Dentro de casa, a Internazionale e o Ajax ficam fora da Champions 2020

Napoli, Liverpool, Borussia Dortmund, Lyon, Valencia e Chelsea são os seis clubes que, nesta terça, dia 10, se promoveram às oitavas

A celebração da classificação na liderança

A celebração da classificação na liderança

@OfficialSSCNapoli

Do Grupo E até o Grupo H, terminou, nesta terça-feira, dia 10 de Dezembro, a fase de promoção às oitavas-de-final da Champions League de 2019/20. Agora já são 14 os clubes incluídos na relação dos 16 que estarão, entre 18 e 28 de Fevereiro, na primeira etapa dos mata-matas da competição. Seguem adiante o Napoli, o Liverpool, o Borussia Dortmund, o Lyon, o Valencia e o Chelsea. Tais times se agregam aos oito antecipadamente qualificados: Barcelona, Bayern, Juventus, Leipzig, Manchester City, PSG, Real Madrid e Tottenham. A definição dos dois restantes acontecerá nos combates desta quarta, dia 11.
 

A celebração do Liverpool, fora de seus domínios

A celebração do Liverpool, fora de seus domínios

@LFC

Inaugurada, em 1955/56, com o nome de Champions Cup, atualmente na sua 65ª edição, em 1993 a competição se transformou em Champions League e assumiu uma nova formatação, hoje na sua 28ª temporada. Modernizou-se e incorporou diversos clubes além daqueles ganhadores de seus respectivos certames nacionais. Trata-se de quadros selecionados de acordo com um ranking que considera as performances, nos cinco anos recentes, das 55 afiliadas da UEFA e de suas agremiações, e que determina o número de times que cada qual poderá inscrever na temporada subsequente.

A magnífica taça da Champions

A magnífica taça da Champions

UEFA

Esta CL, aberta em 25 de Junho, prosseguirá até o dia 20 de Maio de 2020, com a final, em jogo único, no Ataturk Olympic de Istambul, Turquia. Principiou com 79 clubes, 26 pré-qualificados à fase de chaves e 53 envolvidos em uma série de eliminatórias, total de 91 jogos, 240 tentos, média de 2,64. Seis elencos sobreviveram e se agregaram àqueles 26. Ou, os melhores 32, separados em oito chaves, desafios de turno e returno, ida e volta.

À espera do sorteio, no dia 16

À espera do sorteio, no dia 16

UEFA

Nos 88 combates até aqui, das chaves, houve 282 gols, a média de 3,20. Incluída a fase preliminar, um total de 179 cotejos e de 522 tentos, média de 2,92. Exatas 3.896.056 pessoas testemunharam os 88 prélios da fase de chaves, a média de 44.272. Os times que ficarem no terceiro lugar se consolarão numa repescagem da Europa League. Um sorteio, marcado para o dia 16, em Nyon, sede da UEFA, a entidade que administra o Futebol no Velho Continente, definirá os emparceiramentos. Os líderes de cada grupo atuarão em casa nas suas partidas de volta. E não haverá combates entre duas agremiações de uma mesma nação. Eis a síntese das oito chaves.

A justíssima euforia de Milik

A justíssima euforia de Milik

@OfficialSSCNapoli

GRUPO E

Napoli 4 X 0 Genk
Stadio San Paulo, Nápoles, 22.265 espectadores

(Milik/3/1pen, Mertens/pen)
Logo aos 3’ o panzer polonês Arkadiusz Milik definiu as intenções ofensivíssimas do treinador Carlo Ancelotti, disposto a não se arriscar a uma surpresa. De todo modo, a retaguarda do “Burro” da Terra da Pizza fraquejou em situações ginasianas e o Genk assustou bastante até que o mesmo Milik dobrasse aos 26’. Depois, ambos de penal, o polonês e Mertens escancararam a folga e, ao menos nesta data, acalmaram a torcida que pressiona pela saída de Carletto e pela sua substituição por Gennaro Gattuso, ex-Milan. Irritado, principalmente com a Famiglia De Laurentiis, dos cineastas/proprietários do clube, ao final do prélio o "mister" se demitiu. Os De Laurentiis ainda ousaram afimar que mandaram Carletto embora. Não é verdade, posso garantir,

RB Salzburg 0 X 2 Liverpool
Red Bull Arena, Salzburgo, 29.520 espectadores

(Keita, Salah)
O time da Terra das Valsas não aproveitou placar de 3 X 4 que havia arrancado na Terra dos Beatles e que levaria à sua promoção com um triunfo qualquer em sua Arena. Em meros 60 segundos, dos 58 aos 59’, graças a Keita e a Salah o Liverpool abiscoitou, na liderança, a sua promoção às oitavas.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Liverpool FC (Ing)

13pts – 6j/4v/1e/1d = 13gp/8gc
2 – SSC Napoli (Ita)
12pts – 6j/3v/3d/0e = 11gp/4gc
3 – FCRB Salzburg (Aus)
7pts – 6j/2v/1e/3d = 16gp/13gc
4 – KRC Genk (Bel)
1pts – 6j/0v/1e/5d = 5gp/20gc

Ansu Fati, do Barça, o mais jovem a anotar um gol na Champions

Ansu Fati, do Barça, o mais jovem a anotar um gol na Champions

@FCBarcelona

GRUPO F
Internazionale 1 X 2 Barcelona

Stadio Giuseppe Meazza, Milão, 71.818 espectadores
(Lukaku X Carlos Pérez, Ansu Fati)

Borussia Dortmund 2 X 1 Slavia Praga
Signal Iduna Park, Dortmund, 65.079 espectadores

(Sancho, Brandt X Soucek)

Já nas oitavas o Barcelona, numa postura que obviamente encantou Antonio Conte, o seu adversário da Inter, e que evidentemente enfureceu Lucien Favre, o seu correlato do Borussia, o impávido Ernesto Valverde, treinador dos catalães, colocou no gramado, na capital da Lombardia, um onze basicamente reserva. A “Biscione” de Milão, de todo modo, não soube desfrutar a aparente facilidade e foi humilhada, dentro de casa, pela vibração do Barça.

O artilheiro Lukaku desperdiçou três oportunidades de abrir uma vantagem e, pior, aos 10’, a Inter principiou a se enfezar quando, no Iduna, a “Muralha Amarela” fez 1 X 0 através de Sancho. Então, aos 23’, uma tragédia se anunciou quando Carlos Pérez recebeu um passe crucial de Griezmann, um dos raros experientes em campo pelo “Blaugrana” de amarelo, e realizou 1 X 0, o seu primeiro gol pelo Barça no seu primeiro combate internacional.

Uma das infinitas chances que Lukaku detonou

Uma das infinitas chances que Lukaku detonou

@Inter

A tempestade pareceu se acalmar bem no finalzinho do primeiro tempo de cada pugna. Nos entornos dos 44’, em Milão e em Dortmund brotaram os tentos da igualdade, o de Lukaku pela Inter e o de Soucek pelo Slavia. Acabaria a aflição da “Biscione”? Não. Com 10 tentos no Italiano da temporada, o tanque belga apenas havia realizado 2 na Champions. E mais, além dos perdidos nos 45’, exagerou no retorno do intervalo, outros 3 “sprecati” até os 70’. E o sucesso se tornou compulsório para a Inter quando, no seu Iduna, através de Brandt, impositivo, incisivo, o Borussia fez 2 X 1.

Por volta dos 80’, se multiplicou a angústia dos fãs da “Biscione”. Teve dois tentos anulados, corretamente, pelo VAR. E Weigl, do Borussia, foi expulso em Dortmund, a “Muralha” reduzida a dez homens. Nada de esperança, contudo. Pobres fãs, abandonariam o seu Meazza aos 87’ quando Ansu Fati, de Guiné Bissau, colocou os visitantes na frente. Recorde antológico o de Ansu Fati, o mais jovem atleta a inscrever o seu nome em toda a história da Champions: nasceu em 31 de Outubro de 2002, fazia exatos 17 anos e 40 dias...

CLASSIFICAÇÃO
1 – FC Barcelona (Esp)

14pts – 6j/4v/2e/0d = 9gp/4gc
2 – BVB Borussia Dortmund (Ale)
10pts – 6j/3v/1e/2d = 8gp/8gc
3 – FC Internazionale (Ita)
7pts – 6j/2v/1e/3d = 10gp/9gc
4 – SC Slavia Praga (Tch)
2pts – 6j/0v/2e/4d = 4gp/10gc

O momento em que Forsberg converte o seu penal

O momento em que Forsberg converte o seu penal

@DieRotenBullen

GRUPO G
Lyon 2 X 2 RB Leipzig

Groupama Stadium, Lyon, 53.288 espectadores
(Aouar, Depay X Forsberg/pen, Werner/pen)

Benfica 3 X 0 Zenit
Estádio da Luz, Lisboa, 40.232 espectadores

(Cervi, Pizzi/pen, Azmoun/con)

Duas consultas pelo VAR, aos 9’ e aos 33’, ameaçaram simplificar as definições das vagas deste Grupo G. Em ambas, cobranças de penalidades máximas, com Forsberg e com Werner, o Leipzig estabeleceu 2 X 0 sobre o Lyon, na capital da Alta Gastronomia da França, se garantiu na liderança e paralelamente tranqüilizou o Zenit, a quem bastaria, então, a igualdade original em Lisboa. Depressa, porém, tudo mudou, por causa do empate do Lyon e da vitória do Benfica. No fim das contas, nem Europa League o Zenit pegou.

CLASSIFICAÇÃO
1 – RB Leipzig (Ale)

11pts – 6j/3v/2e/1d = 10gp/8gc
2 – Olympique Lyonnais (Fra)
8pts – 6j/2v/2e/2d = 9gp/8gc
3 – SL Benfica (Por)
7pts – 6j/2v/1e/3d = 10gp/11gc
4 – FC Zenit (Rus)
7pts – 6j/2v/1e/3d = 7gp/9gc

A celebração do incrível sucesso do Valencia

A celebração do incrível sucesso do Valencia

@ValenciaCF

GRUPO H
Ajax 0 X 1 Valencia

Johan Cruijff Arena, Amsterdam, 51.931 espectadores
(Rodrigo)

Chelsea 2 X 1 Lille
Stamford Bridge, Londres, 40.016 espectadores

(Abraham, Azpilicueta X Rémy)

O Chelsea preservou o seu enorme favoritismo, ainda no primeiro tempo. Aos 19’, de calcanhar, Abraham, depois de um contra-ataque esfuziante do brasileiro Willian. Que levantou o escanteio que redundaria nos 2 X 0, cabeçada do capitão Azilicueta. Surpresa gigantesca, no entanto, o Valencia pulou à frente do Ajax aos 24, gol de Rodrigo. E, apesar do “but d’honneur” dos franceses, não ocorreu outra modificação na tabela. Patético Ajax, semifinalista da CL de 2018/19, necessitava manter o 0 X 0 no placar, fracassou, e agora amarga a relegação à Europa League.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Valencia CF (Esp)

11pts – 6j/3v/2e/1d = 9gp/7gc
2 – Chelsea FC (Ing)
11pts – 6j/3v/2e/1d = 11p/9gc
3 – AFC Ajax (Hol)
10pts – 6j/3v/1e/2d = 12gp/6gc
4 – Lille OSC (Fra)
1pts – 6j/0v/1e/5d = 4gp/14gc

O Parc des Princes

O Parc des Princes

PSG

GRUPO A
Jogos do dia 11/12
PSG X Galatasaray
Parc des Princes, Paris, 47.929 lugares
Club Brugge X Real Madrid
Jan Breydel Stadium, 29.062 lugares

Já nas oitavas o PSG e o Real Madrid.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Paris Saint-Germain FC (Fra)

13pts – 5j/4v/1e/0d = 12gp/2gc
2 – Real Madrid (Esp)
8pts – 5j/2v/2e/1d = 11p/7gc
3 – Club Brugge KV (Bel)
3pts – 5j/0v/3e/2d = 3gp/9gc
4 – Galatasaray SK (Tur)
2pts – 5j/0v/2e/3d = 1gp/9gc

A Allianz Arena do Bayern

A Allianz Arena do Bayern

@BayernFC

GRUPO B
Jogos do dia 11/12
Bayern X Tottenham
Allianz Arena, Munique, 70.000 lugares
Olympíacos X Estrela Vermelha
Karaiskakis Stadium, Pireu, 32.115 lugares

Já nas oitavas o Bayern e o Tottenham.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Bayern Munique (Ale)

15pts – 5j/5v/0e/0d = 21gp/4gc
2 – Tottenham Hotspur FC (Ing)
10pts – 5j/3v/1e/1d = 17gp/11gc
3 – Estrela Vermelha (Ser)
3pts – 5j/1v/0e/4d = 3gp/19gc
4 – Olympíacos FC (Gre)
1pts – 5j/0v/1e/4d = 7gp/14gc

O Metalist do Shakhtar

O Metalist do Shakhtar

SDCF

GRUPO C
Jogos do dia 11/12
Shakhtar Donetsk X Atalanta
Metalist Stadion, Kharkiv, 40.003 lugares
Dínamo Zagreb X Manchester City
Maksimir Stadion, Zagreb, 35.123 lugares

Já nas oitavas o Manchester City. Batalha dramática, no entanto, pela segunda posição. O Shakhtar segue adiante no caso de um triunfo. Caso empate ou desabe, todavia, a situação se torna intrincadíssima. Serve a igualdade desde que o Dínamo não supere o City. O Dínamo necessita bater o City e torcer para que o Shakhtar não sobrepuje a Atalanta. Quanto à “Dea”, tem que impactar o Shakhtar e ainda esperar que o Dínamo não ganhe dos ingleses.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Manchester City FC (Ing)

11pts – 5j/3v/2e/0d = 12gp/3gc
2 – FC Shakhtar Donetsk (Ucr)
6pts – 5j/1v/3e/1d = 8gp/10gc
3 – GNK Dínamo Zagreb (Cro)
5pts – 5j/1v/2e/2d = 9gp/9gc
4 – Atalanta BC (Ita)
4pts – 5j/1v/1e/3d = 5gp/12gc

O Wanda Metropolitano do Atlético de Madrid

O Wanda Metropolitano do Atlético de Madrid

Atlético de Madrid

GRUPO D
Jogos do dia 11/12
Atlético de Madrid X Lokomotiv Moscou
Wanda Metropolitano, Madrid, 68.456 lugares
Bayer Leverkusen X Juventus
Bay Arena, Leverkusen, 29.412 lugares

Já nas oitavas a Juventus. Aos “Colchoneros” da Espanha basta um triunfo sobre o Lokomotiv, rabeira do grupo.

CLASSIFICAÇÃO
1 – Juventus FC (Ita)

13pts – 5j/4v/1e/0d = 10gp/4gc
2 – Atlético de Madrid (Esp)
7pts – 5j/2v/1e/2d = 6gp/5gc
3 – Bayer Leverkusen FG (Ale)
6pts – 5j/2v/0e/3d = 5gp/7gc
4 – FC Lokomotiv (Rus)
3pts – 5j/1v/0e/4d = 4gp/9gc

Gostou? Clique em “Compartilhar”, ou em “Twittar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Muito obrigado. E um grande abraço!