Silvio Lancellotti Nesta quarta-feira, dia 17, uma decisão inédita da Copa Itália

Nesta quarta-feira, dia 17, uma decisão inédita da Copa Itália

Pela primeira vez, desde 1922, a final acontece absolutamente sem público. Juventus e Napoli, porém, devem realizar um duelo digno da sua tradição.

No gramado do Olímpico, a taça da Copa Itália

No gramado do Olímpico, a taça da Copa Itália

FIGC

Pela primeira vez desde a sua inauguração, em 1922, com o triunfo do Vado, um clube da Ligúria, hoje relegado ao quase amadorismo da Série D, a Copa Itália, agora na sua edição número 73, celebrará o seu campeão em um prélio sem público presente. Acontecerá nesta quarta, dia 17 de Junho de 2020, no Estádio Olímpico de Roma, os portões fechados por causa da Covid-19.

O Vado, campeão de 1922

O Vado, campeão de 1922

Reprodução

Batalharão pelo troféu a Juventus de Turim e o Napoli da Terra da Pizza. Além do prêmio em dinheiro, o vencedor terá o direito de bordar, no seu uniforme, uma “Cocarda”, a auréola circular com as três cores da bandeira da Bota. A “Velha Senhora” do Piemonte, extremo Norte, busca o décimo-quarto título. E o “Burro” da Campânia, rumo do Sul, corre atrás do seu sexto.

O "Scudetto" do campeonato e a "Cocarda" da Copa

O "Scudetto" do campeonato e a "Cocarda" da Copa

Reprodução

Para se candidatar a esta decisão, a equipe “bianconera” suplantou a Udinese (4 X 0), a Roma (3 X 1) e o Milan (1 X 1 fora de casa e 0 X 0 em seus domínios). O esquadrão “azzurro” sobrepujou o Perugia (2 X 0), a Lazio (1 X 0) e a Internazionale de Milão (1 X 0 como visitante e 1 X 1 como anfitrião). A Juve não atingia uma final desde o seu tetra de 2015 a 2018. O Napoli, desde o sucesso de 2014. Em 2012, aliás, no único confronto direto entre os dois times, numa decisão, o Napoli superou a Juve, com tranquilidade, 2 X 0. 

O Napoli campeão em 2014

O Napoli campeão em 2014

@SSCNapoli

A presente Copa Itália se iniciou, no já bem longínquo 3 de Agosto de 2019, com os 20 clubes da Série A, os 20 da Série B, mais 29 da Série C e 9 da Série D. Apresentou quatro fases qualificatórias, avançou pelas oitavas e pelas quartas-de-final, e então a impiedade da Covid-19 a interrompeu, de forma abrupta, na rodada de ida da semi, nos dias 12 e 13 de Fevereiro.

A Lazio, a detentora do trof[eu

A Lazio, a detentora do trof[eu

@SSLazio

Por se tratar de uma competição de cotejos eliminatórios, ao estilo mata-mata, com pelejas de “andata” e “ritorno” exclusivamente na semifinal, apesar das suas 78 equipes a Copa Itália exibiu apenas 78 jogos até aqui, 254 tentos anotados, a boa média de 3,26. Com os seus treze títulos, a “Senhora” é a maior ganhadora. A Roma arrebatou o galardão em nove oportunidades. Inter e Lazio somaram sete lauréis cada qual. O Napoli e o Milan têm cinco. É a detentora a Lazio, que acabou precocemente eliminada pelo “Burro”.


Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Twittar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Obrigado. Fique em casa, que eu fico a dever um abração!

Últimas