Silvio Lancellotti O Borussia ganha em Sevilla e, no finalzinho, a Juve se alivia no Porto

O Borussia ganha em Sevilla e, no finalzinho, a Juve se alivia no Porto

Com uma nova atuação preciosa do "panzer" Haaland, dois dos seus gols, a "Muralha", dentro da Espanha,  faz 3 X 2. A "Senhora" perdia de 0 X 2 mas, ainda anotou um golzinho talvez salvador.

Atingiu a sua metade, nesta quarta-feira, dia 17 de Fevereiro, a jornada de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões de 2020/2021, a “Champions League” da Europa. Como já havia acontecido na terça, dia 16, com os sucessos dos clubes visitantes, PSG 4 X 1 Barcelona e Liverpool 2 X 0 RB Leipzig, portaram-se convenientemente aqueles dois que atuaram longe de suas casas. No Estádio do  Dragão, a Juventus se salvou, no finalzinho, ao só perder do Porto por 1 X 2. No Sánchez Pizjuán o Borussia Dortmund se livrou do Sevilla, 3 X 2. A rodada se completará na próxima semana, com as últimas quatro pelejas de ida.

Os prélios de 17/2, retorno em 9/3:

Taremi, do Porto, 1 X 0 na Juve antes dos 90" do combate

Taremi, do Porto, 1 X 0 na Juve antes dos 90" do combate

@ChampionsLeague

PORTO 2 X 1 JUVENTUS
Porto, Estádio do Dragão, 50.033 lugares
Público: 0

Árbitro: Carlos Del Cerro Grande (Espanha)
Gols: Taremi, Marega X Chiesa

De um lado, a defesa do “Dragão”, impecável dentro de casa nesta LC, nenhum “golo” concedido em três pelejas. Do outro, um filho de volta à pátria, Cristiano Ronaldo, 7 tentos registrados nos últimos mata-matas da “Senhora”. Mas o placar se abriria, impacto, logo aos 90”, a pelota ridiculamente atrasada por Bentancur a Szczesny e que caiu nos pés de Taremi, o Porto 1 X 0. Aliás, de fato um pesadelo a horrorosa saída de bola da Juve, a sua defesa bem pressionada pela marcação duríssima e sempre bem avançada do Porto.

Taremi, logo depois de bater Szczesny, Porto 1 X 0 Juventus

Taremi, logo depois de bater Szczesny, Porto 1 X 0 Juventus

@ChampionsLeague

No retorno do intervalo, atordoaria o elenco de Andrea Pirlo, imperdoavelmente desconcentrado, outro deslize patético de sua retaguarda que, logo aos 46’, antes ainda de pegar na bola, deixou Marega livre e solto, entre três rivais, na cara de Szczesny, o Porto 2 X 0. Perfeito, tanto na estratégia como na sua execução, o time mais humilde de Sérgio Conceição. Claro, paulatinamente, se mostrou inviável uma reviravolta da Juve. Que precisaria cravar ao menos uma “rete” para tornar melhor a sua condição na pugna de volta. E a “rete” surgiu aos 83’, na descida de Rabiot pela esquerda, no seu cruzamento e na aparada de primeira de Chiesa, 1 X 2. Agora, ao invés de necessitar de um praticamente inviável placar de 3 X 0 em Turim, a “Senhora” se salvará com 1 X 0.

Haaland, logo depois de bater Bouneau, Borussia 2 X 1 Sevilla

Haaland, logo depois de bater Bouneau, Borussia 2 X 1 Sevilla

@ChampionsLeague

SEVILLA 2 X 3 BORUSSIA DORTMUND
Sevilha, Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, 43.833 lugares
Público: 0

Árbitro: Danny Makkelie (Neerlândia)
Gols: Suso, Luuk de Jong X Dahoud, Haaland/2

Outra vez infeliz, no sorteio das oitavas, o Sevilla, o time campeoníssimo na Liga Europa, a quem coube pegar a “Muralha Amarela” e o seu “panzer” Erling Haaland, o atacante mais impetuoso da competição, 6 tentos. Só que  teve muita sorte o dono da casa no seu primeiro arremate à meta de Marwin Hitz, chute de Suso, de 20 metros, aos 7’, que se desviou no bico da chuteira de Hummels, 1 X 0. O Borussia, contudo, também anotaria com um belo petardo de fora da área, mais distante ainda, Dahoud, de 25 metros e diretamente, espetacularmente, no ângulo esquerdo do acrobático Bouneau.

A celebração do segundo gol de Haaland em Sevilha, o seu oitavo nesta LC

A celebração do segundo gol de Haaland em Sevilha, o seu oitavo nesta LC

@ChampionsLeague

Melhor a “Muralha”, que passou à frente aos 27’, graças a Haaland, depois de uma tabela insidiosa com Sancho, o Borussia 2 X 1. E Haaland continuou a não desperdiçar as mínimas chances. Aos 43’, escoltou Marco Reus numa arrancada vigorosa e, diante de Bouneau, fez 3 X 1. Seria bem ríspida a conversa do treinador Julen Lopetegui com os seus pupilos no intervalo. Edid Terzic, ex-interino que o Borussia efetivou, viveria um vestiário mais sossegado. Apenas aos 84’ o Sevilla incomodaria a equipe de Terzic, uma infração cobrada por Oscar Rodriguez e o arremate, na linha da área pequena, de Luuk de Jong. Na volta, em Dortmund, a “Muralha” até poderá perder de 1 X 2. Uma tarefa inglória para os ibéricos.


Prélios de 23/2, retorno em 17/3:


ATLÉTICO DE MADRID X CHELSEA
Os experientes do “Cholo” Simeone contra os jovens gladiadores agora de Thomas Tuchel.

João Félix, do Atlético de Madrid

João Félix, do Atlético de Madrid

@Atleti

ATLÉTICO DE MADRID (Espanha)
Madrid, Wanda Metropolitano, 68.456 lugares
Ranking: 5 – 115.000 pontos
Fundação: 1903
Apelidos: “Colchoneros”, “Atleti”
Títulos nacionais: 10
Melhor LC: vice em 1974 (perdeu do Bayern), 2014 (Real Madrid), 2016 (Real Madrid)
Última LC: quartas, eliminado pelo RB Leipzig
Nesta LC, Grupo A: 2vit-3emp-1der, 7gp X 8gc

Treinador: Diego Simeone, 50 anos
Artilheiro: João Félix, 2
Obs: Precisa se tornar um time de chegada.

CHELSEA (Inglaterra)
Londres, Stamford Bridge, 40.834 lugares
Ranking: 14 – 84.000 pontos
Fundação: 1905
Apelido: “The Blues”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: campeão em 2012
Última LC: oitavas, eliminado pelo Bayern
Nesta LC, Grupo E: 4vit-2-emp-0der, 14 gp X 2 gc

Treinador: Thomas Tuchel, 47 anos
Artilheiro: Giroud, 5 tentos
Obs: Depois de 18 meses sob a orientação do seu antigo ídolo Frank Lampard, demitiu o ex-volante em 25 de Janeiro e já no dia 26 contratou Thomas Tuchel, recém-dispensado do PSG. Depende muito da sua defesa e do oportunismo de Giroud.


LAZIO X BAYERN
Muito difícil que o vôo da “Águia” ultrapasse as fronteiras da Floresta Negra e da Bavária.

Ciro Immobile, da Lazio

Ciro Immobile, da Lazio

@SSLazio

LAZIO (Itália)
Roma, Stadio Olìmpico, 72.698 lugares
Ranking: 36 – 44.000 pontos
Fundação: 1900
Apelido: “Águia”
Títulos nacionais: 2
Melhor LC: quartas em 2000, eliminado pelo Valencia
Última LC: não conseguiu classificação
Nesta LC, Grupo F: 2vit-4emp-9der, 11gp X 7gc

Treinador: Simone Inzaghi, 44 anos
Artilheiro: Immobile, 5 tentos
Obs: Dos 16, o elenco mais assediado pela Covid-19.

BAYERN (Alemanha)
Munique, Allianz Arena, 70.000 lugares
Ranking: 1 – 127.000 pontos
Fundação: 1900
Apelido: “Os Bávaros”
Títulos nacionais: 30
Melhor LC: campeão em 1974, 1975, 1976, 2001, 2013, 2020 (seis títulos)
Última LC: campeão
Nesta LC, Grupo A: 5vit-1emp-0der, 18 gp X 5 gc

Treinador: Hans-Dieter Flick, 56 anos em 24/2
Artilheiros: Coman e Lewandowski, 3 tentos
Obs: Não perde, na LC, faz 17 jogos, 16 vit-1emp.

Prélios de 24/2, retorno em 16/3:

Duván Zapata, da Atalanta

Duván Zapata, da Atalanta

@Atalanta_BC

ATALANTA X REAL MADRID
Confronto de irregularidades. Ambas as equipes apenas se qualificaram no sufoco.

ATALANTA (Itália)
Bérgamo, Atleti Azzurri d’Italia, 21.300 lugares
Ranking: 29 – 50.500 pontos
Fundação: 1907
Apelido: “La Dea”, ou “A Deusa”
Títulos nacionais: nenhum
Melhor LC: quartas em 2020, eliminado pelo PSG
Última LC: quartas, eliminado pelo PSG
Nesta LC. Grupo D: 3vit-2emp-1der, 10gp X 8gc

Treinador: Gian Piero Gasperini, 63 anos
Artilheiro: Zapata, 3
Obs: Problema, o desconjunto ataque X defesa.

REAL MADRID (Espanha)
Madrid, Santiago Bernabéu, 81.044 lugares
Ranking: 4 – 117.000 pontos
Fundação: 1902
Apelido: “Os Merengues”
Títulos nacionais: 34
Melhor LC: campeão em 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1966, 1998, 2000, 2002, 2014, 2016, 2017, 2018 (treze títulos)
Última LC: oitavas, eliminado pelo Manchester City
Nesta LC, Grupo B: 3vit-1emp-2der, 11gp X 9gc

Treinador: Zinedine Zidane, 48 anos
Artilheiro: Benzema, 4
Obs: Quase fora, salvou-se no limite dos limites


BORUSSIA M’ENCHENGLADBACH X MANCHESTER CITY
Teriam os “Prussianos” de Marco Rose chegado mais longe do que esperavam?

Alassane Pléa, do Borussia Moenchengladbach

Alassane Pléa, do Borussia Moenchengladbach

@Borussia

BORUSSIA MOENCHENGLADBACH (Alemanha)
Borussia, Borussia Park, 59.724 lugares
Ranking: 53 – 33.000 pontos
Fundação: 1900
Apelidos: “Os Potros”, “Os Prussianos”
Títulos nacionais: 5
Melhor LC: vice em 1977, perdeu do Liverpool
Última LC: não conseguiu classificação
Nesta LC, Grupo B: 2vit-2emp-2der, 16gp X 9gc

Treinador: Marco Rose, 44 anos
Artilheiro: Alassane Pléa, 5 tentos
Obs: Um time sem nenhum medo de atacar.

MANCHESTER CITY (Inglaterra)
Manchester, Etihad Stadium, 53.000 lugares
Ranking: 6 – 110.000 pontos
Fundação: 1894
Apelido: “The Citizens”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: semi em 2016, eliminado pelo Real Madrid
Última LC: quartas, eliminado pelo Lyon
Nesta LC, Grupo C: 5vit-1emp-0der, 13gp X 1 gc

Treinador: Pep Guardiola, 50 anos
Artilheiro: Ferrán Torres, 4 tentos
Obs: Uma retaguarda de solidez impressionante.


Os prélios do dia 16, retorno em 10/3:

Mbappé, do PSG

Mbappé, do PSG

@ChampionsLeague

BARCELONA 1 X 4 PSG
Barcelona, Camp Nou, 99.354 lugares
Público: 0
Árbitro: Bjorn Kuipers (Neerlândia)

Gols: Messi/pen X Mbappè/3 e Kean

RB LEIPZIG 0 X 2 LIVERPOOL
Puskàs Arena, Budapest, 67.215 lugares
Público: 0
Árbitro: Danny Makkelie (Neerlândia)

Gols: Salah e Mané

Sadio Mané, do Liverpool

Sadio Mané, do Liverpool

@ChampionsLeague

Na próxima terça-feira, 23, estas oitavas de final, que se desenrolam em duelos de ida e volta, prosseguirão com mais dois jogos. No Olímpico de Roma, Lazio X Bayern. Obrigado a atuar longe de casa, por causa da quarentena imposta na sua Espanha a provenientes da Grã Bretanha, o Atlético de Madrid hospedará o Chelsea de Londres na Arena Nationalà de Bucarest, Romênia. Então, na quarta, 24, se fechará a etapa de ida com mais duas partidas. Em Bérgamo, a Atalanta receberá o Real Madrid. E, vedadas as viagens à Alemanha, ao Borussia Moenchengladbach restará o scrifício de mandar na Arena Puskás, Budapest, na Hungria, o seu desafio contra o Manchester City.

Bayern, o ganhador da LC em 2019/2020

Bayern, o ganhador da LC em 2019/2020

UEFA

O Bayern, aliás, levantou a taça de 2019/2020. Agora na sua 66ª edição, ou a 29ª desde que abandonou seu nome original, Copa dos Campeões, em 1992/1993, e se tornou Liga, ou “Champions League”, esta competição começou em 8 de Agosto, com 79 times de 54 de suas 55 afiliadas. Única exceção: Liechtenstein, cujas equipes disputam os campeonatos da Suíça. As Ilhas Far Oer e Gibraltar, que não são nações, dependem da Dinamarca e da Inglaterra, curiosamente dispõem das suas próprias federações.

A taça da "Champions"

A taça da "Champions"

UEFA

Antes da etapa de chaves, aconteceram 51 mata-matas de eliminatória, nos quais se registraram 142 tentos, a média de 2,78. Daí, do Grupo A ao H, ocorreram 96 jogos e 289 gols, a média de 3,01. Nas oitavas, por enquanto, 4 jogos e 15 gols, média de 3,750. No geral, respectivamente, em 151 jogos, 446 gols , média de 2,95. As quartas de final devem acontecer em 6-7 e em 13-14 de Abril. E as semis, então, em 27-28 de Abril e em 4-5 de Maio. A UEFA escolheu a data de 29 de Maio, um sábado, para a decisão em jogo único no Ataturk Olympic de Istambul, Turquia.

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas