um empate perigosíssimo ao Rangers da Escócia, se salvaram no campo do inimigo.  

Aubameyang, do Arsenal

Aubameyang, do Arsenal

@Arsenal

ARSENAL (Inglaterra)
Londres, Emirates Stadium
Ranking: 11, 94.000
Fundação: 1886
Apelido: “The Gunners”, ou “Os Canhoneiros”
Títulos nacionais: 13
Melhor LE: vice em 2000. 2019
Última LE: 16/final, eliminado pelo Olympìacos

Nesta LE: ganhador do Grupo B
Dezesseis de final: Benfica (Portugal), 1 X 1 e 3 X 2
Oitavas de final: Olympìacos, 3 X 1 e 0 X 1
Treinador: Mikel Arteta, 38
Artilheiro: Pépé, Nketiah, Aubameyang,

Abdallah Sima, do Slavia Praha

Abdallah Sima, do Slavia Praha

Reprodução Slavia Praha

SLAVIA PRAHA (República Tcheca)
Praga, Sinobo Stadium
Ranking: 37, 42.500
Fundação: 1892
Apelido: “Cervenobílí”, ou “Os Vermelhos e Brancos”
Títulos nacionais: 30
Melhor LE: semi-final em 1996
Última LE: na “Champions”, eliminado na fase de chaves

Nesta LE: vice do Grupo C
Dezesseis de final: Leicester (Inglaterra), 2 X 0 e 0 X 0
Oitavas de final: Rangers (Escócia), 1 X 1 e 2 X 0
Treinador: Jindrich Tripisovský, 45
Artilheiro: Abdallah Sima, 4 tentos


AJAX X ROMA
Os “Filhos dos Deuses” ainda não perderam da “Loba”: um triunfo e uma igualdade, 3 X 2 nos tentos. Pela sua história, pela tradição dos dois clubes, o melhor cotejo destas quartas. Absolutamente imprevisível.

David Neres, do Ajax

David Neres, do Ajax

@AFCAjax

AJAX (Neerlândia)
Amsterdam, Johan Cruyiff Arena
Ranking: 17, 81.500
Fundação: 1900
Apelido: “De Godenzonen” , ou “Os Filhos dos Deuses”
Títulos nacionais: 34
Melhor LE: campeão em 1992
Última LE: 16/final, eliminado pelo Getafe

Nesta LE: repescado da “Champions”
Dezesseis de final: LOSC Lille (França), 2 X 1 e 2 X 1
Oitavas de final: Young Boys (Suíça), 2 X 0 e 3 X 0
Treinador: Erik ten Hag, 51
Artilheiros: Tadic, Bobbey, Klaassen, D. Neres, 4 tentos

Borja-Mayoral, da Roma

Borja-Mayoral, da Roma

@ASRoma

ROMA (Itália)
Roma, Stadio Olìmpico
Ranking: 16, 84.000
Fundação: 1927
Apelido: “La Lupa”, ou “A Loba”
Títulos nacionais: 3
Melhor LE: vice em 1991
Última LE: oitavas, eliminado pelo Sevilla

Nesta LE: ganhador do Grupo A
Dezesseis de final: Braga (Portugal), 2 X 0 e 3 X 1
Oitavas de final: 2 X 1 e 3 X 0
Treinador: Paulo Fonseca, 48
Artilheiro: Borja-Mayoral, 7 tentos

DINAMO ZAGREB X VILLARREAL
Apenas dois confrontos no passado, um sucesso de cada lado, vantagem mínima dos ibéricos nos gols, 3 X 2. O impressionante sucesso dos croatas, “Os Purificadores”, em Londres, sobre o favoritíssimo Tottenham de José Mourinho, os transformou na surpresa airosa de toda esta LE. Enorme perigo à vista para o “Submarino Amarelo”.

Orsic, do Dinamo Zagreb

Orsic, do Dinamo Zagreb

@europaleague

DÍNAMO ZAGREB (Croácia)
Zagreb, Stadion Maksimir
Ranking: 33, 44.500
Fundação: 1911
Apelido: “Purgeri”, ou “Os Purificadores”
Títulos nacionais: 21
Melhor LE: oitavas em 2019
Última LE: não participou, eliminado na “Champions”

Nesta LE: ganhador do Grupo K
Dezesseis de final: Krasnodar (Rússia), 3 X 2 e 1 X 0
Oitavas de final: Tottenham (Inglaterra), 3 X 0 e 0 X 2
Treinador: Damir Krznar, 48
Artilheiro: Orsic, 5 tentos

Paco Alcácer, do Villarreal

Paco Alcácer, do Villarreal

Reprodução Villarreal

VILLARREAL (ESP)
Vllarreal, Estádio de la Ceràmica
Ranking: 25, 53.000
Fundação: 1923
Apelido: “El Submarino Amarillo”
Títulos nacionais: nenhum
Melhor LE: semis em 2016
Última LE: não participou

Nesta LE: ganhador do Grupo I
Dezesseis de final: R. B. Salzburg (Áus), 2 X 0 e 2 X 1
Oitavas de final: Dinamo Kiev (Ucrânia), 2 X 0 e 2 X 0
Treinador: Unai Emery, 49
Artilheiro: Paco Alcácer, 5 tentos


Trata-se, esta, da edição número 50 da Liga Europa, desde que nasceu como Copa UEFA em 1971/72, e a de número 12 desde que, ao incorporar a Copa dos Vencedores de Copas, ganhou o gigantismo atual e o seu novo batismo. Quando se iniciou, em 18 de Agosto de 2020, a sua mastodôntica relação de inscrições ostentava a bagatela de 205 equipes das 55 federações da UEFA. Daí, até que se depurassem as oito agora sobreviventes, basicamente passou por oito etapas eliminatórias e mais um mini-certame de 48 clubes divididos em 12 grupos. Aos 12 ganhadores e seus vices se agregaram oito repescados, os terceiros colocados dos oito grupos da “Champions”. Ou, 32 que disputaram uma primeira leva de mata-matas na fase de 16 de final, cujos vencedores então se digladiaram nestas oitavas

O troféu da Liga Europa

O troféu da Liga Europa

UEFA

Em consequência da impiedosa Covid-12, que a obrigou a transcorrer fundamentalmente de arquibancadas vazias, que provocou a transferência abrupta de mandos de jogo e compeliu hospedeiros a receberem adversários longe de suas cidades, esta LE ainda assim foi capaz, até aqui, de realizar 349 pelejas com 1.065 tentos registrados, a média de 3,05. Média de público, acredite se desejar: a triste insignificância de meras 515 pessoas.


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas