Silvio Lancellotti Manchester City X Chelsea, uma decisão britânica para a Champions

Manchester City X Chelsea, uma decisão britânica para a Champions

Em 66 edições da grande competição da Europa, e do mundo, a oitava final entre agremiações de um mesmo país, a terceira entre clubes da Inglaterra. O Chelsea já tem um título. O City, nenhum.

Um pôster da decisão, no Twitter da UEFA

Um pôster da decisão, no Twitter da UEFA

@ChampionsLeague

Bem que a Covid-19 atrapalhou, e bastante. Para este sábado, o dia 29 de Maio, a UEFA, entidade que organiza o Futebol no Velho Mundo, havia programado o Ataturk Olympic de Istambul, Turquia, como sede da final da sua competição mais significativa, a 66ª edição da Liga dos Campeões da Europa, a “Champions League” de 2020/2021, um desafio britânico, integralmente, entre Manchester City, ou "Citizens", e Chelsea de Londres, ou "Blues".

Um ingresso inútil para a final que não houve, no Ataturk

Um ingresso inútil para a final que não houve, no Ataturk

@ChampionsLeague

No entanto, por causa da extensão da pandemia o Governo de Sua Majestade vetou as viagens dos seus súditos até as plagas dos otomanos. E a UEFA se obrigou a definir um outro endereço, no caso o Estádio do Dragão, no Porto, em Portugal, capacidade de 50.033 torcedores. As autoridades lusitanas permitiram a venda de 1/3 dos lugares disponíveis. E já na terça-feira, dia 25,  todos os 16.650 ingressos foram integralmente vendidos.

O estádio do Dragão, no Porto, em Portugal

O estádio do Dragão, no Porto, em Portugal

@UEFA2020

Os “Citizens” jamais arrebataram a taça da “Champions”. O Chelsea, todavia, levantou o troféu numa ocasião, em 2011/2012. Tinha se igualado ao Bayern, pugna bem acirrada, 1 X 1 nos 90’ e nos 30’ da prorrogação. Então, venceu a loteria dos penais, 4 X 3. Originalmente apenas Copa dos Campeões, a competição data de 1955. O fim da União Soviética, mais o estilhaçamento da Iugoslávia, com o surgimento de duas ezenas de novos países no continente, compeliu a UEFA a ampliá-la e alterar o seu nome para Liga dos Campeões.

Na "Champions", os últimos 31 ganhadores

Na "Champions", os últimos 31 ganhadores

@ChampionsLeague

Hoje na sua 29ª temporada com o batismo novo, esta edição da Liga dos Campeões se iniciou, em 8 de Agosto de 2020, com 79 agremiações de 54 das 55 afiliadas da UEFA. A única exceção: Liechtenstein, cujos times participam dos torneios da Suíça. Curiosamente, as Ilhas Far Oer e Gibraltar, que integram a Dinamarca e a Inglaterra, já dispõem das suas próprias federações e por isso encaixaram seus próprios representantes entre os 79.

Os últimos 16 capitães

Os últimos 16 capitães

@ChampionsLeague

Até a decisão do Dragão, ocorreram 51 mata-matas de eliminatórias, os 96 combates do Grupo A até o H, os 16 cotejos das oitavas de final, os oito das quartas e mais os quatro das semifinais, num total de 174 prélios em que se registraram 509 gols, a média de 2,92. O público? Aqui e ali a pandemia permitiu ousadias e 165.939 espectadores viram os duelos. Média insignificante, 1.338 fanáticos. Eis as fichas técnicas dos disputantes da decisão:

Guardiola X Tuchel

Guardiola X Tuchel

@ChampionsLeague

MANCHESTER CITY X CHELSEA
Istambul, Turquia, Ataturk Olympic Stadium
Balanço: 167jog = 58MC/40emp/69Che – 216 X 232
Na UEFA: 2jog = 0MC/0emp/2Che – 2 X 0

Os "Citizens"

Os "Citizens"

@ManCity

MANCHESTER CITY (Inglaterra)
Ranking: 3
Fundação: 1894
Apelido: “The Citizens”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: semi em 2016, eliminado pelo Real Madrid/Esp
Última LC: quartas, eliminado pelo Lyon/Fra
Nesta LC, Grupo C: 6jog = 5vit/1emp/0der – 13gp X 1gc
Oitavas de final: Borussia Moenchengladbach/Ale, 2 X 0 (f) e 2 X 0 (c)
Quartas de final: Borussia Dortmund/Ale, 2 X 1 (c) e 2 X 1 (f)
Semifinal: PSG/Fra, 2 X 1 (f) e 2 X 0 (c)
Resumo: 12jog = 11vit/1emp/0der – 25gp X 4gc

Treinador: Pep Guardiola, 50 anos
Artilheiros: Ferrán Torres e Riyad Mahrez, 4 tentos

Os "Blues"

Os "Blues"

@ChelseaFC

CHELSEA (Inglaterra)
Ranking: 12
Fundação: 1905
Apelido: “The Blues”
Títulos nacionais: 6
Melhor LC: campeão em 2012
Última LC: oitavas, eliminado pelo Bayern/Ale
Nesta LC, Grupo E: 6jog = 4vit/2emp/0der – 14gp X 2gc
Oitavas de final: Atletico de Madrid/Esp, 1 X 0 (f) e 2 X 0 (c)
Quartas de final: Porto/Por, 2 X 0 (f) e 0 X 1 (c)
Semifinal: Roma/Ita, 6 X 2 (f) e 2 X 3 (c)
Resumo: 10jog = 7it/2emp/1der – 19gp X 3gc

Treinador: Thomas Tuchel, 47 anos
Artilheiro: Olivier Giroud, 6 tentos

O City, a taça e o Chelsea

O City, a taça e o Chelsea

@ChampionsLeague

No seu único mata-mata da História dos interclubes da UEFA, em 1970/1971, na hoje extinta Copa dos Vencedores de Copas, uma competição absorvida pela Liga Europa, os “Blues” ganharam os dois jogos da semifinal. E já participaram duas vezes da decisão. Em 2007/2008, perderam o título para o Manchester United, resultado de 1 X 1 no tempo regulamentar e na prorrogação, e de 5 X 6 nos penais. Bateram o Bayern em 2011/2012.

Guardiola, com o Barcelona de 2008/2009

Guardiola, com o Barcelona de 2008/2009

@FCBarcelona

Pep Guardiola, o treinador dos “Citizens”, corre em busca do terceiro troféu. Venceu a “Champions” com o Barcelona em 2008/2009 e logo depois em 2011/2012. Caso conquiste a taça, será o sexto a levantá-la por dois clubes diferentes. Como Jupp Heynckes (Real Madrid e Bayern), Ernst Happel (Feyenoord e Hamburgo), Carlo Ancelotti (Milan e Real Madrid), José Mourinho (Porto e Internazionale) e Ottmar Hitzfeld (Dortmund e Bayern).

Carlo Ancelotti, com o Milan de 2006/2007

Carlo Ancelotti, com o Milan de 2006/2007

@MilanFC

Pep Guardiola ainda poderá ser o quarto "mister" além de Carlo Ancelotti, a acumular três “Champions” em seu currículo. Integram essa seleção: Zinedine Zidane, todas com o Real Madrid, e Bob Paisley, com o Liverpool. Thomas Tuchel, hoje no Chelsea, tenta o resgate da tristeza da final imediatamente anterior, de 2019/2020, o seu PSG superado pelo Bayern. E esta será a oitava decisão entre duas agremiações de mesmo país. Eis as sete anteriores:

1999/2000 – Real Madrid 3 X 0 Valencia
Paris, França, Stade de France

Gols: Morientes, MacManaman, Raúl

2002/2003 – Milan 0 X 0 Juventus (3 X 2)
Manchester, Inglaterra, Old Trafford

Nos penais: Trezeguet (J, errou), Serginho (M, gol), Birindelli (J, gol), Seedorf (M, errou), Zalayeta (J, errou), Kahka Kaladze (M, errou), Montero (J, errou), Nesta (M, acertou), Del Piero (J, acertou), Shevchenko (M, acertou)

O Manchester United de 2007/2008

O Manchester United de 2007/2008

@ManUtd

2007/2008 – Manchester United 1 X 1 Chelsea (6 X 5)
Moscou, Rússia, Luzhniki Stadium

Gols: Cristiano Ronaldo X Lampard
Nos penais: Tevez (M, acertou), Ballack (C, acertou), Carrick (M, acertou), Belletti (C, acertou), Cristiano Ronaldo (M, errou), Lampard (C, acertou), Hargreaves (M, acertou), Ashley Cole (C, errou), Nani (M, acertou), John Terry (C, errou), Anderson (M, acertou), Kalou (C, acertou), Ryan Giggs (M, acertou, Anelka (C, errou)

2012/2013 – Bayern 2 X 1 Borussia Dortmund
Londres, Inglaterra, Wembley

Gols: Mandzukic, Robben X Gundogan

2013/2014 – Real Madrid 4 X 1 Atlético de Madrid
Lisboa, Portugal, Estádio da Luz

Gols no tempo normal: Sérgio Ramos X Godin
Na prorrogação: Bale, Marcelo, Cristiano Ronaldo

O Real Madrid de 2013/2014

O Real Madrid de 2013/2014

@realmadrid

2015/2016 – Real Madrid 1 X 1 Atl. de Madrid (5 X 3)
Milão, Itália, Stadio di San Siro

Gols no tempo normal: Sérgio Ramos X Carrasco
Nos penais: Lucas Vazquez (R. acertou), Griezmann (A, acertou), Marcelo (R, acertou), Gabi (A, acertou), Bale (R, acertou), Saúl Ñiguez (A, acertou), Sérgio Ramos (R, acertou), Juanfrán (A, errou), C. Ronaldo (R, acertou)

2018/2019 – Liverpool 2 X 0 Tottenham
Madrid, Espanha, Wanda Metropolitano

Gols: Salah/pen, Origi

A medalha comemorativa de 2020/2021

A medalha comemorativa de 2020/2021

@ChampionsLeague

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas