Silvio Lancellotti Agora, tudo sobre os oito jogos das quartas de final da Euro2020

Agora, tudo sobre os oito jogos das quartas de final da Euro2020

No dia 2, Suíça X Espanha e Bélgica X Itália, no dia 3, República Tcheca X Dinamarca e Ucrânia X Inglaterra. Uma Copa em que caíram fora a Alemanha, a França e Portugal, o campeão de 2016.

Um cartaz da Euro2020

Um cartaz da Euro2020

UEFA

Enfim, realizados 304 jogos e registrados 935 gols, uma boa média de 3,08, nesta sexta-feira, o dia 2 de Julho de 2021, a Euro2020 desembarca na sua fase das quartas de final com as reafirmações de praxe mas, principalmente, com alguns impactos surpreendentes. Obviedades foram as promoções da Inglaterra, da Bélgica e da Itália – estas duas, aliás, já destinadas a um confronto direto na sexta. Inesperadas foram as progressões, até aqui, da República Tcheca, da Suíça e da Ucrânia, que apenas sobreviveram à etapa dos grupos graças à repescagem tapa-buracos que levou às oitavas as quatro melhores terceiras dos grupos. Nesse cenário se despediram prematuramente Portugal e França, o campeão e a sua vice na EuroCopa de 2016. Também se foi cedo a sempre favorita Alemanha.

Reprodução

Inaugurada em 21 de Março de 2019 com as 55 afiliadas da UEFA, a entidade que administra o Futebol no Velho Continente, esta disputa inter-seleções, na sua 16ª edição desde que foi idealizada em 1960, vitória da então União Soviética, passou por chaves eliminatórias, por uma etapa inicial de mata-matas, por mais uma fase de grupos e daí  pelos duelos diretos das oitavas. E, apesar de toda a cruel complicação que a Covid-19 provocou, exatas 6.023.402 pessoas, claro que protegidas por meticulosos protocolos de segurança, puderam freqüentar os estádios, a média de 19.813. Detalhe: como festejo dos 60 anos a UEFA havia destinado a 2020 uma EuroCopa excepcional, distribuída por dez nações. Só as semis e a decisão se concentrariam na Inglaterra. A pandemia danificou-lhe a evolução. Mas, questão de justiça, a Euro pôde manter o 2020 como seu sobrenome.


OS PRÉLIOS DAS QUARTAS

Dia 2 de Julho

Suíça

Suíça

@Euro2020

SUÍÇA X ESPANHA
São Petersburgo, Rússia, Krestovsky Stadium
Retrospecto: 22jog – 1 SUÍ X 16 ESP – 11 gols a 48
Nesta Euro:
SUÍ – 3ºA/4pg/1v-1e-1d/4gp-5gc
Eliminou a França nos penais (3 X 3, 0 X 0 e 5 X 4)
ESP – 2ºE/5pg/1v-2e-0d/6gp-1gc
Eliminou a Croácia na prorrogação (3 X 3 e 2 X 0)

Artilheiros:
SUÍ – Haris Seferovic, 3 tentos
ESP – Morata, Sarabia, Ferrán Torres, 2 tentos

Espanha

Espanha

@Euro2020
Bélgica

Bélgica

@Euro2020

BÉLGICA X ITÁLIA
Munique, Alemanha, Allianz Arena
Retrospecto: 22jog – 14 ITA X 4 BÉL – 43 gols a 24
Nesta Euro:
BÉL – 1ºB/9og/3v-0e-0d/7gp-1gc
Eliminou Portugal no tempo normal (1 X 0)
ITA – 1ºA/9pg/3v-0e-0d/7gp-0gc
Eliminou a Áustria na prorrogação (0 X 0 e 2 X 1)

Artilheiros:
BÉL – Romelu Lukaku, 3 tentos; Thorgan Hazard, 2
ITA – Immobile, Manuel Locatelli, Pessina, 2 tentos

Itália

Itália

@EURO2020

Dia 3 de Julho

República Tcheca

República Tcheca

@Euro2020

REPÚBLICA TCHECA X DINAMARCA
Baku, Azerbaidjão, Olimpiya Stadionu
Retrospecto: 11jog – 3 TCH X 2 DIN – 10 gols a 8
Nesta Euro:
TCH- 3ºD/4pg/1v-1e-1d/3gp-2gc
Eliminou a Neerlândia no tempo normal (2 X 0)
DIN – 2ºB/3pg/1v-0e-2d/5gp-4gc
Eliminou Gales no tempo normal (4 X 0)

Artilheiros:
TCH – Patrick Schick, 4 tentos
DIN – Dolberg, Maehle, Yussuf Poulsen, 2 tentos


 

Dinamarca

Dinamarca

@Euro2020
Ucrânia

Ucrânia

@Euro2020

UCRÂNIA X INGLATERRA
Roma, Itália, Stadio Olìmpico
Retrospecto: 7jog – 4 ING X 1 UCR – 9 gold a 3
Nesta Euro:
UCR – 3ºC/3pg/1v-0e-2d/4gp-5gc
Eliminou a Suécia na prorrogação (1 X 1, 1 X 0)
ING – 1ºD/7pg/2v-1e-0d/2gp-0gc
Eliminou a Alemanha no tempo normal (2 X 0)

Artilheiros:
UCR – Roman Yaremchuk, Andriy Yarmolenko, 2 tentos
ING – Raheem Sterling, 3 tentos

Inglaterra

Inglaterra

@Euro2020

AS SEMIFINAIS
Dia 6 de Julho
BEL/ITA X SUÍ/ESP
Londres, Inglaterra, Wembley Stadium
Dia 7 de Julho
TCH/DIN X UCR/ING
Londres, Inglaterra, Wembley Stadium

A FINAL
Dia 11 de Julho
Londres, Inglaterra, Wembley Stadium

Wembley

Wembley

@Euro2020

Artilheiros:
5 gols –
Cristiano Ronaldo (Portugal)
4 gols – Patrick Schick (República Tcheca), Karim Bemzema (França), Emil Forsberg (Suécia),
3 gols – Romelu Lukaku (Bélgica), Georginio Wijnaldum (Neerlândia), Robert Lewandowski (Polônia), Haris Seferovic (Suíça) e Raheem Sterling (Inglaterra)

Árbitros que mais apitaram:
3 jogos – Antonio Mateu Lahoz (Espanha), Daniel Siebert (Alemanha), Anthony Taylor (Inglaterra), Sergei Karasev (Rússia), Felix Brich (Alemanha), Cuneyt Çakir (Turquia), Fernando Rapallini (Argentina), Danny Makkelie (Neerlândia), Daniele Orsato (Itália)


Caso deseje, clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas