Silvio Lancellotti Na raiva e nos acréscimos o Milan preserva a liderança do "Calcio"

Na raiva e nos acréscimos o Milan preserva a liderança do "Calcio"

Apenas aos 92' sobrepujou a boa Lazio por 3 X 2. A Lombardia, aliás, entra no descanso de Natal no topo do Futebol da Bota. A Inter segue como a vice na tabela de classificação.

Rebic, o autor do gol de abertura do Milan, 3 X 2 na Lazio

Rebic, o autor do gol de abertura do Milan, 3 X 2 na Lazio

@ACMilan

Incrível como apenas três minutos podem redesenhar, do nada e absurdamente, um panorama que já parecia bem definido. Ao amanhecer da terça-feira, 22 de Dezembro, com 27 pontos em 39, ou treze rodadas pelo Campeonato Italiano de Futebol de 2020/2021, o torcedor da Juventus de Turim sossegadamente acreditava que terminaria o dia com 30 e grudado no Milan e na Internazionale. Afinal, a sua “Senhora” hospedaria uma Fiorentina encalacrada em 11 pontos e no  triste limiar da zona de rebaixamento à Série B.

A festa da Fiorentina pelos 3 X 0 sobre a Juventus, em Turim

A festa da Fiorentina pelos 3 X 0 sobre a Juventus, em Turim

@acfiorentina

Impactantemente, antes mesmo de subir ao gramado do seu Allianz Stadium, a Juve soube que, por determinação do CONI, o Comitê Olímpico da Bota, o comandante de todos os esportes da nação, terá mesmo que buscar dentro do campo os três pontos que ganhou, no tapetão, quando o Napoli, acuado pela Covid-19, não apareceu para fazer a peleja de 4 de Outubro. De volta aos 24, em meros 148 segundos sofreu o gol de Vlahovic, a Fiorentina à frente. E não mais se recuperou, uma integral devastação, 0 X 3. Lamentável a prestação de Cristiano Ronaldo, que sonhava ampliar sua performance, 12 gols em 9 pelejas.

O CR7 depois da humilhação, Juve 0 X 3 Fiorentina

O CR7 depois da humilhação, Juve 0 X 3 Fiorentina

@Serie A Calcio

A consequência: num suspiro, o Milan e a Internazionale, que atuariam nesta quarta, se aliviaram com a folga de 7 e de 6 degraus sobre o Napoli, que estava no patamar 23 mas resgatou um ponto de punição por não comparecer e ainda passou à frente da Juve no melhor saldo de gols, 15 X 12. Além disso, da terceira até a décima colocação, no miolo que oferece vagas à Liga dos Campeões e ainda à Liga Europa, a classificação se embolou. Dos 21 até os 24 pontos, sete equipes compactadas. Só a Juve, das sete, não teria compromisso no “mercoledì”. E mergulharia no interregno, na “sosta di Natale”, só na sexta posição.


Eis as contendas cruciais da quarta-feira:

A Inter que começou o jogo da sua sétima vitória consecutiva no Campeonato

A Inter que começou o jogo da sua sétima vitória consecutiva no Campeonato

@Inter

VERONA (20 pontos, 9º lugar) 1 X 2 INTER (33/2)
Ilic X Lautaro Martínez, Skriniar

Ao menos um consolo para o CR7 da Juve: conseguiu preservar a sua posição de líder na artilharia do torneio, 12 tentos: Lukaku, que tinha 10, não marcou. A Inter completou a sua sétima vitória consecutiva, missão que não cumpria desde Novembro de 2018, então sob o treinador Luciano Spalletti.

BOLOGNA (16/13) 2 X 2 (22/7) ATALANTA
Tomyiasu, Paz X Muriel/2/1pen

Prossegue a impressionante irregularidade da “Deusa” de Bérgamo, que abriu 2 X 0 e cedeu a igualdade aos 82’.

Immobile, dois tentos contra o Milan, iinutilmente

Immobile, dois tentos contra o Milan, iinutilmente

@Serie A Calcio

MILAN (34/1) 3 X 2 (21/8) LAZIO
Rebic, Calhanoglou/pen, Theo Hernández X Immobile/2

Sim, uma rima terrível. Mas, quem não tem Ibrahimovic, se deleita com Ante Rebic, um croata cuja testada potente inaugurou o resultado e permitiu que os “tifosi” do Milan se esquecessem do “cannoniere” bósnio-sueco. Só que a Lazio tem um Immobile que, ao oposto da insinuação do sobrenome, sabe se mexer admiravelmente. Graças a ele, a “Aguia” ameaçou bastante o “Diavolo” no tempo final. Sofreria, todavia, o tento de Theo Hernández aos 92’.

NAPOLI (25/5) 1 X 1 (8/20) TORINO
(Insigne X Izzo)

Pobre “Burro” da Terra da Pizza. Desperdiçou a chance de assumir a terceira posição na tabela. Pobre “Toro” do Piemonte, aceitou o empate do anfitrião nos acréscimos e agora amarga a rabeira da classificação.

ROMA (27/3) 3 X 2 (14/15) CAGLIARI
Veretout, Dzeko, Mancini X João Pedro/2/1pen

Cotejo monótono, 1 X 1, até os 70’. Então, os dois times se lançaram ao ataque. A “Loba” chegou a manter 3 X 1 até o penal que, aos 92, permitiu ao Cagliari encurtar a distância. De todo modo, a Roma em terceiro lugar.

SAMPDORIA (17/11) 2 X 3 (16/4) SASSUOLO
Quagliarella, Baldé X Traoré, Caputo, Berardi

Prélio agitado no Ferraris da capital da Ligúria. O ótimo ataque do Sassuolo compensou a fragilidade da sua retaguarda e lhe propiciou celebrar as festas de desfecho de ano na Bota em uma honrosa quarta colocação.


Os outros jogos da jornada 14:

O Crotone, enfim livre da lanterninha na classificação

O Crotone, enfim livre da lanterninha na classificação

@ChampionsLeague

CROTONE (9/18º lugar) 2 X 1 PARMA (12/16)
SPEZIA (11/17) 1 X 2 (10/18) GENOA
UDINESE (15/12) 0 X 2 (18/10) BENEVENTO


Os jogos da rodada 15, dia 3/1/2021:

INTERNAZIONALE X CROTONE
ATALANTA X SASSUOLO
CAGLIARI X NAPOLI
FIORENTINA X BOLOGNA
GENOA X LAZIO
PARMA X TORINO
ROMA X SAMPDORIA
SPEZIA X VERONA
BENEVENTO X MILAN
JUVENTUS X UDINESE


Gostou? Clique num dos ícones para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, use máscara. E fique com o meu abração virtual! Obrigadíssimo

Últimas