Silvio Lancellotti Graças ao Ibra, o MIlan preserva a sua liderança no Italiano 2020/21

Graças ao Ibra, o MIlan preserva a sua liderança no Italiano 2020/21

Com um gol nos acréscimos, o seu sétimo em quatro jogos no campeonato, o sueco carrega o seu clube, na Bota, mas também precisa ser eficiente na UEFA

A acrobacia do Ibra, e o gol da vitória do Milan, bem nos acréscimos

A acrobacia do Ibra, e o gol da vitória do Milan, bem nos acréscimos

@ACMilan

Fuso de Pré-Inverno na Velha Bota, começam mais cedo, por lá, as partidas do Campeonato Italiano de 2020/2021, menos uma hora de diferença em relação aos relógios cá do Brasil. E, por isso, nesta manhã inesperadamente fria de Primavera no Hemisfério Sul, quem quis testemunhar, via TV, o desafio mais importante da rodada de número 6 do torneio do “Calcio”, na Série A, precisou escapulir mais cedo do aconchego quentinho da cama e das cobertas.

A festa do Milan na Dacia Arena de Ùdine, 2 X 1 na Udinese

A festa do Milan na Dacia Arena de Ùdine, 2 X 1 na Udinese

@ACMilan

Precisamente às 12h30 na Dacia Arena de Ùdine, o novo batismo do Stadio Friuli, ou às 8h30 por aqui, o mediador Marco Di Bella trilou o apito inicial para o duelo entre a Udinese, que tinha 3 pontos e batalhava para abandonar a zona de rebaixamento à Série B, e o Milan, que tinha 13 e procurava se preservar no topo da tabela. Stefano Pioli, o treinador do “Diavolo”, todo de verde, mesmo de olhar apontado ao prélio contra o Lille da França, pela Liga Europa, no dia 5, não poupou ninguém. O Milan, todavia, necessitou de uma acrobacia, uma bicicleta, de Ibrahimovic, já nos acréscimos, para vencer por 2 X 1, no sétimo tento do artilheiro falastrão deste Campeonato.

Muriel, um dos goleadores colombianos da Atalanta

Muriel, um dos goleadores colombianos da Atalanta

@Atalanta_BC

A “giornata”, na verdade, já havia principiado no sábado, o último dia de Outubro, com os dois cotejos das equipes “nerazzurre” da Lombardia, a Internazionale de Milão e a Atalanta de Bérgamo, cidades separadas por menos de 60 quilômetros de auto-estrada impecável. E se portou muito melhor a “Deusa” de Gian Piero Gasperini, que desceu ao Sul da Bota e sem percalços fez 2 X 1 no Crotone, depois de abrir 2 X 0, tentos de Muriel, um de seus colombianos, agora 4 na lista de “marcatori”. Duván Zapata, o outro, tem 2. Seis tentos, quase 1/3 do total da Atalanta, 17, média de 2,83 e a melhor ofensiva do campeonato. A “Deusa”,12 pontos, ocupa a quarta posição.

Pela TV, Luca Pairetto anuncia que não poderá apitar Inter X Parma

Pela TV, Luca Pairetto anuncia que não poderá apitar Inter X Parma

#InterParma

No Giuseppe Meazza a “Biscione”, a serpente mitológica de Milão, o inquieto Antonio Conte no seu comando, se limitou a um medíocre empate “casalingo”, Na verdade, a Inter perdia por 0 X 2 e somente igualou nos acréscimos, um lance de bola parada, esbarrão de Pezzella em Perisic que o árbitro Marco Piccinini considerou faltoso. Ironia: seria Luca Pairetto o mediador, não se contundisse durante o seu aquecimento. Piccinini fôra escalado apenas como o “quarto uomo”. Kolarov cobrou e Perisic testou, 2 X 2, sem chance para o arqueiro Sepe. Agora 11 pontos, a Inter está fora da "Zona Champions”.

Perisic, de cabeça, faz Inter 2 X 2 Parma

Perisic, de cabeça, faz Inter 2 X 2 Parma

@Inter

No transcorrer desta “domenica”, dia 1ª de Novembro, a sequência de porfias se intrometeu significativamente no topo da classificação. Pouco após o sucesso sufocante do Milan, no Nordeste da Bota, do outro lado, no Noroeste, diante do Spezia, a Juventus chegou a cravar 1 X 0 com Morata logo aos 14’. O ibérico, porém, especialista em impedimentos, de novo em situações de irregularidade, duas vezes evitou que a vantagem crescesse. O Spezia igualou. E só no segundo tempo, com o retorno de Cristiano Ronaldo, que registrou dois tentos, um deles de penal, fez 4 X 1 e foi aos 12 pontos, o terceiro posto.

Cristiano Ronaldo, voltou ao time e já anotou dois tentos

Cristiano Ronaldo, voltou ao time e já anotou dois tentos

@JuventusFC

E houve ainda um duelo importantíssimo, confronto direto pela segunda colocação, no San Paolo da Terra da Pizza, onde o Napoli, que tinha 11 pontos e a expectativa de uma exibição talvez produtiva, recebeu a visita do Sassuolo, também 11. Os torcedores do “Burro” reclamarão eternamente do árbitro Maurizio Mariani e do VAR, os responsáveis pelo penal, esbarrão de Di Lorenzo em Raspadori, que redundou no 1 X 0, conversão precisa de Manuel Locatelli. Então, apesar de toda a sua pressão, o Napoli não conseguiu a “rete” salvadora e, já quase aos 95’, num contra-ataque básico, de cartilha, Lopez levou o Sassuolo aos 2 X 0 e à inesperadíssima vice-liderança.

Sassuolo, o placar de 2 X 0 em Nápoles e a inesperada vice-liderança

Sassuolo, o placar de 2 X 0 em Nápoles e a inesperada vice-liderança

@USSassuolo

Como a Inter, também o Napoli, 11 pontos, estaria fora da “Zona Champions”. Mau augúrio para o “Burro” que vai à Croácia desafiar o Rijeka pela Liga Europa. E os clubes da capital, a Lazio e a Roma, embora ganhadores, ainda permaneceram distantes das vagas proporcionadas pelos eventos da UEFA. Ambos ganharam, respectivamente, de Torino e Forentina,  4 X 3 e 2 X 0. Ambos aqueceram os motores para a “settimana” da Europa, a “Aguia” diante do Zenit, na Rússia, pela LC. A “Loba” diante do Cluj, da Romênia, pela LE. Mas, hoje nos 10 e nos 11 pontos, não sairiam da Bota em 2021/2022.


Gostou? Clique num dos ícones para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, use máscara. E fique com o meu abração virtual! Obrigadíssimo!

Últimas