Silvio Lancellotti O PSG e o Chelsea perdem em casa mas vão às semis da Champions

O PSG e o Chelsea perdem em casa mas vão às semis da Champions

Na Cidade Luz, Neymar realiza uma partida excelente, acerta três vezes a trave, e o Bayern se despede do seu título de campeão. O clube de Londres perde do Porto e segue graças ao saldo de gols.

A capa festiva do Twitter do PSG

A capa festiva do Twitter do PSG

@PSG_Inside

Chelsea contra o vencedor de Liverpool X Real Madrid, um duelo programado para esta quarta-feira, 14 de Abril, favoritismo dos “Merengues” sobre os “Reds”, a natural conseqüência do placar de 3 X 1 no combate da Espanha. E mais, PSG contra o vencedor de Borussia Dortmund X Manchester City, também na quarta-feira, e imprevisível porque, na ida, na Inglaterra, os “Citizens” se limitaram a um placar perigoso, 2 X 1, contra a “Muralha Amarela”. Com o triunfo dos “Blues” sobre o Porto, mais o sucesso dos “Parisiens” diante do Bayern, o detentor do troféu, se desenhou nesta terça, dia 13 de Abril, a primeira parte da rodada de retorno das semifinais da “Champions League” da Europa, pela temporada de 2020/21. Eis as fichas técnicas e as descrições sintéticas dos dois cotejos já efetuados:


CHELSEA 0 X 1 PORTO
Sevilha, Espanha, Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán
Árbitro: Clément Turpin (França)
Gol: Taremi
Na ida: Porto 0 X 2 Chelsea
Sevilha, Espanha, Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán
Árbitro: Slavko Vincic (Eslovênia)
Gols: Mount, Chilwell

Detalhe da quase bicicleta de Taremi, Chelsea 0 X 1 Porto

Detalhe da quase bicicleta de Taremi, Chelsea 0 X 1 Porto

@ChampionsLeague

Escolha da UEFA, concordância dos dois clubes, coube ao Sánchez-Pizjuán de Sevilha abrigar os duelos de ida e volta entre o “Dragão” de Sérgio Conceição e os “Blues” de Thomas Tuchel. Prevaleceu, de todo modo, o conceito de haver um mandante. E o Porto perdeu como dono-da-casa. Consequência, a missão inglória a fazer 3 X 0 como visitante virtual. Pegaria um Chelsea obviamente sisudo, cauteloso, apenas preocupado em não conceder um gol. E a primeira etapa se encerrou sem que nenhum dos dois times sequer acertasse um chute na meta do seu inimigo. Aos 94’, numa quase bicicleta, Taremi registrou Porto 1 X 0. Um lance lindo, acrobático. Porém, desafortunadamente, tarde demais.

Resumo histórico:
Jogos: 10 = 6vit Che/1emp/3vit Por
Gols: 14Che X 8Por

A vibração de Neymar pela classificação do PSG

A vibração de Neymar pela classificação do PSG

@ChampionsLeague

PSG 0 X 1 BAYERN
Paris, França, Parc des Princes
Árbitro: Daniele Orsato (Itália)
Gol: Choupo-Moting
Na ida: Bayern 2 X 3 PSG
Munique, Alemanha, Allianz Arena
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha)

Gols: Choupo-Moting, Mueller X Mbappé/2, Marquinhos

@ChampionsLeague

De novo sem o lesionado Lewandowski, o seu artilheiro fundamental, Hans-Dieter Flick, o treinador dos “Bávaros”, um interino que deu certo após se efetivar em Dezembro de 2019 e então levá-los aos títulos da LC e do Mundial da FIFA, viajou compelido a suplantar os “Parisiens” de Mauricio Pocchetino por largos dois tentos de diferença. Na verdade, quase tomou três. O impensável, numa jornada primorosa, a sua melhor em muitíssimo tempo, Neymar desperdiçou as chances de definir o prélio com três arremates nas traves.

Detalhe do tento de Choupo-Moting, inútil, PSG 0 X 1 Bayern

Detalhe do tento de Choupo-Moting, inútil, PSG 0 X 1 Bayern

@ChampionsLeague

Quem não faz, leva. E aos 40’, segundos após a terceira bola infortunada do ex-Santos, numa confusão dentro da área do PSG o arqueiro Navas, de canela, rebateu para o alto um chute de Alaba e Choupo-Moting aproveitou de testa, Bayern 1 X 0. Sobraria drama na etapa derradeira, principalmente porque os “Parisiens” refluíram de forma imperdoável e abriram espaços à pressão dos “Bávaros”. Sem o astro Lewy na frente, no entanto, o elenco tedesco não soube saborear o predomínio. E o PSG assegurou a sua qualificação.

Resumo histórico:
Jogos: 11 = 6vit Par/0emp/5vit Bay
Gols: 15Par X 14Bay


Cotejos da quarta, dia 14

Edin Terzic, do Borussia Dortmund

Edin Terzic, do Borussia Dortmund

@BVB

BORUSSIA DORTMUND X MANCHESTER CITY
Dortmund, Alemanha, Wesfalenstadion
Árbitro: Carlos del Cerro Grande (Espanha)
Na ida: Manchester City 2 X 1 Borussia Dortmund
Manchester. Inglaterra, Etihad Stadium
Árbitro: Ovidiu Hategan (Romênia)
Gols: De Bruyne, Phil Foden X Marco Reus

Para reverter o seu destino a “Muralha Amarela” de Edin Terzic precisa vencer por 1 X 0 ou, caso os “Citizens” de Pep Guardiola façam um gol, com a folga de dois tentos.
Resumo histórico:
Jogos: 3 = 1vit Bor/1emp/1vit Cit
Gols: 3Bor X 3Cit

Juergen Klopp, do Liverpool

Juergen Klopp, do Liverpool

@LiverpoolFC

LIVERPOOL X REAL MADRID
Liverpool, Inglaterra, Anfield Road
Árbitro: Bjoern Kuipers (Neerlândia)
Na ida, Real Madrid 3 X 1 Liverpool
Madrid, Espanha, Estádio Alfredo Di Stéfano
Árbitro: Felix Brych (Alemanha)
Gols: Vinícius Júnior/2, Asensio X Salah

Tarefa brutal para os “Reds” de Juergen Klopp, superar os “Merengues” de Zinedine Zidane por 2 X 0 ou, caso o Real obtenha um único gol, por três tentos de diferença.
Resumo histórico:
Jogos: 7 = 3vit Liv/0emp/4vit RMa
Gols: 8Liv X 10RMa

O Bayern campeão de 2019/2020, agora o adeus

O Bayern campeão de 2019/2020, agora o adeus

UEFA

Desde o seu início, 8 de Agosto de 2020, a “Champions”  ostentou 51 mata-matas de eliminatórias, 96 combates do Grupo A até o H, os 16 jogos de oitavas de final e mais os seis primeiros das quartas, o acumulado de 169 prélios e 495 gols, média de 2,93. Público? Aqui e ali a Covid-19 permitiu algumas ousadias e 165.939 audaciosos puderam aparecer nos estádios. Média insignificante e pouco digna até do Futebol de Areia: 1.406 pessoas.

O Ataturk Olympic de Istambul, na Turquia, sede da decisão da LC

O Ataturk Olympic de Istambul, na Turquia, sede da decisão da LC

UEFA

Esta, da temporada de 2020/2021, é a 66ª edição da LC, a 29ª desde que, no contenda de 1992/1993, abandonou o seu nome original de Copa dos Campeões e se rebatizou de “Champions League”. Principiou com 79 equipes de 54 das suas 55 afiliadas. Uma única e exclusiva exceção: Liechtenstein, cujos times disputam os torneios da Suíça. Num paralelo, curiosamente, as Ilhas Far Oer e Gibraltar, que dependem da Dinamarca e da Inglaterra, já dispõem das suas próprias federações. O seu atual campeão: Bayern. Semis programadas para 27-28 de Abril e 4-5 de Maio. A decisão, em partida única, se realizará no próximo dia 29 de Maio no espetaculoso Ataturk Olympic Stadium de Istambul, na Turquia.

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas