Silvio Lancellotti Na Europa o Futebol não para. E vem aí a terceira Nations League

Na Europa o Futebol não para. E vem aí a terceira Nations League

Em quatro níveis, com promoção e rebaixamento, a inter-seleções bi-anual da UEFA se destina a mobilizar, principalmente, as menos cotadas, Aqui, o resultado do sorteio para a edição de 2022/2023.

Como serão as quatro chaves da Divisão A, a principal

Como serão as quatro chaves da Divisão A, a principal

@UEFA

Em Setembro de 2018, menos de dois meses depois de se encerrar a Copa da Rússia, quando a UEFA, entidade que administra o Futebol no Velho Continente, inaugurou a sua Nations League, ou Liga das Nações, todo o resto do planeta ludopédico respondeu com muxoxos de desprezo e até mesmo com irritação. Apoiada na sua petulância de dona de todas as verdades a Europa havia inventado uma nova competição exclusivamente para desfrutar, ela, a UEFA, sozinha, as chamadas “Datas FIFA”, costumeiramente reservadas às eliminatórias regionais ou às excursões de caça-níqueis das sul-americanas.

Algumas das bolas do sorteio

Algumas das bolas do sorteio

@UEFA

Verdade. Uma verdade absoluta e indebatível. Graças à Nations League, uma disputa paralela à sua clássica, antológica Eurocopa, a entidade, de fato, encontrou uma formulação estratégica para mobilizar, equilibradamente, todas as 55 seleções de suas afiliadas. Separadas em quatro níveis, conforme um ranking prévio, na NL as seleções primeiro disputam um campeonato normal. Na Divisão A, em quatro chaves, as 16 melhores. Na Divisão B e na C, as subsequentes 16 e 16. Então, na D, as sete derradeiras, num grupo de quatro e outro de três. Projeto engenhoso, que estabelece, ainda, um regime democrático de acessos e de rebaixamentos. E se sucedem desdobramentos efetivamente empolgantes.

Mbappé e Benzema, campeões da segunda edição da NL

Mbappé e Benzema, campeões da segunda edição da NL

@UEFA

Portugal levantou a primeira edição. E a França ficou com a taça da segunda. Na qual, da Divisão A para a B, caíram quatro seleções: a Bósnia e Herzegovina, a Islândia, a Suécia e a Ucrânia. Também quatro da B para a C: a Irlanda do Norte, a Eslováquia, a Turquia e a Bulgária. E as últimas quatro da C, Chipre X Estônia, Moldávia X Cazaquistão, se defrontarão em dois jogos, de ida e volta, em 24 e 29 de Março de 2022, para a definição das que, na terceira edição, estarão, na D, Subiram da B para a A: a Áustria, a Hungria, a República Tcheca e Gales. Subiram da C à B a Albânia, a Armênia, a Eslovênia e Montenegro. E ainda ascenderam, da D para a C, Far Oer e Gibraltar, na verdade dependências da Dinamarca e da Grâ-Bretanha, com uma inédita chance de batalhar entre elencos superiores.

A NL e os "playoffs" das Eliminatórias da Copa do Catar

A NL e os "playoffs" das Eliminatórias da Copa do Catar

@UEFA

Bastaria essa condição para atestar a adequação da NL: o intercâmbio saudável, justo e digno, que propicia àqueles supostamente mais fracos a possibilidade do crescimento. Também existe, porém, outra peculiaridade. A sua edição número dois permitiu que duas equipes, já despedidas nas Eliminatórias da Copa do Catar, ganhassem sobrevida em uma repescagem: caso da Áustria e da República Tcheca, envolvidas nos mata-matas decisivos que se realizarão de 24 até 29 de Março. A Nations se tornou tão importante para a UEFA que, nesta quinta-feira, 16 de Dezembro, na sua sede de Nyon, Suíça, a entidade já realizou o sorteio das chaves que se distribuirão em cada Divisão, de A a D. Os potes do sorteio, de forma dirigida, claro, hierarquizaram as seleções de acordo com um ranking fundamentado nas performances anteriores das 55 seleções. Eis como ficaram todas as chaves:

As quatro séries e as suas chaves respectivas

As quatro séries e as suas chaves respectivas

@UEFA

DIVISÃO A
Grupo 1
França, Dinamarca, Croácia, Áustria
Grupo 2
Espanha, Portugal, Suíça, República Tcheca
Grupo 3
Itália, Alemanha, Inglaterra, Hungria
Gripo 4
Bélgica, Holanda, Polônia, Gales


DIVISÃO B
Grupo 1
Ucrânia, Escócia, República da Irlanda, Armênia
Grupo 2
Islândia, Rússia, Israel, Albânia
Grupo 3
Bósnia e Herzegovina, Finlândia, Romênia, Montenegro
Grupo 4
Suécia, Noruega, Sérvia, Eslovênia


DIVISÃO C
Grupo 1
Turquia, Luxemburgo, Lituânia, Ilhas Far Oer
Grupo 2
Irlanda do Norte, Grécia, Kosovo, Chipre/Estônia
Grupo 3
Eslováquia, Belarus, Azerbaidjão, Cazaquistão/Moldávia
Grupo 4
Bulgária, Macedônia do Norte, Geórgia, Gibraltar


DIVISÃO D
Grupo 1
Liechtenstein, Cazaquistão/Moldávia, Andorra, Letônia
Grupo 2
Malta, Chipre/Estônia, San Marino

Detalhe da taça magnífica da NL

Detalhe da taça magnífica da NL

@UEFA

As seleções de cada uma das chaves, em cada Divisão, se digladiarão, em dois turnos, cotejos de ida e volta, pontos corridos, entre Junho e Setembro de 2022. Os respectivos vencedores das quatro chaves da Divisão A, daí, brigarão pelo título, em mata-matas, em sede única ainda não estabelecida, de 14 a 18 de Junho de 2023. Em cada outra das séries, da B à D, os ganhadores das quatro chaves subirão ao degrau de cima. Cairão às séries imediatamente inferiores, da A à B e da B à C, os últimos classificados de cada grupo. No caso da C para a D, os quatro rabeiras ainda enfrentarão mata-matas suplementares, dos quais dois se safarão. Detalhe: a UEFA ainda não determinou de que maneira esta edição da NL servirá de trampolim para a classificação à futura Eurocopa/2024.


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas