Silvio Lancellotti Cavani brilha e o United, por 6 X 2, despacha a Roma, na Liga Europa

Cavani brilha e o United, por 6 X 2, despacha a Roma, na Liga Europa

Depois de ficar atrás em casa, na etapa inicial, 1 X 2. o time inglês praticamente está na decisão. No outro cotejo, o Villarreal abriu 2 X 0 no Arsenal mas relaxou e permitiu o aperto no placar, 2 X 1.

Edinson Cavani, o piloto do triunfo do United sobre a Roma, 6 X 2

Edinson Cavani, o piloto do triunfo do United sobre a Roma, 6 X 2

@europaleague

Manchester United da Inglaterra 6 X 2 Roma da Itália. E Villarreal da Espanha 2 X 1 Arsenal da Inglaterra. Com esses jogos, nesta quinta-feira, 29 de Maio, se completou a etapa de ida das semifinais da Liga Europa 2020/2021. Os “Red Devils” já conquistaram duas vezes o troféu do evento. A “Loba” foi vice numa ocasião. O “Submarino Amarelo” chegou às semis numa oportunidade e perdeu. Os “Gunners” só levantaram um troféu, na extinta Copa das Copas, em 1993/1994. O retorno acontecerá no dia 6 de Maio. A decisão, em partida única, se realizará no dia 26 de Maio, no Stadion Miejski de Gdansk, na Polônia.

Eis as fichas e as sínteses dos dois combates que ocorreram nesta data.


MANCHESTER UNITED 6 X 2 ROMA
Manchester, Inglaterra, Old Trafford
Árbitro: Carlos Del Cerro Grande, Espanha

Gols: Bruno Fernandes 2/1pen, Cavani/2, Pogba, Greenwood X Pellegrini/pen, Dzeko

O momento do oenal cometido por Pogba

O momento do oenal cometido por Pogba

@europaleague

Paulo Fonseca, treinador da “Loba”, desafortunadamente, logo aos 5’ perdeu o seu principal atleta de meio-campo, o francês Veretout, que se lesionou sozinho, ao tentar um domínio de bola. Pior, aos 9’, para a festa de Ole Gunnar Solskjaer, treinador dos “Red Devils”, o uruguaio Cavani deliciosamente colocou o lusitano Bruno Fernandes livre para fazer 1 X 0. Parecia bem encaminhado o sucesso do United. No entanto, aos 15, num lance trivial de linha de fundo, mesmo desequilibrado Karsdorp cruzou contra o carrinho de Pogba, de braços levantados, toque, o pênalti que Lorenzo Pellegrini converteu, igualdade, 1 X 1.

A ilusão da Roma, o momento do gol de Dzeko

A ilusão da Roma, o momento do gol de Dzeko

@europaleague

Fonseca também se obrigaria a trocar o seu arqueiro Pau López, que se machucou num ombro, por Mirante. Mas, não se queixaria da impiedade do azar eventual. Aos 34’, enquanto meia-dúzia de “Red Devils” se olhavam uns aos outros, como num treinamento, Mkhitaryan vislumbrou Pellegrini às costas da zaga. O capitão da Roma apenas empurrou a Edin Dzeko, que cravaria 2 X 1. Numa incrível sucessão de infortúnios físicos, a “Loba” ainda necessitaria fazer mais uma outra alteração aos 37’, complicação muscular de Spinazzola, substituído por Bruno Peres. Encerraria a etapa inicial à frente, porém.

O voleio de Cavani, 2 X 2

O voleio de Cavani, 2 X 2

@europaleague

Precioso Cavani, na realidade Edinson Cavani, já nos 34 de idade, descartado pelo PSG depois de, entre diversos probleminhas e/ou problemões, se indispor com um tal de Neymar Jr. Proviria de Cavani a reação do United no segundo tempo. Aos 48’, arrematou, de voleio, uma linda tabela de Pogba com Bruno Fernandes, 2 X 2. Aos 64’, depois de outra belíssima trama entre Bruno Fernandes e Pogba, saboreou o cruzamento rasteiro de Wan-Bissaka, 3 X 2. Aos 71’, perdão pelo trocadilho horroroso, cavou um penal num esbarrão com Smalling. Bruno Fernandes converteu, 4 X 2. Aos 75, participou da criação dos 5 X 2, ao municiar Bruno Fernandes que levantou a bola para que Pogba escorasse na cabeçada. E aos 86’ o United registraria 6 X 2, num passe delicioso de Cavani para Greenwood. Os "Red Devils" obviamente na final. Ou alguém espera que a Roma, no retorno, vença por 4 X 0?

Cotejo encerrado em Old Trafford

Cotejo encerrado em Old Trafford

@europaleague


Volta, 6/5: Roma, Itália, Stadio Olìmpico
Retro: 7jog = 5Utd/1emp/1Rom – 19gUtd X 6g Roma

VILLARREAL 2 X 1 ARSENAL
Villarreal, Espanha, Estádio de la Ceràmica
Árbitro: Artur Soares Dias, Portugal

Gols: Trigueros, Albiol X Pépé/pen

O momento do arremate de Trigueros, Villarreal 1 X 0 Arsenal

O momento do arremate de Trigueros, Villarreal 1 X 0 Arsenal

@europaleague

Por quase 80', a dominação tranqüila do “Submarino Amarelo”, que ignorou a antiguidade e a tradição dos “Gunners”, 134 anos de idade. Velozmente inaugurou o placar, aos 5’, numa investida do nigeriano Chukwueze através do flanco destro e numa confusão na área dos pupilos de Mikel Arteta que Trigueros desfrutou, 1 X 0. Daí, aos 29, noutra bagunça na área dos londrinos, um corner batido por Parejo, o desvio de cocuruto de Gerard Moreno, e o aproveitamento de Albiol, 2 X 0. Euforia de Unai Emery, o treinador do Villarreal, um basco como o seu adversário Arteta. E consta que ambos se detestam.

O momento do gol de Albiol, 2 X 0

O momento do gol de Albiol, 2 X 0

@europaleague

Uma vantagem tranquila dos ibéricos na etapa inicial. E uma folga que poderia se acentuar depois dos 57’ quando Dani Ceballos pespegou uma solada brutal num joelho de Parejo e acabou expulso. Já tinha um cartão amarelo. E o árbitro Soares Dias poderia, até, lhe exibir um vermelho, direto. Aos 71, todavia, no meio de diversos adversários, na área do Villarreal, o garoto Bukaya Saka, de apenas 19 anos, recebeu um trambolhão de Trigueros, pênalti, que o artilheiro Nicolas Pépé converteu, o seu sexto tento nesta LE. Muito pior, para o “Submarino Amarelo”, aos 80’ o mesmo Saka induziria Emoue a provocar o seu segundo cartão amarelo, igualdade de elencos, dez contra dez. Só que os “Gunners” não obteriam a igualdade em gols. De todo modo, no retorno de Londres 1 X 0 lhes servirá.

Volta: 6/5: Londres, Inglaterra, Emirates Stadium
Retro: 5jog = 1Vil/2emp/2Ars – 3g Vil X 6g Ars


Nesta Liga Europa, iniciada em 18 de Agosto de 2020, se realizaram 357 jogos com 1.095 tentos, a média de 3,07. Obviamente depauperado pelos protocolos de segurança anti-Covid-19, o seu global de espectadores soma 99.205. Média de público: a triste, ridícula insignificância de 494 pessoas. Esta é a sua edição de número 50 desde que nasceu como Copa UEFA, em 1971/1972, e a de número 12 desde que, em 2009/2010, abarcou a Copa dos Vencedores de Copas e amealhou o seu gigantismo atual e o seu novo batismo.

O troféu da Liga Europa

O troféu da Liga Europa

UEFA

Quando principiou, ostentava uma relação mastodôntica: 205 equipes das 55 federações da UEFA. Atravessou oito eliminatórias e mais um mini-certame de 12 grupos com 48 agremiações. Daí, aos 12 ganhadores e aos seus vices se agregaram oito repescados, os terceiros colocados das chaves da LC. Ou os 32 clubes que se confrontaram em mata-matas para depurar os 16 das oitavas de final e daí em diante, até se conhecerem os quatro das semis. Ironia: exatamente quando celebra o seu meio século o evento acaba. A partir de 2021/2022 a LE atravessará uma reformulação brutal e a redução das 205 equipes para 57. Compensação, a criação da “Conference League” que iniciará as disputas com 184 clubes.


XADREZ – Torneio de Candidatos
Yekaterinburg, Rússia

O campeão Magnus Carlsen

O campeão Magnus Carlsen

Reprodução FIDE

Para quem acompanhou a minha esforçada cobertura do Torneio de Candidatos ao Mundial de Xadrez, e então se frustrou, em Março de 2020, com a sua interrupção pela metade, consequência da Covid-19, uma novidade feliz. Neste Abril de 2021 o certame recomeçou e já se conhece o nome do desafiante do norueguês Magnus Carlssen, 30 de idade, o atual campeão, detentor do troféu desde 2013, que chegou a perpetrar uma série invicta de 125 pelejas, O embate acontecerá em Dubai, nos Emirados Árabes, 14 pugnas entre os dias 24 de Novembro e 16 de Dezembro. Caso ocorra uma igualdade, os dois desafiantes batalharão em mais uma série de porfias do tipo Xadrez Relâmpago.

O desafiante Ian Nepomniachtchi

O desafiante Ian Nepomniachtchi

Reprodução FIDE

Com oito jogadores, previsto para 14 rodadas, o Torneio, partidas de todos contra todos, em turno e returno, sofreu a sua parada exatamente na metade. Lideravam a tabela, 4 1/2 pontos, o francês Maxime Vachier-Lagrave, MVL,  e o russo Ian Nepomniachtchi, o Nepo. No Xadrez, cada vitória vale um ponto e o empate dá 1/2 a cada rival no tabuleiro. Na fase de ressurreição do campeonato, agora, o Nepo, 30 de idade, tipo exótico, de longos cabelos enrolados num birotinho, manteve o seu ritmo e somou 8 1/2 pontos. O MVL foi o vice, 8.


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas