O PSG e o Atlético de Madrid também seguem adiante na CL

Numa jornada ótima de Neymar e de Marquinhos, os franceses despedem o Borússia. Numa virada empolgante, os espanhóis eliminam o Liverpool.

Neymar e Marquinhos, o primeiro gol de PSG 2 X 0 BVB

Neymar e Marquinhos, o primeiro gol de PSG 2 X 0 BVB

@PSG_inside

Dos 79 que iniciaram a competição, quatro clubes estão na fase das quartas-de-final da UEFA Champions League de 2019/2020. Na terça-feira, dia 10 de Março, já tinham conquistado a sua promoção o RB Leipzig da Alemanha e a Atalanta de Bérgamo, Itália. Agora, nesta quarta, dia 11, também garantiram as suas vagas o PSG da França e o Atlético de Madrid da Espanha. O PSG, ao suplantar o Borussia Dortmund por 2 X 0, depois de perder o cotejo de ida por 1 X 2. E o “Atleti” ao derrotar ao Liverpool da Inglaterra, o detentor do troféu, por 3 X 2. Na peleja de ida, na sua capital, já havia batido os “Reds”, 1 X 0.

Llorente, dois dos gols de Liverpool 2 X 3 Atlético de Madrid

Llorente, dois dos gols de Liverpool 2 X 3 Atlético de Madrid

@atleticodemadrid

Por causa da disseminação do Covid-19, o atual formato do chamado Coronavírus, espalhado a partir da China, se tornou impossível, para a UEFA, a entidade que regula o Futebol na Europa, consolidar qualquer programação na Champions. Até segunda, por exemplo, se acreditava que a partida de Paris aconteceria com a presença de público no Parc des Princes. Já se sabe que, na próxima semana, com a definição de todos os oito classificados, os prélios Bayern X Chelsea e Barcelona X Napoli terão os portões fechados.

O Sánchez Pizjuán do Sevilla, no limbo

O Sánchez Pizjuán do Sevilla, no limbo

Sánchez Pizjuán

Pior. Até o momento ainda não se garantiu que ocorra a pugna Juventus X Lyon no Allianz Stadium de Turim. E a UEFA anunciou a suspensão, para data não definida, de duas partidas desta quinta-feira, 12, pela Europa League. Consequência do isolamento oficial da Itália, a Espanha vetou as viagens entre as duas nações e, por isso, entram num limbo, sem perspectivas, as porfias de ida Sevilla X Roma e Internazionale X Getafe. Também já foi adiado o duelo de volta, dia 19, Eintracht Frankfurt da Alemanha X Basel da Suíça. Nesse caso, por decisão dos helvéticos, que temem a possibilidade de contágio.


Eis as fichas técnicas e as sínteses dos prélios da quarta:

Jogos de 11 de Março

Capa do Twitter do "Atleti"

Capa do Twitter do "Atleti"

@atleticodemadrid

LIVERPOOL 2 X 3 ATLÉTICO DE MADRID
Anfield Road, 52.267 lugares
Árbitro: Danny Makkeile (Ned)
Gols: Wijnaldum, Firmino X Llorente/2, Morata
Na ida: Atlético de Madrid 1 X 0 Liverpool
Wanda Metropolitan, 67.443 espectadores
Árbitro: Szymon Marciniak (Pol)
Gols: Saúl Ñiguez

Campeão na temporada de 2018/2019, o time da Terra dos Beatles, detentor do troféu, precisava vencer por dois gols de diferença. E os “Colchoneros” só necessitavam segurar o empate por qualquer placar. E se empenharam, aplicadamente, na contenção de um massacre dos “Reds”, pressão de fato avassaladora, até os 43’, quando um levantamento de Oxlade-Chamberlain encontrou a testa de Wijnaldum, sem chance para o arqueiro Oblak.

Wijnaldum, Liverpool 1 X 0

Wijnaldum, Liverpool 1 X 0

@liverpoolfc

No banco do “Atleti”, Diego Simeone se esbaforia. E, no banco do Liverpool, Juergen Klopp se descabelava. Seria mega-dramático o segundo tempo, os “Reds” enraizados na área dos “Colchoneros”, o acrobático Oblak a praticar proezas em série. A aflição, de todo modo, é uma inimiga radical da perfeição. E, como o gol não saía, o Liverpool se transformou em bagunça. Safou-se, aliás, graças a um certo holandês de nome Hessel Steegstra, o auxiliar do árbitro Makkiele, que invalidou, corretamente, aos 90’, o empate do impedido Saúl Ñiguez. Daí, se realizaria a primeira prorrogação desta edição da CL.

Firmino, a ilusão dos 2 X 0

Firmino, a ilusão dos 2 X 0

@liverpoolfc

Logo aos 94’, depois de um bate-rebate infernal, Firmino fez 2 X 0, placar que classificaria os “Reds”. Porém, aos 97’, a torcida da Terra dos Beatles lastimaria a lesão que impediu o brasileiro Alisson Becker, o melhor do planeta, de proteger a meta do seu time. Falhou o reserva Adrian numa saída de bola e o “Atleti” se locupletou, Lorente, 1 X 2, o chamado “gol que vale o dobro”, longe de casa. O Liverpool, subitamente, necessitaria de uma vantagem de dois tentos. Muito pior, contudo, aos 105’, num chute da entrada da área, o mesmo Llorente traiu o salto atrasado de Adrian, 2 X 2. Pobre Adrian, enquanto que, do outro lado, os ibéricos louvavam os milagres de Oblak. Pois os ibéricos, bem nos acréscimos da prorrogação, ainda obteriam, com Morata, 3 X 2.

Neymar, PSG 1 X 0

Neymar, PSG 1 X 0

@ChampionsLeague

PARIS SAINT-GERMAIN 2 X 0 BORUSSIA DORTMUND
Parc des Princes, de portões fechados
Árbitro: Anthony Taylor (Ing)
Gols: Neymar, Bernat
Na ida: Borussia 2 X 1 Paris Saint-Germain
Westfalenstadion, 66.099 espectadores
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Esp)
Gols: Haaland/Bor/2 X Neymar/PSG

Sem o apoio da sua torcida, o time de Neymar precisava de um sucesso mínimo de 1 X 0. E a “Muralha Amarela”, de seu lado, teria que manter a meta inviolada. Pois foi o brasileiro quem, aos 28’, desfrutou uma barbeiragem da retaguarda visitante e registrou o tento que, na teoria, até então colocaria o seu PSG nas quartas pela primeira vez em quatro temporadas. E a “Muralha” soçobrou, de novo, nos acréscimos do primeiro tempo, a descida de Sarabia pela direita, o cruz\amento raso, outra distração incrível da defesa do BVB e um desvio de bico por Bernat. Foi o suficiente. Anulado, no desafio, o jovem Haaland, do Borussia, 10 tentos nesta CL, dois deles na pugna de ida.


Jogos de 17 de Março

O Allianz Stadium da Juventus, haverá jogo no dia 17?

O Allianz Stadium da Juventus, haverá jogo no dia 17?

@JuventusFC

JUVENTUS X LYON
Allianz Stadium, Turim, de portões fechados
Árbitro: ainda não designado
Na ida: Lyon 1 X 0 Juventus
Parc Olympique Lyonnais, Lyon, 57.355 espectadores
Árbitro: Jesús Gil Manzano (Esp)
Gol: Tousart

O governo da Bota vetou, por decreto, qualquer tipo de evento público até o dia 3 de Abril. Ainda não se sabe se haverá uma exceção para a CL. Mesmo que se mantenha a data, porém, a Juventus terá que superar a ausência dos seus “tifosi”. Ao menos já viveu tal experiência ao suplantar sem platéia a Inter de Milão, no Allianz, 2 X 0, em cotejo crucial na briga pelo título peninsular.

O Etihad Stadium

O Etihad Stadium

Manchester City FC

MANCHESTER CITY X REAL MADRID
Etihad Stadium, 53.000 lugares
Árbitro: ainda não designado
Na ida: Real Madrid 1 X 2 Manchester City
Santiago Bernabéu Stadium, 75.615 espectadores
Árbitro: Daniele Orsato (Ita)
Gols: Isco X Gabriel Jesus, De Bruyne/pen

Para sobreviver, o esquadrão “Merengue” necessitará de um quase “milagro”, sobrepujar o City, dentro da Inglaterra, por no mínimo 2 X 0.


Jogos de 18 de Março

A Allianz Arena, de portões fechados

A Allianz Arena, de portões fechados

FCBayernmunchen

BAYERN DE MUNIQUE X CHELSEA
Allianz Arena, de portões fechados
Árbitro: ainda não designado
Na ida: Chelsea 0 X 3 Bayern
Stamford Bridge Stadium, Londres, 36.671 espectadores
Árbitro: Clément Turpin (Fra)
Gols: Gnabry/2, Lewandowski

Para sobreviver, o time tedesco não precisará de quase nada, tal foi a sua imponência na ida a Londres. Lewandowski é o artilheiro da CL, 11 tentos.

O Nou Camp, de portões fechados

O Nou Camp, de portões fechados

FCBarcelona

BARCELONA X NAPOLI
Camp Nou, de portões fechados
Árbitro: ainda não designado
Na ida: Napoli 1 X 1 Barcelona
Stadio San Paolo, 44.388 espectadores
Árbitro: Felix Brych (Ale)
Gols: Mertens X Griezmann

Para sobreviver, o elenco “Blaugrana” só necessitará do 0 X 0 exibido, no placar, antes de o prélio começar. Porém, não parece inviável que o “Burro” da Terra da Pizza faça 1 X 0 e daí se esconda numa retranca monumental.


Jogos do dia 10 de Março

A Atalanta, na classificação, uma homenagem a Bèrgamo

A Atalanta, na classificação, uma homenagem a Bèrgamo

@Atalanta_BC

VALENCIA 3 X 4 ATALANTA
Mestalla Stadium, de portões fechados
Árbitro: Ovidiu Hategan (Rom)
Gols: Gameiro/2, Ferrán Torres X Ilicic/4/2pen
Na ida: Atalanta 4 X 1 Valencia
San Siro, Milão, 44.236 espectadores
Árbitro: Michael Oliver (Ing)
Gols: Hateboer/2, Ilicic e Freuler X Cheryshev

Sabizter, capitão e artilheiro

Sabizter, capitão e artilheiro

@dierottenbull

RB LEIPZIG 3 X 0 TOTTENHAM
Red Bull Arena: 42.146 espectadores
Árbitro: Carlos del Cerro Grande (Esp)
Gols: Sabitzer/2, Forsberg
Na ida: Tottenham 0 X 1 RB Leipzig
Hotspur Stadium, Londres, 60.095 espectadores
Árbitro: Cuneyt Çaqir (Tur)
Gol: Werner/pen

A taça da Champions

A taça da Champions

UEFA

Hoje na sua edição 65, a CL se inaugurou em 1955/1956 sob o nome de Champions Cup. Daí, em 1993, recebeu o batismo atual e assumiu uma formatação bem diferente, agora na sua temporada 28. Modernizou-se e incorporou clubes além daqueles conquistadores dos seus certames nacionais. Trata-se de agremiações selecionadas segundo um ranking que acumula os desempenhos, nos cinco anos recentes, das 55 afiliadas da UEFA e das suas equipes, até determinar o quanto cada nação pode inscrever.

Os oito grupos da CL de 2019/2020

Os oito grupos da CL de 2019/2020

Reprodução neogol.es

Iniciada em 25 de Junho, esta CL originalmente abrigou 79 times, 26 pré-qualificados à fase de grupos e mais 53 outros envolvidos em uma série de eliminatórias, um total de 91 prélios, 240 gols anotados, média de 2,64. Sobreviveram seis, que se acumularam aos 26. Ou, os 32 melhores, em oito chaves, desafios de turno e returno e ida e volta. Dos grupos até aqui já se desenrolaram 108 partidas, com 344 tentos anotados, média 3,19. Exatas 4.758.398 pessoas, a média excelente de 44.891, apreciaram essas porfias. Obviamente, para não deturpar as estatísticas, não entraram nessa contagem aquelas pugnas que se travaram com os portões fechados.

Os classificados às oitavas-de-final

Os classificados às oitavas-de-final

Reprodução FCBN

Participam das oitavas-de-final os clubes que ficaram no primeiro e no segundo lugares dos grupos. Um sorteio dirigido definiu os mata-matas. O bingo evitou a possibilidade de duelos entre equipes de um mesmo país. E coube aos oito líderes o privilégio da volta em casa. No caso de igualdade em pontos ganhos e também no saldo de tentos, contarão em dobro aqueles gols registrados no campo do inimigo. Caso permaneça o empate, prorrogação de 30’. De novo, valerão em dobro os tentos eventuais do quadro visitante. E caso o empate ainda suceda, haverá a disputa de penais, alternadamente.

O Ataturk Olympic, sede da decisão

O Ataturk Olympic, sede da decisão

ataturkstadiium

Em 20 de Março a UEFA realizará um novo sorteio, que definirá as quartas-de-final, programadas para os dias 7/8 e 14/15 de Abril. No caso, sem cabeças-de-chave e com a possibilidade de prélios entre times de uma mesma nação. Daí, os mata-matas seguirão até restarem os dois elencos que se digladiarão na decisão de 30 de Maio de 2020, no Olímpico de Ataturk, Istambul, Turquia.
.

Gostou? Clique em “Compartilhar”, ou em “Twittar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Muito obrigado. E um grande abraço!