Silvio Lancellotti Com 100% de aproveitamento, o Napoli viaja ao Mundo da Lua

Com 100% de aproveitamento, o Napoli viaja ao Mundo da Lua

Em oito pelejas, oito sucessos. E o "Burro" da Terra da Pizza não apenas comanda o "Nazionale" da Itália como realiza a melhor performance dentre os líderes dos principais certames da Europa.





Meme da torcida do Napoli, por enquanto perfeito no "Nazionale" da Bota

Meme da torcida do Napoli, por enquanto perfeito no "Nazionale" da Bota

SpazioNapoli

No sábado, vitória do Milan sobre o Verona, 3 X 2, uma virada espetacular. Consequência: por 24 horas a liderança da tabela, até este domingo, o dia 17 de Outubro, um degrauzinho acima da perfeição absoluta do Napoli, 21 pontos em 21 possíveis. E ainda no dia 16, em Roma, o triunfo da Lazio sobre a campeã Internazionale, 3 X 1, um resultado horrível para a detentora do título da Bota, agora cinco pontos atrás da grande rival de cidade.

A celebração do Milan pelos 3 X 2 sobre o Verona

A celebração do Milan pelos 3 X 2 sobre o Verona

@ACMilan

Então, na domingueira da Itália, na oitava rodada do seu “Nazionale” de 2021/2022, em pelo menos três combates haveria a probabilidade de alterações nos postos do topo da tabela. O Empoli, interessante surpresa do certame, em sua casa, diante da Atalanta, tentou se imiscuir na zona de classificação à Europa e levou 1 X 4 no lombo. Bem mais eficiente na Champions League do que domesticamente a a Juventus lutou para subir de andar, como mandante, no clássico diante da Roma. Perpetrou X X X. O “Burro”, no Maradona da Terra da Pizza,  contra o aguerrido Torino, batalhou muito para preservar os seu formidáveis 100% de aproveitamento e se igualar à Juventus de 1985/1986, oito vitórias em série num início de torneio. Deu certo. As sínteses e as fichas das pelejas do domingo:

A testada de Victor Osimhen, Napoli 1 X 0

A testada de Victor Osimhen, Napoli 1 X 0

@Serie A Calcio

NAPOLI 1 X 0 TORINO
Nápoles, Stadio Diego Armando Maradona
Árbitro: Juan Luca Sacchi

Gol: Osimhen

Cotejo truncado, intensíssimo, que obrigou o mediador a estender o tempo normal aos 97’. Consciente, o elenco do “Toro” conseguiu conter o ímpeto do “Burro” até os 81’, quando um levantamento destemperado de Fabian Ruiz , rebatido por Lukic, carambolou em Elmas e ainda sobrou para a testada implacável do nigeriano Victor Osimhen, a sua quinta “rete” no certame. Ironia: depois de uma série de porfias irretocáveis, o craque Lorenzo Insigne perdeu o segundo penal em sequência e ainda foi substituído aos 71’. Sofrimento à parte, além de preservar os seus 100% inéditos de aproveitamento, um recorde na sua história, o time do Napoli se tornou o único dentre os cinco torneios mais importantes da Europa (a Itália, além da Alemanha, da Espanha, da França e da Inglaterra), a ganhar todas as suas cinco partidas de princípio de campeonato local. De fato, impressionante. Até agora...

Moise Kean, da Juventus

Moise Kean, da Juventus

@JuventusFC

JUVENTUS X ROMA
Turim, Allianz Stadium
Árbitro: Daniele Orsato

Gol: Kean

A “Loba” pressionou bastante. Leo Bonucci assustou os torcedores da “Senhora”, aos 12’, ao receber um petardo de um adversário em plena boca do estômago e desabar no gramado, contraído pela dor. Logo aos 16’, todavia, na sua primeira investida contra a meta de Rui Patrício, a Juve abriu 1 X 0. Cuadrado, do flanco direito, lançou a bola a Di Sciglio, no lado oposto. Di Sciglio recruzou, no miolo da área. Bernardeschi e Moise Kean saltaram mais do que os zagueiros. O Berna tocou a pelota e então Kean cabeceou contra o arco vazio.

O momento da defesa de Szczesny no penal mal cobrado por Veretout

O momento da defesa de Szczesny no penal mal cobrado por Veretout

@JuventusFC

Aos 43’, então, aconteceu um lance inacreditável. Numa confusão enorme na área da Juve, depois de um equívoco clamoroso de Chiellini, ocorreu uma falta de Danilo em Abraham, outra de Szczesny em Mkhitaryan e, na sobra, Abraham igualou, 1 X 1. Orsato, de todo modo, já havia marcado um penal no primeiro instante. Veretout discutiu com Abraham e com Mkhitaryan, quis cobrar. Pois bateu muito mal, tiro murcho, nas mãos de Szczesny. A equipe da capital não se dobrou. Na etapa derradeira manteve a intensidade, foi superior à “Senhora”, num sufoco brutal que apenas acabou aos 94’ com o último trilo de Orsato.

Zapata, 100 gols pela Atalanta na Série A

Zapata, 100 gols pela Atalanta na Série A

@Serie A Calcio

EMPOLI 1 X 4 ATALANTA
Empoli, Stadio Carlo Castellani
Árbitro: Marco Serra

Gols: Di Francesco X Ilicic/2, Viti/con, Zapata

De retorno à sua verdade o garboso mas pequenino time do Empoli, que chegou a sonhar com uma perspectiva de vaga nas competições do continente. Antes mesmo que pudesse ameaçar a meta da “Deusa”, porém, o esloveno Ilicic já havia registrado 2 X 0. E Ilicic ainda desperdiçou um penal. Com o gol de Di Francesco e com o placar de 1 X 2, os anfitriões se acenderam. Então, ocorreu o tento contra de Viti, numa frustrada antecipação a uma testada de Zapata, logo no início do segundo tempo. Aos 89, enfim, o colombiano despediu o Empoli ao anotar o seu centésimo tento na Série A. Um belo resgate da Atalanta. 

GENOA 2 X 2 SASSUOLO
Gênova, Stadio Luigi Ferraris
Árbitro: Daniele Chiffi

Gols: Destro, Vasquez X Scamacca/2

UDINESE 1 X 1 BOLOGNA
Ùdine, Dacia Arena
Árbitro: Rosario Abisso

Gols: Beto X Barrow

João Pedro, o artilheiro "brasiliano" do Cagliari

João Pedro, o artilheiro "brasiliano" do Cagliari

@Serie A Calcio

CAGLIARI 3 X 1 SAMPDORIA
Cagliari, Stadio Unipol Domus
Árbitro: Matteo Marchetti

Gols: João Pedro/2, Cáceres X Thorsby

Segunda-feira, dia 18 de Outubro
VENEZIA X FIORENTINA
Veneza, Stadio Pier Luigi Penzo
Árbitro: Luca Massimi

Napoli, "full time", fim de jogo, e por enquanto o melhor da Europa

Napoli, "full time", fim de jogo, e por enquanto o melhor da Europa

@Serie A Calcio

Inaugurada em 21 de Agosto e com seu desfecho previsto para o dia 22 de Maio de 2022, esta edição da Série A do Futebol da Velha Bota, a 120ª na História do Calcio, a 90ª desde a implantação do campeonato de pontos corridos e em turno e returno, até agora exibiu 79 partidas, com 253 tentos realizados, ótima média, 3,20. Na próxima semana, a maratona continental prosseguirá com quatro clubes em ação, na terça 19 e na quarta 20, na Champions League: a Inter, o Milan, a Juventus e a Atalanta. Depois, na quinta 21, Napoli e Lazio atuarão pela Europa League e a Roma estará na Conference League. A classificação:

24pg, 1: NAPOLI – 8j/8v-0e-0d (19gp/3gc)
22pg, 2º: MILAN – 8j/7v-1e-0d (18gp/7gc)
17pg, 3ª: INTER – 8j/5v-2e-1d (23gp/11gc)
15pg, 4º: ROMA – 8j/5v-0e-3d (16gp/9gc)
14pg, 5º: LAZIO – 8j/4v-2e-2d (18gp/13gc)
14pg, 6º: ATALANTA – 8j/4v-2e-2d (14gp/10gc)
14pg, 7º: JUVENTUS – 8j/4v-2e-2d (12gp/10gc)
12pg, 8º: FIORENTINA – 7j/4v-0e-3d (10gp/11gc)
12pg, 9º: BOLOGNA – 8j/3v-3e-2d (13gp/15gc)
9pg, 10º: UDINESE – 8j/2v-3e-3d (10gp/12gc)
9pg, 11º: EMPOLI – 8/3v-0e-5d (10gp/16gc)
8pg, 12º: TORINO – 8j/2v-2e-4d (9gp/8gc)
8pg, 13º: VERONA – 8j/2v-2e-4d (17gp/17gc)
8pg, 14º: SASSUOLO – 8j/2v-2e-4d (9gp/11gc)
7pg, 15º: SPEZIA – 8j/2v-1e-5d (10gp/20gc)
6pg, 16º: SAMPDORIA – 8/1v-3e-4d (11gp/16gc)
6pg, 17º: GENOA – 8j/1v-3e-4d (12gp/18gc)
6pg, 18º: CAGLIARI – 8j/1v-3e-4d (11gp/17gc)
5pg, 19º: VENEZIA – 7j/1v-2e-4d (5gp/12gc)
4pg, 20º: SALERNITANA – 8j/1v-1e-6d (6gp/17gc)

Insigne e Osimhen, do Napoli

Insigne e Osimhen, do Napoli

@Serie A Calcio

Os jogos da rodada #9

Sexta-feira, dia 22 de Outubro
TORINO X GENOA
SAMPDORIA X SPEZIA

Sábado, dia 23 de Outubro
SALERNITANA X EMPOLI
SASSUOLO X VENEZIA
BOLOGNA X MILAN

Domingo, 24 de Outubro
ATALANTA X UDINESE
FIORENTINA X CAGLIARI
VERONA X LAZIO
ROMA X NAPOLI
INTER X JUVENTUS

Vinte clubes e vinte astros da Série A 2021/2022

Vinte clubes e vinte astros da Série A 2021/2022

@Serie A Calcio

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas