Silvio Lancellotti O sossego em Paris e um impacto em Madrid, é a Champions de volta

O sossego em Paris e um impacto em Madrid, é a Champions de volta

Com o primeiro gol de Messi pelo seu novo time, o PSG supera o Manchester City, 2 X 0. E na reabertura do Bernabéu o calouro Sheriff da Moldávia surpreende o portentoso Real Madrid, 2 X 1.

Lionel Messi, 121 tentos na Champions, 120 pelo Barça e o primeiro pelo PSG

Lionel Messi, 121 tentos na Champions, 120 pelo Barça e o primeiro pelo PSG

@liga de campeones

Claro que, numa fase de grupos de Champions League, todos os duelos são importantes. De todo modo, nesta terça-feira, dia 28 de Setembro, na primeira metade da segunda rodada da competição, dois cotejos atraíram as atenções com alguma primazia. Um, pela curiosidade do desafio: de que maneira se portaria o calouro Sheriff da Moldávia numa visita ao poderoso Real Madrid, o maior ganhador de taças, 13, na história da Liga dos Campeões. O outro porque, na capital da França, o novo-rico PSG de Mbappé, Neymar e Messi, teria contra o Manchester City a sua prova de fogo, principalmente depois de o colega nativo chamar o brasileiro de “clochard”, vagabundo, em um jogo contra o Lorient, 1 X 1, pela Ligue 1 de seu país. Sossego na Cidade Luz. Enorme impacto em Madrid.


Eis como transcorreram todos os prélios deste dia 28:


GRUPO A
Manchester City (Inglaterra)
PSG (França)
Brugge (Bélgica)
RB Leipzig (Alemanha)

A nova classificação do Grupo A

A nova classificação do Grupo A

@liga de campeones

RB LEIPZIG 1 X 2 CLUB BRUGGE
Leipzig, RB Arena, 42.600 lugares
Público: 23.500
Árbitro: Slavo Vincic (Svn)

Gols: Nkunku X Vanaken, Rits

Um chute rasteiro do francês Nkunku, que o arqueiro Mignolet ajudou a entrar na meta, pareceu definir o combate logo aos 5’. Foi o quarto “tore” de Nkunku. O time das “Bruxas”, no entanto, reagiu ainda na primeira metade da peleja com Vanaken e Mats Rits. E o Leipzig não encontrou mais espaço na defesa belga para recuperar o resultado.

PSG 2 X 0 MANCHESTER CITY
Paris, Parc des Princes, 47.929 lugares
Público: 37.350
Árbitro: Carlos del Cerro Grande (Esp)

Gols: Gueye, Messi

Um cotejo de fato empolgante, aberto, cá e lá, e não coube a nenhum dos três superlativos do PSG, mas ao volante senegalês Idrissa Gueye, o gol que inaugurou o placar logo aos 8’, depois de um lance todo criado por Mbappé, um torpedo no ângulo de Ederson. O City não se apequenou, porém. Ao contrário, já merecia a igualdade, em três situações evitadas pela agilidade de Donnaruma, no mínimo, quando luziu o fulgor de Lionel Messi. Aos 74’ o platino dominou a bola quase no meio do campo e daí arrancou, majestosamente, até a entrada da área. Tocou a Neymar, recebeu de volta, e fulminou Ederson, 2 X 0, o seu tento 121 na Champions, o seu primeiro com o fardamento rubro-anil do PSG. 

Jogos já realizados:
MANCHESTER CITY 6 X 3 RB LEIPZIG
CLUB BRUGGE 1 X 1 PSG

Rodada #3, dia 19 de Outubro:
CLUBE BRUGGE X MANCHESTER CITY
PSG X RB LEIPZIG


GRUPO B
Liverpool (Inglaterra)
Porto (Portugal)
Atlético de Madrid (Espanha)
Milan (Itália)

A nova classificação do Grupo B

A nova classificação do Grupo B

@liga de campeones

MILAN 1 X 2 ATLÉTICO DE MADRID
Milão, Stadio di San Siro, 75.923 lugares
Público: 35.374
Árbitro: Cuneyt Çakir (Tur)

Gols: Rafael Leão X Griezman, Luís Suárez

Jornada em princípio esplêndida do lusitano Rafael Leão, que anotou a “rete” do 1 X 0 com um tiro rasante aos 20’. E o português ainda conseguiu desferir uma bicicleta deliciosa no travessão de Jan Oblak. Ainda aos 29’, entretanto, o estabanadérrimo Kessie provocou um segundo vermelho e o Milan se reduziu a dez atletas. Necessitaria de muita “grinta”, muita garra, para segurar os três pontos. Ainda preservou o suposto triunfo até os 84’ e ao voleio de Griezman, o seu primeiro tento após voltar aos “colchoneros”. O infortúnio se fecharia aos 7’ dos acréscimos, mão boba na bola de Kalulu, um penal que Luís Suárez converteu.

PORTO 1 X 5 LIVERPOOL
Porto, Estádio do Dragão, 50.035 lugares
Público: 23.520
Árbitro: Sergei Karasev (Rus)

Gols: Taremi X Salah/2, Mané, Firmino/2

Expugnado o Dragão pelos rapazes da Terra dos Beatles, que literalmente cometeram letra e música nesta vitória sem esforços do Liverpool no outro lado da Mancha. O brasileiro Bob Firmino também realizou o seu “double”. Expectativa pelo seu próximo jogo, com o Atleti.


Jogos já realizados:
LIVERPOOL 3 X 2 MILAN
ATLÉTICO DE MADRID 0 X 0 PORTO

Rodada #3, dia 19 de Outubro:
ATLÉTICO DE MADRID X LIVERPOOL
PORTO X MILAN


GRUPO C
Ajax (Neerlândia)
Borussia Dortmund (Alemanha)
Besiktas (Turquia)
Sporting Lisboa (Portugal)

A nova classificação do Grupo C

A nova classificação do Grupo C

@liga de campeones

AJAX 2 X 0 BESIKTAS
Amsterdam, Johan Cruijff Arena, 55.500 lugares
Público: 52.628
Árbitro: Benoît Bastien (Fra)

Gols: Berghuis, Haller

Dois não nederlandeses foram os astros do Ajax em seu sossegado triunfo sobre o Besiktas. O brasileiro Antony, principal produtor de assistências desta Champions, três até agora. E o marfinense Sébastien Haller, que subiu aos cinco tentos em só 180 minutos.

BORUSSIA DORTMUND 1 X 0 SPORTING
Dortmund, Signal Iduna Park, 65.829 lugares
Público: 25.000
Árbitro: Srdan Jovanovic (Ser)

Gols: Malen

Sem o lesionado Erling Haaland, 17 tentos em 21 cotejos pela Champions, o Borussia se contentou com um placar insignificante em relação à sua superioridade técnica. Ao menos amealhou os três pontos, Malen, depois de um lance criado pelo talento de Bellingham.

Jogos já realizados:
BESIKTAS 1 X 2 BORUSSIA DORTMUND
SPORTING 1 X 5 AJAX

Rodada #3, dia 19 de Outubro:
BESIKTAS X SPORTING
AJAX X BORUSSIA DORTMUND


GRUPO D
Sheriff (Moldávia)
Real Madrid (Espanha)
Internazionale (Itália)
Shakhtar Donetsk (Ucrânia)

A nova classificação do Grupo D

A nova classificação do Grupo D

@liga de campeones

SHAKHTAR DONETSK 0 X 0 INTERNAZIONALE
Donetsk, NSC Olimpiyskiy, 70.050 lugares
Público: 26.170
Árbitro: István Kovács (Rom)

Atuação memorável do arqueiro Andriy Piatov, do time ucraniano, já nos seus 37 de idade. Só nos últimos cinco minutos ele perpetrou duas intervenções espetaculares.

REAL MADRID 1 X 2 SHERIFF
Madrid, Santiago Bernabéu, 81.044 lugares
Público: 24.522
Árbitro: Lawrence Visser (Bel)

Gols: Benzema/pen X Yakhshiboev, Thill

O treinador Carlo Ancelotti, os seus merengues e mais os torcedores que retornaram ao Bernabéu depois da crise da pandemia e de uma vasta reforma no estádio, nunca se olvidarão deste nome não-trivial: Jasurbek Yakhshiboev, nascido no Uzebequistão. Acredite se quiser, o autor, de cabeça, do gol que apavorou o Real aos 25’ de um duelo que prometia ser unilateral e se tornou super-dramático. Benzema chegou a obter o empate, num penal, aos 65’, o seu tento de número 72 na Champions. O Sheriff, de todo modo, ainda inédito como time viajante na fase decisiva da contenda, se inscreveu nos livros dos recordes, aos 90’, ao fazer, incrivelmente, 2 X 1,  por um outro personagem de origem incomum nos grandes palcos do Futebol do planeta: Sébastien Thill, nascido em Luxemburgo. Pois é, o Real desabou em seu templo sagrado por causa de um uzbeque e de um luxemburguês.


Jogos já realizados:
SHERIFF 2 X 0 SHAKHTAR DONETSK
INTERNAZIONALE 0 X 1 REAL MADRID

Rodada #3, dia 19 de Outubro:
SHAKHTAR DONETSK X REAL MADRID
INTERNAZIONALE X SHERIFF


Jogos do dia 29 de Setembro


GRUPO E
Bayern (Alemanha)
Benfica (Portugal)
Dinamo Kiev (Ucrânia)
Barcelona (Espanha)

A classificação do Grupo E

A classificação do Grupo E

@liga de campeones

BENFICA X BARCELONA
Lisboa, Estádio da Luz, 64.642 lugares
Árbitro: Daniele Orsato (Ita)

BAYERN X DYNAMO KIEV
Munique, Allianz Arena, 70.000 lugares
Árbitro: Marco Guida (Ita)


Jogos já realizados:
BARCELONA 0 X 3 BAYERN
DYNAMO KIEV 0 X 0 BENFICA

Rodada #3, dia 19 de Outubro:
BARCELONA X DYNAMO KIEV
BENFICA X BAYERN


GRUPO F
Young Boys (Suíça)
Atalanta (Itália)
Villarreal (Espanha)
Manchester United (Inglaterra)

A classificação do Grupo F

A classificação do Grupo F

@liga de campeones

ATALANTA X YOUNG BOYS
Bérgamo, Gewiss Stadium, 21.000 lugares
Árbitro: Felix Brych (Ale)

MANCHESTER UNITED X VILLARREAL
Manchester, Old Trafford, 74.140 lugares
Árbitro: Felix Zwayer (Ale)


Jogos já realizados:
YOUNG BOYS 2 X 1 MANCHESTER UNITED
VILLARREAL 2 X 2 ATALANTA

Rodada #3, dia 20 de Outubro:
MANCHESTER UNITED X ATALANTA
YOUNG BOYS X VILLARREAL


GRUPO G
RB Salzburg (Áustria)
Sevilla (Espanha)
Lille (França)
Wolfsburg (Alemanha)

A classificação do Grupo G

A classificação do Grupo G

@liga de campeones

RB SALZBURG X LILLE
Salzburg, Stadion Wals-Siezenheim, 31.895 lugares
Árbitro: Halil Umut Meler (Tur)

WOLFSBURG X SEVILLA
Wolfsburg, Volkswagen Arena, 26.000 lugares
Árbitro: Georgi Kabakov (Bul)


Jogos já realizados:
SEVILLA 1 X 1 RB SALZBURG
LILLE 0 X 0 WOLFSBURG

Rodada #3, dia 20 de Outubro:
LILLE X SEVILLA
RB SALZBURG X WOLFSBURG


GRUPO H
Juventus (Itália)
Chelsea (Inglaterra)
Zenit (Rússia)
Malmoe (Suécia)

A classificação do Grupo H

A classificação do Grupo H

@liga de campeones

ZENIT X MALMOE
São Peterburgo, Krestovsky Stadium, 67.800 lugares
Árbitro: Anastasios Sidiropoulos (Gre)

JUVENTUS X CHELSEA
Turim, Allianz Stadium, 41.507 lugares
Árbitro: Jesús Gil Manzano (Esp)

Jogos já realizados:
CHELSEA 1 X 0 ZENIT
MALMOE 0 X 3 JUVENTUS

Rodada #3, dia 20 de Outubro:
ZENIT X JUVENTUS
CHELSEA X MALMOE


Esta é a edição de número 67 da competição desde que a UEFA, a entidade administradora do Futebol no Velho Mundo, a idealizou, em 1955, com o nome de Copa dos Campeões. E é a sua 30ª desde que, em 1993, a UEFA a ampliou como Liga dos Campeões, sigla ChL. Desta vez, se iniciou com 80 equipes, provenientes de 54 das suas 55 afiliadas. A única exceção, Liechtenstein, de sete clubes que disputam os campeonatos da Suíça. Abiscoitou a taça, na mais recente disputa da Champions, 2020/2021, o Chelsea de Londres, na Inglaterra.

Os 32 clubes e os oito grupos

Os 32 clubes e os oito grupos

Reprodução

Mais. Desde o seu começo, em 22 de Junho, esta foi, de fato, uma competição absurda, que preservou 26 times de ranking superior e depositou os outros 54 num moedor, de modo a restarem apenas seis. Nas eliminatórias houve 93 duelos em que se registraram 245 tentos, na média de 2,63. E até aqui, nos grupos, em 24 duelos se registraram 64, média de 2,67. No total acumulado, em 117 cotejos houve 309 gols, média de 2,64. Público desta fase, até aqui: 693.530 espectadores, média de 28.897. A final já está programada para o dia 28 de Maio de 2022, um sábado, no Krestovsky Stadium de São Petersburgo, na Rússia.


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas