Silvio Lancellotti No jogo 400 do capitão Insigne, o Napoli mantém os seus 100%

No jogo 400 do capitão Insigne, o Napoli mantém os seus 100%

Com 2 X 0 no Cagliari, obteve o sexto triunfo em seis cotejos no início do Italiano de 2021/22. E a Juventus voltou a ganhar um prélio, mas perdeu o fundamental Dybala, uma lesão muscular.

Lorenzo Insigne, com a camisa da comemoração

Lorenzo Insigne, com a camisa da comemoração

@SSCNapoli

Bem mais do que simplesmente o “Nazionale” da Itália, na sua rodada número 6, neste domingo, 26 de Setembro, foi o Napoli quem prosseguiu na corrida pela performance perfeita, sua sexta vitória consecutiva e a preservação dos 100% de aproveitamento. Dentro de casa, o Stadio Diego Armando Maradona, diante do Cagliari da Sardenha, lhe parecia uma tarefa bem acessível. Com somente 2 pontos nos mesmas cinco partidas em que o “Burro” da Terra da Pizza havia acumulado 15, o visitante se localizava numa perigosa penúltima colocação, na zona de rebaixamento à Série B, a segunda divisão do Calcio.

Baresi, Albertini, De Napoli e Donadoni, no Milan de 1992/93

Baresi, Albertini, De Napoli e Donadoni, no Milan de 1992/93

@ACMilan

Luciano Spalletti, o controvertido treinador que abandonou um período de 24 meses de “dolce far niente” para assumir o posto de Gennaro Gattuso, cautelosamente se recusa a falar sobre primados ou sobre títulos. Sabe-se, todavia, que na região da Campânia, da qual Nápoles é a capital, se multiplicaram as investigações de Internet sobre os recordes de início de de torneio. O “Burro” ainda estava distante dos sete triunfos do Milan de 1992/93. Dos oito da Juventus de 1985/86 e dos nove da mesma “Senhora” de 2005/06. E muitíssimo distante dos dez da Roma de 2013/14. Com a exceção da Roma dos dez, que acabou o certame incríveis 17 pontos atrás da Juve, e da “Senhora” dos nove, que perdeu o “scudetto” por causa do escândalo das indicações arbitrais, os outros dois clubes levantaram o troféu. Ao Napoli, que não leva a taça do Calcio desde 1988/1989, obviamente não custava sonhar.


Eis as sínteses dos cotejos do domingo no Italiano:

NAPOLI 2 X 0 CAGLIARI
Nápoles, Stadio Diego Armando Maradona
Árbitro: Marco Piccinini

Gols: Osimhen, Isigne/pen

Osimhen, na escapada que redundou no penal

Osimhen, na escapada que redundou no penal

@Serie A Calcio

Foi, digamos, preguiçosa a atuação do “Burro” num jogo em que prometia um placar elástico. Ao menos depois de cravar 1 X 0 aos 10’, num lançamento em profundidade de Anguissa até Zielinsky que, na linha de fundo, atrasou para o arremate de Osimhen, o seu quarto gol no torneio. No primeiro tempo, apareceu basicamente nada o enorme talento de Lorenzo Insigne, o Lor, no combate de número 400 do hoje capitão do time. Então, no segundo, porém, ele acordou, E conduziu os seus colegas à consolidação da liderança.

Insigne, depois de cobrar o penal e fazer 2 X 0

Insigne, depois de cobrar o penal e fazer 2 X 0

@Serie A Calcio

O becão uruguaio Godin colaborou, aos 57’, num lance de enciclopédia. Depois de cometer penal duas vezes, em agarrões na camisa de Osimhen, ainda lhe pespegou uma rasteira impiedosa – e chiou contra a lógica marcação de Piccinini, gentil por não expulsá-lo do gramado. Insigne bateu mal, sobre o vôo de Cragno, que quase espalmou de mão trocada. De todo modo, 2 X 0. Aos 77’, enfim, se clarificou a suspeita de que algo de estranho ocorria com o Lor. Depois de massagear o abdomen ele solicitou a sua substituição. Ou dores musculares ou algum problema de raiz fisiológica. Entrou Ounas no seu lugar. E o treinador Spalletti também trocou Osimhen por Petagna. Natural a economia. Na quinta, 30, o Napoli precisará suplantar o Spartak de Moscou, dentro do Maradona, pela Europa League.


LAZIO 3 X 2 ROMA
Roma, Stadio Olìmpico
Árbitro: Marco Guida

Gols: Milinkovic-Savic, Pedro, Anderson X Ibañez, Veretout/pen

Maurizio Sarri, na capa do Twitter da Lazio

Maurizio Sarri, na capa do Twitter da Lazio

@SSLazio

Vibrante, empolgante, o “Derby” da capital, que não via cinco tentos desde Abril de 2016. Mesmo com o triunfo, porém, a Lazio permanece atrás da Roma na classificação do certame. Paralelamente, houve o desafio de dois treinadores polêmicos, Maurizio Sarri, na “Águia”, e José Mourinho, na “Loba”. Claro que o derrotado, Mou, saiu furioso com o mediador Marco Guida, de quem reclamou de tudo. E claro que o vencedor, Sarri, aproveitou o momentozinho de glória para espicaçar as suas agremiações anteriores.

Mourinho, palmas de ironia em direção ao árbitro Marco Guida

Mourinho, palmas de ironia em direção ao árbitro Marco Guida

@Serie A Calcio

Não perdoou o Napoli do “presidente maluco” (Aurelio de Laurentiis), e a Juventus, em que “jamais teve elenco para fazer quatro substituições num jogo”. A Lazio, aliás, definiu a pugna em 20 minutos, 2 X 0, e daí administrou o placar, 1 X 2, 3 X 1, para apenas se preocupar depois que Marco Guida, claro que apoiado pelo VAR, aos 60’ marcou um penal depois de um encontrão do “romanista” Zaniolo com o “laziale” Apka-Akpro. No caso, o Mou gostou do mediador, a quem aplaudiria, por ironia, à saída do gramado com os pupilos.


JUVENTUS 3 X 2 SAMPDORIA
Turim, Allianz Stadium
Árbitro: Giovanni Ayroldi

Gols: Dybala, Bonucci/pen, Locatelli X Yoshida, Candreva

O abraço de Chiesa em Dybala, pelo gol do 1 X 0

O abraço de Chiesa em Dybala, pelo gol do 1 X 0

@JuventusFC

Um começo de prélio esfuziante chegou a insinuar que a “Senhora” se desvencilharia sossegadamente da Samp. Aos 10’, com um tiro rasante da entrada da área, Dybala reforçou a sugestão. Aos 20’, porém, a “Joya” argentina se lesionou num músculo da coxa e a Juve se tornou, de novo, uma equipe trivial. Ainda fez 2 X 0, aos 43’, num penal, toque de mão do zagueiro Murru. Logo no lance seguinte, porém, quando a Juve ainda celebrava, o becão Yoshida diminuiu de cabeça, na área pequena, depois de um corner em que ninguém da “Senhora” pulou para cortar. Isso, numa zaga que tem Leo Bonucci e De Ligt.

O consolo de Morata em Dybala, na saída de campo, depois da lesão

O consolo de Morata em Dybala, na saída de campo, depois da lesão

@Serie A Calcio

Medíocre a etapa derradeira. Locatelli ampliou para 3 X 1 aos 57’, numa tabela com Kulusevsky que o deixou de frente para a meta escancarada. Contudo, aos 83’, em outra falha da retaguarda da Juve, o ex Candreva reapertou ao chutar em diagonal, praticamente sem marcação. Ótimos os três pontos, ao menos, consolo da “Senhora”. Que, no entanto, talvez não possa dispor de Dybala no seu prélio contra o Chelsea na Champions League.


EMPOLI 4 X 2 BOLOGNA
Empoli, Stadio Carlo Castellani
Árbitro: Piero Giacomelli

Gols: Bonifaz/con, Pinamonti, Bajrami/pen, Ricci X Barrow, Arnautovic

SASSUOLO 1 X 0 SALERNITANA
Sassuolo, Mapei Stadium
Árbitro: Antonio Giua

Gols: Berardi

UDINESE 0 X 1 FIORENTINA
Ùdine, Dacia Arena
Árbitro: Davide Ghersini

Gols: Vlahovic/pen


Os jogos do sábado, dia 25 de Setembro:

A homenagem do Twitter do Milan a Daniel Maldini

A homenagem do Twitter do Milan a Daniel Maldini

@ACMilan

SPEZIA 1 X 2 MILAN
La Spezia, Stadio Alberto Picco
Árbitro: Gianluca Manganiello

Gols: Verde X Daniel Maldini, Brahim Díaz

INTER 2 X 2 ATALANTA
Milão, Stadio Giuseppe Meazza
Árbitro: Fabio Maresca

Gols: Lautaro Martínez, Dzeko X Malinovskyi, Tolói

GENOA 3 X 3 VERONA
Gênova, Stadio Luigi Ferraris
Árbitro: Daniele Doveri

Gols: Criscito/pen, Destro/2 X Simeone, Barak/pen, Kalinic


Na segunda-feira, dia 27 de Setembro

VENEZIA 1 X 1 TORINO
Veneza, Stadio Pier Luigi Penzo
Árbitro: Lorenzo Maggioni

Gols: Aramu/pen X Brekalo


Inaugurada em 21 de Agosto e com seu desfecho previsto para o dia 22 de Maio de 2022, esta edição da Série A do Futebol da Velha Bota, a 120ª na História do Calcio, a 90ª desde a implantação do campeonato de pontos corridos e em turno e returno, até agora apresentou 60 partidas, com 194 tentos registrados, a média de 3,23. A classificação:

18pg, 1: NAPOLI – 6j/6v-0e-0d (16gp/2gc)
16pg, 2º: MILAN – 6j/5v-1e-0d (12gp/3gc)
14pg, 3ª: INTER – 6j/4v-2e-0d (20gp/7gc)
12pg, 4º: ROMA – 6j/4v-0e-2d (14gp/8gc)
12pg, 5º: FIORENTINA – 6j/4v-0e-2d (9gp/9gc)
11pg, 6º: LAZIO – 6j/3v-2e-1d (15gp/9gc)
11pg, 7º: ATALANTA – 6j/3v-2e-1d (8gp/6gc)
9pg, 8º: EMPOLI – 6/3v-0e-3d (9gp/10gc)
8pg, 9º: TORINO – 6j/2v-2e-2d (9gp/6gc)
8pg, 10º: JUVENTUS – 6j/2v-2e-2d (10gp/10gc)
8pg, 11º: BOLOGNA – 6j/2v-2e-2d (9gp/14gc)
7pg, 12º: SASSUOLO – 6j/2v-1e-3d (6gp/7gc)
7pg, 13º: UDINESE – 6j/2v-1e-3d (6gp/8gc)
5pg, 14º: VERONA – 6j/1v-2e-3d (11gp/14gc)
5pg, 15º: SAMPDORIA – 6j/1v-2e-3d (7gp/10gc)
5pg, 16º: GENOA – 6j/1v-2e-3d (10gp/15gc)

4pg, 17º: SPEZIA – 6j/1v-1e-4d (8gp/15gc)
4pg, 18º: VENEZIA – 6j/1v-1e-4d (4gp/11gc)
2pg, 19º: CAGLIARI – 6j/0v-2e-4d (7gp/15gc)
1pg, 20º: SALERNITANA – 6j/0v-1e-5d (4gp/15gc)

A homenagem do Twitter do Napoli ao nigeriano Osimhen

A homenagem do Twitter do Napoli ao nigeriano Osimhen

@SSCNapoli

Os jogos da rodada #7

Sexta-feira, 1º de Outubro
CAGLIARI X VENEZIA

Sábado, 2 de Outubro
SALERNITANA X GENOA
TORINO X JUVENTUS
SASSUOLO X INTER

Domingo, 3 de Outubro
BOLOGNA X LAZIO
SAMPDORIA X UDINESE
VERONA X SPEZIA
FIORENTINA X NAPOLI
ROMA X EMPOLI
ATALANTA X MILAN


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas