Silvio Lancellotti Agora, a penúltima rodada da fase de chaves da Champions League

Agora, a penúltima rodada da fase de chaves da Champions League

Já existem quatro classificados às oitavas: Ajax, Bayern, Chelsea e Juventus. E os 16 jogos desta terça, dia 23, e desta quarta, 24, podem revelar novas equipes promovidas. Confira as chances.

Detalhe da taça da Champions League, ex-Copa dos Campeões da Europa

Detalhe da taça da Champions League, ex-Copa dos Campeões da Europa

UEFA

Faltam apenas 32 partidas, um terço do total da fase de chaves da Champions League da Europa, nesta temporada de 2021/2022, até se determinarem as 16 agremiações que prosseguirão às oitavas de final. Na verdade, 16 dessas pelejas acontecerão nesta semana, oito na terça-feira, 23 de Novembro, e outras oito na quarta, dia 24. Já existem, aliás, quatro equipes matematicamente promovidas. E é possível que outras se definam nas próximas porfias. Eis uma análise de como se desenrolarão essas partidas, Grupo a Grupo.


Dia 23:


GRUPO E
Barcelona (Esp), Bayern (Ale), Benfica (Por) Dinamo Kiev (Ucr)

A classificação do Grupo E

A classificação do Grupo E

Reprodução

DINAMO KIEV X BAYERN
Kiev, NSC Olimpiskiy, 70.050 lugares
Árbitro: Halil Umut Meler (Turquia)

BARCELONA X BENFICA
Barcelona, Camp Nou, 99.354 lugares
Árbitro: Sergei Karasev (Rússia)

Jogos já realizados:
BARCELONA 0 X 3 BAYERN
DYNAMO KIEV 0 X 0 BENFICA
BENFICA 3 X 0 BARCELONA
BAYERN 5 X 0 DYNAMO KIEV
BARCELONA 1 X 0 DYNAMO KIEV
BENFICA 0 X 4 BAYERN
BAYERN 5 X 2 BENFICA
DYNAMO KIEV 0 X 1 BARCELONA

Jogos derradeiros, dia 8 de Dezembro:
BAYERN X BARCELONA
BENFICA X DINAMO KIEV

Análise:
Só o Barcelona pode tirar do Bayern a primazia de uma cabeça de chave no sorteio das oitavas. E, mesmo assim, apenas se os “Bávaros” perderem os seus dois combates e desperdiçarem o seu saldo de tentos, 15, disparadamente o melhor de toda esta ChL. De todo modo, o “Blaugrana” se avizinha bastante da segunda vaga caso bata o Benfica, no Camp Nou. Só não pode ficar no empate, nem perder, pois o último duelo da “Águia” de Lisboa será em Portugal e diante do lanterna Dinamo de Kiev. O qual ainda fantasia um lugar nas oitavas. Desde que bata o Bayern e o Benfica e os seus rivais se arruínem.


GRUPO F
Atalanta (Ita), Manchester United (Ing), Villarreal (Esp) Young Boys (Sui)

A classificação do Grupo F

A classificação do Grupo F

Reprodução

VILLARREAL X MANCHESTER UNITED
Villarreal, Estádio de la Cerámica, 23.500 lugares
Árbitro: Felix Brych (Alemanha)

YOUNG BOYS X ATALANTA
Berna, Stadion Wankdorf, 32.000 lugares
Árbitro: Daniel Siebert (Alemanha)

Jogos já realizados:
YOUNG BOYS 2 X 1 MANCHESTER UNITED
VILLARREAL 2 X 2 ATALANTA
ATALANTA 1 X 0 YOUNG BOYS
MANCHESTER UNITED 2 X 1 VILLARREAL
MANCHESTER UNITED 3 X 2 ATALANTA
YOUNG BOYS 1 X 4 VILLARREAL
ATALANTA 2 X 2 MANCHESTER UNITED
VILLARREAL 2 X 0 YOUNG BOYS

Jogos derradeiros, dia 8 de Dezembro:
ATALANTA X VILLARREAL
MANCHESTER UNITED X YOUNG BOYS

Análise:
O Grupo dos incessantes altos e baixos, em que tudo, mesmo, pode acontecer. Melhor dizer que o United dispõe de um fator imponderável, claro, ele, Cristiano Ronaldo.


GRUPO G
Lille (Fra), RB Salzburg (Aus), Sevilla (Esp), Wolfsburg (Ale)

A classificação do Grupo G

A classificação do Grupo G

Reprodução

SEVILLA X WOLFSBURG
Sevilha, Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán, 43.883 lugares
Árbitro: Cunyet Çakir (Turquia)

LILLE X RB SALZBURG
Villeneuve-d’Ascq, Stade Pierre-Mauroy, 50.186 lugares
Árbitro: Anthony Taylor (Inglaterra)

Jogos já realizados:
SEVILLA 1 X 1 RB SALZBURG
LILLE 0 X 0 WOLFSBURG
RB SALZBURG 2 X 1 LILLE
WOLFSBURG 1 X 1 SEVILLA
LILLE 0 X 0 SEVILLA
RB SALZBURG 3 X 1 WOLFSBURG
SEVILLA 1 X 2 LILLE
WOLFSBURG 2 X 1 RB SALZBURG

Jogos derradeiros, dia 8 de Dezembro:
WOLFSBURG X LILLE
RB SALZBURG X SEVILLA

Análise:
Na quarta rodada, além de detonar a possibilidade de se assegurar, o Salzburg ainda permitiu que o Wolsburg voltasse à batalha. E também o Lille, que parecia fora de contenção, ajudou no embolamento do Grupo ao superar o Sevilla em plena Espanha. Quatro igualdades em oito jogos não ajudam a estabelecer um padrão. Sem dizer que, nesta turma, convenhamos, de nada adianta pensar nos fatores “campo” e “torcida”.


GRUPO H
Chelsea (Ing), Juventus (Ita), Malmoe (Sue), Zenit (Rus)

A classificação do Grupo H

A classificação do Grupo H

Reprodução

CHELSEA X JUVENTUS
Londres, Stamford Bridge, 41.837 lugares
Árbitro: Srdan Jovanovic (Sérvia)

MALMOE X ZENIT
Malmoe, Eleda Stadion, 21.500 lugares
Árbitro: Andris Treimanis (Letônia)

Jogos anteriores:
CHELSEA 1 X 0 ZENIT
MALMOE 0 X 3 JUVENTUS
ZENIT 4 X 0 MALMOE
JUVENTUS 1 X 0 CHELSEA
ZENIT 0 X 1 JUVENTUS
CHELSEA 4 X 0 MALMOE
MALMOE 0 X 1 CHELSEA
JUVENTUS 4 X 2 ZENIT

Jogos derradeiros, dia 8 de Dezembro:
ZENIT X CHELSEA
JUVENTUS X MALMOE

Análise:
Matematicamente assegurada nas oitavas a “Senhora”. Um sucesso eventual do Chelsea sobre a Juventus, na próxima jornada, talvez não leve os “Blues” ao topo da tabela do Grupo H. Qualquer vitória precisará de uma folga de dois tentos no placar para que os britânicos ultrapassem os peninsulares no saldo de tentos, hoje 7 X 5 em favor da “Senhora”. Para ter alguma chance de se propor às oitavas, o Zenit necessita ganhar do Malmoe e do Chelsea e ainda abrir uma larga margem de gols. Ou, implicitamente uma missão impossível.


GRUPO A
Brugge (Bel), Manchester City (Ing), PSG (Fra) RB Leipzig (Ale)

A classificação do Grupo A

A classificação do Grupo A

Reprodução

Dia 24 de Novembro:
MANCHESTER CITY X PSG
Manchester, Etihad Stadium, 53.400 lugares
Árbitro: Ainda não designado

CLUB BRUGGE X RB LEIPZIG
Bruges, Jan Breydel Stadium, 29.062 lugares
Árbitro: And

Jogos já realizados:
MANCHESTER CITY 6 X 3 RB LEIPZIG
CLUB BRUGGE 1 X 1 PSG
RB LEIPZIG 1 X 2 CLUB BRUGGE
PSG 2 X 0 MANCHESTER CITY
CLUB BRUGGE 1 X 5 MANCHESTER CITY
PSG 3 X 2 RB LEIPZIG
RB LEIPZIG 2 X 2 PSG
MANCHESTER CITY 4 X 1 CLUB BRUGGE

Jogos derradeiros, dia 7 de Dezembro:
RB LEIPZIG X MANCHESTER CITY
PSG X CLUB BRUGGE

Análise:
O City se garante caso, no seu Etihad, supere o PSG. Mesmo com uma derrota o PSG preservará a sua vaga, depois, ao suplantar o Brugge no Parc des Princes. Aos belgas, bastará que ganhem, no seu Jan Breydel, do RB Leipzig. Aos tedescos resta a quase impossibilidade de vencerem os seus dois cotejos e assim, quem sabe, caso consigam perpetrar o milagre, lhes sobrará o consolo de uma repescagem na Europa League.


GRUPO B
Atlético de Madrid (Esp) Liverpool (Ing), Porto (Por) Milan (Ita)

A classificação do Grupo B

A classificação do Grupo B

Reprodução

Dia 24 de Novembro:
LIVERPOOL X PORTO
Liverpool, Anfield Road, 53.394 lugares
Árbitro: And

ATLÉTICO DE MADRID X MILAN
Madrid, Metropolitano Stadium, 68.456 lugares
Árbitro: And

Jogos já realizados:
LIVERPOOL 3 X 2 MILAN
ATLÉTICO DE MADRID 0 X 0 PORTO
MILAN 1 X 2 ATLÉTICO DE MADRID
PORTO 1 X 5 LIVERPOOL
ATLÉTICO DE MADRID 2 X 3 LIVERPOOL
PORTO 1 X 0 MILAN
MILAN 1 X 1 PORTO
LIVERPOOL 2 X 0 ATLÉTICO DE MADRID

Jogos derradeiros, dia 7 de Dezembro:
PORTO X ATLÉTICO DE MADRID
MILAN X LIVERPOOL

Análise:
Mais do que classificado, o Liverpool pode até perder os seus dois últimos cotejos que permanecerá no topo da tabela do Grupo B e, assim, manterá o seu direito de cabeça-de-chave no sorteio das oitavas. O Porto e o Atlético de Madrid devem decidir a segunda vaga no seu confronto direto. Para sonhar com a segunda vaga, o Milan precisa superar os seus dois prélios e ainda torcer para o Porto não ganhar do Atlético. Pior: um único pontinho perdido poderá excluí-lo, inclusive, da repescagem. Patética a situação do "Diavolo".


GRUPO C
Ajax (Nee), Besiktas (Tur), Borussia Dortmund (Ale), Sporting (Por)

A classificação do Grupo C

A classificação do Grupo C

Reprodução

Dia 24 de Novembro:
BESIKTAS X AJAX
Istambul, Vodafone Park, 42.950 lugares
Árbitro: And

SPORTING X BORUSSIA DORTMUND
Lisboa, Estádio José Alvalade, 50.095 lugares
Árbitro: And

Jogos já realizados:
BESIKTAS 1 X 2 BORUSSIA DORTMUND
SPORTING 1 X 5 AJAX
AJAX 2 X 0 BESIKTAS
BORUSSIA DORTMUND 1 X 0 SPORTING
BESIKTAS 1 X 4 SPORTING
AJAX 4 X 0 BORUSSIA DORTMUND
BORUSSIA DORTMUND 1 X 3 AJAX
SPORTING 4 X 0 BESIKTAS

Jogos derradeiros, dia 7 de Dezembro:
AJAX X SPORTING
BORUSSIA DORTMUND X BESIKTAS

Análise:
Ao Ajax da Neerlândia, a antiga e renomeada Holanda, basta um empate nos seus dois combates para lhe garantir o direito à cabeça-de-chave. Para preservar a sua chance de segunda vaga, o Sporting precisa suplantar o Borussia, em Lisboa, no seu confronto direto, e posteriormente, ainda, arrancar um pontinho ao Ajax, em Amsterdam. O Borussia necessita arrancar um pontinho ao Sporting e, então, tarefa bem mais viável, bater o rabeira Besiktas. O time turco, por sua vez, sonha com vários tsunamis para, no máximo, merecer a repescagem na Europa League. E não existem ondas bravas no Mediterrâneo.


GRUPO D
Internazionale (Ita), Real Madrid (Esp), Shakhtar Donetsk (Ucr). Sheriff (Mol)

 

A classificação do Grupo D

A classificação do Grupo D

Reprodução

Dia 24 de Novembro:
INTERNAZIONALE X SHAKHTAR DONETSK
Milão, Giuseppe Meazza, 75.923 lugares
Árbitro: And

SHERIFF X REAL MADRID
Tiraspol, Sheriff Stadium, 12.746 kugares
Árbitro: And

Jogos já realizados:
SHERIFF 2 X 0 SHAKHTAR DONETSK
INTERNAZIONALE 0 X 1 REAL MADRID
SHAKHTAR DONETSK 0 X 0 INTERNAZIONALE
REAL MADRID 1 X 2 SHERIFF
SHAKHTAR DONETSK 0 X 5 REAL MADRID
INTERNAZIONALE 3 X 1 SHERIFF
REAL MADRID 2 X 1 SHAKHTAR DONETSK
SHERIFF 1 X 3 INTERNAZIONALE

Jogos derradeiros, dia 7 de Dezembro:
SHAKHTAR DONETSK X SHERIFF
REAL MADRID X INTERNAZIONALE

Análise:
Grupo complicado, o D. Embora atrás do Real, a Inter leva a vantagem aparente de, na quinta rodada, se defrontar, em Milão, com o rabeira da turma. Mesmo o Shakhtar, todavia, tem algumas chances ínfimas de se promover às oitavas. Desafio crucial, também, aquele do Sheriff com o Real. Como bateram os “Merengues” em pleno Santiago Bernabéu, na ida, os estreantes da Moldávia bem podem reproduzir o impacto, agora, eu seus domínios. De garantido, só, o Real, no mínimo, na repescagem. Será bem tensa esta rodada #5.

Gabriel Hanot

Gabriel Hanot

@ChampionsLeague

Idealizada em 1955 pela semanal “L´Equipe” da França, na época dirigida por um antigo craque, o então jornalista Gabriel Hanot (1889-1968), nos seus primórdios a atual Champions League abrigou meros 16 times, selecionados via critérios bem vagos, como a “representatividade” e o “prestígio”, de acordo com a opinião da redação. Com o andar do tempo esses parâmetros se ajustaram e até 1993 a Champions de fato ostentou basicamente vencedores de torneios nacionais. Então, se submeteu a uma revolução.

Chelsea, o detentor do troféu

Chelsea, o detentor do troféu

@ChelseaFC

A partir de um ranking complexo, que considera os combates dos interclubes da Europa nas cinco temporadas imediatamente anteriores, acomodou outras agremiações e se tornou a Champions League , ou a Liga dos Campeões, a ChL, agora na sua 67ª edição no total e no seu 30º aniversário desde a reformulação radical. Em 2020/2021 o Chelsea da Inglaterra abiscoitou a sua taça de prata, 74cm de altura e 11kg de peso. E esta disputa de 2021/2022, desde o seu início, em 22 de Junho, prova ser uma das menos convencionais. Por exemplo, principiou com 80 agremiações de 54 das 55 federações da UEFA – a única exceção, Liechtenstein, com as suas sete equipes, participa, a convite, dos campeonatos da Suíça. Preservou 26 clubes de ranking superior e depositou 54 num verdadeiro moedor de eliminatórias de modo que, em mata-matas, sobrevivessem exclusivamente seis.

Os 32 clubes desta ChL, Grupo a Grupo

Os 32 clubes desta ChL, Grupo a Grupo

@ChampionsLeague

No moedor das eliminatórias ocorreram 93 jogos em que aconteceram 245 gols. Os seis times resistentes e os 26 privilegiados, ou 32, acabaram divididos, por sorteio, em oito chaves de quatro cada. E nessas chaves já houve 64 duelos nos quais se realizaram 200 gols, a média de 3,13. No acumulado, em 157 combates, 445 tentos, a média de 2,83. Prosseguirão às oitavas de final os dois melhores de cada Grupo. E já existem quatro assegurados com duas jornadas de antecedência: Ajax da Neerlândia, Bayern da Alemanha, Juventus da Itália e Liverpool da Inglaterra. Aos oito terceiros sobrará o consolo de uma repescagem na futura Europa League, uma espécie de Série B da UEFA

O Krestovsky Stadium, sede da decisão

O Krestovsky Stadium, sede da decisão

UEFA

Num continente que, aos trambolhões, se resgata da crise provocada pela pandemia da Covid-19, se revelou ótima a afluência de público aos estádios da Champions, ainda protegidos por rigorosos protocolos de segurança. Nas 64 porfias da fase de chaves houve 2.059.369 espectadores, a média de 32.178. Os artilheiros: Lewandowski (Bayern), 8 gols; Sébastien Haller (Ajax), 7; Christopher Nkunku (RB Leipzig), Mohamed Salah (Liverpool), e Cristiano Ronaldo (Manchester United), 5. A decisão da ChL 2021/2022 acontecerá em 25 de Maio de 2022, um sábado, no Krestovsky de São Petersburgo, na Rússia.

Uma das bandeiras da Champions

Uma das bandeiras da Champions

@ChampionsLeague

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas