Silvio Lancellotti Na Justiça, Neymar e o CR7, as semelhanças e as diferenças

Na Justiça, Neymar e o CR7, as semelhanças e as diferenças

As complicações que envolvem os dois jogadores, acusados de agressão e de estupro, e o brasileiro, pior, de bens bloqueados por sonegação fiscal

O CR7 e Neymar, nos tempos de Real Madrid X PSG

O CR7 e Neymar, nos tempos de Real Madrid X PSG

R7 Esportes

Qualquer semelhança não é mera coincidência. De fato, evidentemente, embora a parecença não seja proposital, impressiona de que forma se aproximam os fatos que envolvem dois dos jogadores de Futebol muito famosos pela sua qualidade nos gramados, competidores diretos, desde 2013, quando o brasileiro Neymar da Silva Santos Júnior chegou à Europa. Ele, que jamais conquistou o galardão de melhor do mundo, e o português Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro, cinco vezes o ganhador do laurel.

Neymar, mais uma contusão no pé direito

Neymar, mais uma contusão no pé direito

Lance!

Além de padecer com mais uma lesão em seu pé direito, trauma que o afastou da atual Copa América, o brasileiro sofre com as denúncias, de agressão e estupro, desferidas por Nájila Trindade Mendes de Souza, depois de um par de encontros, em Paris, nos dias 15 e 16 de Maio. Recém-vencedor da novíssima Nations League da Europa, o CR7 se debate com um caso ainda mais antigo, embora também uma acusação de estupro, movida por uma norte-americana de nome Kathryn Mayorga, em 12 de Junho de 2009, num hotel de Las Vegas, EUA, durante as férias de Verão do Hemisfério Norte.

Nájila Trindade

Nájila Trindade

Record TV

Neymar e o CR7 não negam o chamado intercurso sexual mas repudiam a ocorrência de agressão e de estupro. Em ambos os episódios as presumidas vítimas exibiram como prova laudos médicos efetuados a uma razoável distância da data crucial. Nájila e Kathryn trocaram de advogados diversas vezes. Em ambas as situações, os representantes de ambas as partes se reuniram formalmente. Os patronos de Kathryn inclusive aceitaram a proposta do pagamento de US$ 375 mil para que ela não acionasse o CR7, e que não considerasse tal grana como um suborno e nem mesmo como uma admissão de culpa. Tudo por escrito. E todavia, em Setembro de 2018 a séria “Der Spiegel”, uma revista semanal da Alemanha, publicou as suas queixas.

O CR7 e Kathryn Mayorga em Las Vegas

O CR7 e Kathryn Mayorga em Las Vegas

Reprodução

Num processo que se arrasta penosamente, muito mais para Kathryn do que para o CR7, nesta segunda-feira, 17 de Junho de 2019, os advogados do craque da Juventus de Turim desfraldaram o seu contra-ataque. A legislação dos EUA não permite arrazoados acima de 24 páginas e, no entanto, aceitou um documento de 46, com respostas às 11 reclamações de Kathryn – que, depois de protestar por agressão e por estupro, incluiu o assédio psicológico, a coerção, a difamação etcetera. Um tribunal de Nevada, o Estado em que fica Las Vegas, optou por interromper o processo com uma curiosa observação: “A dificuldade de se notificar o Sr. Aveiro”, como se o CR7 fosse um anônimo de localização impossível. E a causa se transfere às cortes da Justiça da Bota.

Kathryn Mayorga

Kathryn Mayorga

Reprodução

Leslie Mark Stovall, “lawyer” remanescente de Kathryn, já se manifestou desanimado: “A nossa é uma causa bem complicada. Não me surpreenderei se as cortes, agora, acolherem a posição da defesa”. Sempre discreto, o CR7 não se manifestou. Em sua página do Twitter, as imagens mais recentes ainda refletem a sua alegria pela conquista da Nations League, dia 9 de Junho, ele e a mãe Dolores,  e as suas saudades dos filhotes gêmeos Eva e Mateo, que completaram os três de idade exatamente durante a competição.

Mateo e Eva, no Twitter do CR7

Mateo e Eva, no Twitter do CR7

@Ronaldo

Enquanto isso, no Brasil, a delegada Juliana Bussacos, da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, onde se lavrou o BO de acusação de Nájila, peleja para entender e montar um quebra-cabeça com as sete peças oferecidas por ela em sua denúncia, e mais sete entregues por Neymar em sua defesa, as quais, obviamente, ostensivamente, logicamente, claro, não se encaixam.

O Júnior e o Neymar pai

O Júnior e o Neymar pai

R7 Esportes

Ao mesmo tempo, acuados pela Receita Federal num caso de sonegação, Neymar & Família acabam de saber que 36 dos seus imóveis, num valor estimado em R$ 69 mi, acabam de ser bloqueados pela Justiça. Para agravar  mais o quadro, o seu clube na França, o PSG, também acaba de informar que não se oporá a uma transferência do craque por quem pagou o equivalente a R$ 830 mi e que não conseguiu levar o clube ao título da Champions.


Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Twittar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Muito obrigado. E um grande abraço!