Silvio Lancellotti A Macedônia do Norte complica a viagem da Alemanha ao Qatar

A Macedônia do Norte complica a viagem da Alemanha ao Qatar

Bateu a favoritérrima, como visitante. E colocou a Armênia na liderança de seu grupo, 9 pontos. Enquanto isso, seguem sólidas a Itália, a Inglaterra e a Dinamarca, com 100% de aproveitamento. 

O veterano Pandev, da Macedônia do Norte, fulmina a portentosa Alemanha

O veterano Pandev, da Macedônia do Norte, fulmina a portentosa Alemanha

@UEFA2020

Terminou nesta quarta-feira, dia 31 de Março, aquela que foi, digamos assim, a primeira parte das eliminatórias da Copa do Qatar/2022. Até aqui, aconteceram três rodadas e 75 partidas de um total de dez rodadas e 250 pelejas. A competição, organizada pela UEFA, entidade reguladora do Futebol do Velho Continente, congrega as suas 55 federações divididas em cinco chaves de cinco e outras cinco de seis seleções. Em 16 de Novembro esta fase se completará e se conhecerão as campeãs de cada Grupo. A Europa tem direito a treze vagas na Copa. As dez campeãs automaticamente visam os seus passaportes. As suas dez vices, no entanto, ainda necessitarão superar novos desafios, até que restem mais três, e se preencham todas as vagas, conforme explicarei adiante, neste mesmo texto.

Sensi, da Itália, 2 X 0 na Lituânia

Sensi, da Itália, 2 X 0 na Lituânia

@UEFA2020

Ocorreram quinze partidas nesta quarta. Um resumo das eliminatórias até aqui: 75 jogos, 237 gols, média de 3,16. A sua quarta jornada, porém, apenas se realizará no dia 1º de Setembro. A UEFA necessita de um interregno para a recuperação da 16ª edição da sua Eurocopa de seleções, que se realizaria em 2020 e, no entanto, por causa da eclosão da Covid-19, deverá se desenrolar só agora, de 11 de Junho a 11 de Julho. Então, definidas as dez promovidas ao Qatar, às dez vices se agregarão mais duas, repescadas da “Nations League”, a Liga das Nações, uma disputa paralela criada pela UEFA de modo a propiciar possibilidades extras de exposição às afiliadas menos cotadas. As doze daí se dividirão em dois potes, um com as seis de maior pontuação no ranking da FIFA, e outro com as quatro restantes e as duas repescadas. Num sorteio se estabelecerão, sucessivamente, mata-matas de jogo único, até se consolidarem as 13 promovidas em 29 de Março de 2022.

Dinamarca, a maior derrota da Áustria, dentro da Áustria

Dinamarca, a maior derrota da Áustria, dentro da Áustria

@UEFA2020

Protocolos de segurança regularão toda a competição, as 55 seleções em viagens constantes. Pode até suceder, conseqüência radical das restrições específicas de algum governo, de uma equipe se obrigar a mandar uma pugna em campo neutro. Certas partidas inclusive têm um público mínimo nas suas arquibancadas, como Armênia 3 X 2 Romênia nesta quarta. Detalhe: para a determinação das seleções em cada Grupo a UEFA se obrigou a recorrer a um insólito programa de computador. Razões de História e peculiaridades diplomáticas impediram que caíssem em um mesmo Grupo o Kosovo e seleções da ex-Iugoslávia como Bósnia e Herzegovina e a Sérvia, ou como a Rússia e a Ucrânia, a Armênia e o Azerbaidjão. Evitaram-se as viagens de distâncias longas como do Azerbaidjão até a Islândia. Ou, como do Cazaquistão até as Ilhas Britânicas. a França e a Espanha. E não ficaram numa mesma turma aquelas de Inverno inclemente, das Bálticas até a Rússia.

Armênia, numa raro prélio com torcida, a suroreendente líder do Grupo da Alemanha

Armênia, numa raro prélio com torcida, a suroreendente líder do Grupo da Alemanha

@UEFA2020

A seguir, após três rodadas, a situação de cada Grupo.


GRUPO A
Portugal, Sérvia, Irlanda, Luxemburgo, Azerbaidjão

A “equipa das Cinco Quinas” de Cristiano Ronaldo já estaria numa condição excepcional caso existisse o VAR nestas eliminatórias. Indubitavelmente o neerlandês Danny Makkiele teria confirmado o gol do CR7 já nos acréscimos do cotejo em viagem até a Sérvia e o placar exibiria 3 X 2 em favor de Portugal. De todo modo, pelo fato de o retorno acontecer em casa, parece mais viável que o selecionado lusitano seja o primeiro desta turma. 

A classificação do Grupo A

A classificação do Grupo A

Reprodução

Prélios realizados
PORTUGAL 1 X 0 AZERBAIDJÃO

Juventus Stadium, Turim, Itália
Árbitro: Daniel Siebert (Alemanha)
Gols: Medvedev/con
SÉRVIA 3 X 2 REPÚBLICA DA IRLANDA
Stadion Rajko Mitic, Belgrado, Sérvia
Átbitro: Dàvide Massa (Itália)
Gols: Vlahovic, Mitrovic/2 X Browne, Collins
SÉRVIA 2 X 2 PORTUGAL
Stadion Rajko Mitic, Belgrado, Sérvia
Árbitro: Danny Makkelie (Neerlândia)
Gols: Mitrovic,Kostic X Diogo Jota/2
REPÚBLICA DA IRLANDA 0 X 1 LUXEMBURGO
Aviva Stadium, Dublin, República da Irlanda
Árbitro: Fran Jovic (Croácia)
Gols: Rodrigues
AZERBAIDJÃO 1 X 2 SÉRVIA
Olympic Stadium, Baku, Azerbaidjão
Árbitro: Roi Reinshreiber (Israel)
Gols: Makhumudov/pen X Mitrovic/2
LUXEMBURGO 1 X 3 PORTUGAL
Stade Josy Barthel, Cidade de Luxemburgo, Luxemburgo
Árbitro: Sergey Ivanov (Rússia)
Gols: Gerson Rodrigues X Diogo Jota, Cristiano Ronaldo, João Palhinha


GRUPO B
Espanha, Suécia, Grécia, Geórgia, Kosovo

Esperadíssimo que neste transparente Grupo B fossem a Espanha e a Suécia as duas ponteiras, com mais chance de a “Fúria” assumir a primeira colocação. Escorregou, grotescamente, porém, logo na estreia, em casa, diante da Grécia, uma livre-atiradora. Detalhe, a Espanha está um degrau á frente. Só que já disputou uma partida mais. A decisão ficará, obvia e nervosamente, para os seus respectivos confrontos diretos.

A classificação do Grupo B

A classificação do Grupo B

Reprodução

Prélios realizados
ESPANHA 1 X 1 GRÉCIA

Estadio Nuevo Los Cármenes, Granada, Espanha
Árbitro: Marco Guida (Itália)
Gols: Morata X Bakasetas/pen
SUÉCIA 1 X 0 GEÓRGIA
Friends Arena, Solna, Suécia
Árbitro: Benoît Bastien (França)
Gols: Claesson
GEÓRGIA 1 X 2 ESPANHA
Boris Paichadze Dinamo Arena, Tíflis, Geórgia
Árbitro: Radu Petrescu (Rom)
Gols: Kvaratskhelia X Ferran Torres, Olmo
KOSOVO 0 X 3 SUÉCIA
Fadil Vokrri Stadium, Pristina, Kosovo
Árbitro: Tamás Bognár (Hungria)
Gols: Augustinsson, Isak, Sebastian Larsson/pen
GRÉCIA 1 X 1 GEÓRGIA
Toumba Stadium, Tessalônica, Grécia
Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia)
Gols: Kakabadze X Kvaratskhelia
ESPANHA 3 X 1 KOSOVO
Estadio La Cartuja, Sevilha, Espanha
Árbitro: Jakob Kehlet (Dinamarca)
Gols: Olmo, Ferrán Torres, Gerard Moreno X Halimi


GRUPO C
Itália, Suíça, Irlanda do Norte, Bulgária, Lituânia

Também no Grupo C um par de favoritas antecipadas, a “Azzurra” e a “Nati”. Que venceram todas as porfias de que participaram. Três a Itália e duas a Suíça. O treinador Roberto Mancini, da “Azzurra”, completou uma série de 25 pelejas sem derrota. Um precioso sinal, especialmente porque sem conceder um só tento. Curiosidade: o jogo entre Irlanda do Norte e Bulgária apresentou o único placar de 0 X 0 até aqui nas eliminatórias da UEFA.

A classificação do Grupo C

A classificação do Grupo C

Reprodução

Prélios realizados
BULGÁRIA 1 X 3 SUÍÇA

Vasil Levski National Stadium, Sofia, Bulgária
Árbitro: Nikola Dabanovic (Montenegro)
Gols: Despodov X Embolo, Seferovic, Zuber
ITÁLIA 2 X 0 IRLANDA DO NORTE
Stadio Ennio Tardini, Parma, Itália
Árbitro: Ali Palabiyik (Turquia)
Gols: Berardi, Immobile
BULGÁRIA 0 X 2 ITÁLIA
Vasil Levski National Stadium, Sofia, Bulgária
Árbitro: Slavko Vincic (Eslovênia)
Gols: Belotti/pen, Locatelli
SUÍÇA 1 X 0 LITUÂNIA
Kybunpark, St.-Gallen, Suíça
Árbitro: Mattias Gestranius (Finlândia)
Gols: Shaqiri
LITUÂNIA 0 X 2 ITÁLIA
LFF Stadium, Vilnius, Lituânia
Árbitro: Pawel  Raczkowski (Polônia)
Gols: X Sensi, Immobile/pen
IRLANDA DO NORTE 0 X 0 BULGÁRIA
Windsor Park, Dublin, Irlanda do Norte
Árbitro: Yigal Frid (Israel)


GRUPO D
França, Ucrânia, Finlândia, Bósnia e Herzegovina, Cazaquistão

Imperdoável o tombo da França, logo na estreia, uma igualdade, em Paris, diante da Ucrânia. Não fosse esse bobo deslize, já teria galopado rumo à vaga no Qatar.

Reprodução

Prélios realizados
FINLÂNDIA 2 X 2 BÓSNIA E HERZEGOVINA

Helsinki Olympic Stadium, Helsinque, Finlândia
Árbitro: Tasos Sidiropoulos (Grécia)
Gols: Pukki/2 X Pjanic, Stevanovic
FRANÇA 1 X 1 UCRÂNIA
Stade de France, Saint-Denis, França
Árbitro: Tobias Stieler (Alemanha)
Gols: Griezmann X Kimpembe/con
CAZAQUISTÃO 0 X 2 FRANÇA
Astana Arena, Nur-Sultan, Cazaquistão
Árbitro: Aleksei Kulbabov (Belarus)
Gols: Dembelé, Maliy/con
UCRÂNIA 1 X 1 FINLÃNDIA
NSC Oliympiyskiy, Kiev, Ucrânia
Árbitro: István Kovács (Romênia)
Gols: Júnior Moraes X Pukki/pen
BÓSNIA E HERZEGOVINA 0 X 1 FRANÇA
Grbavica Stadium, Sarajevo, Bósnia e Herzegovina
Árbitro: Daniele Orsato (Itália)
Gols: Griezmann
UCRÂNIA 1 X 1 CAZAQUISTÃO
NSC Oliympiyskiy, Kiev, Ucrânia
Árbitro: Matej Jug (Eslovênia)
Gols: Yaremchuk X Muzhikov


GRUPO E
Bélgica, Gales, República Tcheca, Belarus, Estônia

Que ninguém me peça para explicitar. Apenas a oitava no ranking da UEFA, a Bélgica lidera a lista da FIFA. Três rodadas nestas eliminatórias, de todo modo, lhe bastaram para abrir uma folga bem confortável neste seu Grupo E. Numa briga, interessantíssima, pela segunda colocação só a incipiente Estônia não dispõe de qualquer chance de se impor.

A classificação do Grupo E

A classificação do Grupo E

Reprodução

Prélios realizados
BÉLGICA 3 X 1 GALES

Den Dreef, Leuven, Bélgica
Árbitro: Cuneyt Çakir (Turquia)
Gols: De Bruyne, Thorgan Hazard, Lukaku X Wilson
ESTÔNIA 2 X 6 REPÚBLICA TCHECA
Arena Lublin, Lublin, Polônia
Árbitro; Anastasos Papapetrou (Grécia)
Gols: Sappinen, Henri Anier X Schick, Barak, Soucek/3, Jantko
BELARUS 4 X 2 ESTÔNIA
Dinamo Stadium, Minsk, Belarus
Árbitro: Robert Hennessy (Irlanda)
Gols: Lysakovich/2/1pen, Kendysh, Savitski X Henri Anier/2
REPÚBLICA TCHECA 1 X 1 BÉLGICA
Eden Arena, Praga, República Tcheca
Árbitro: Willie Collum (Escócia)
Gols: Provod X Lukaku
GALES 1 X 0 REPÚBLICA TCHECA
Cardiff City Stadium, Cardiff, Gales
Árbitro: Ovidiu Hategan (Romênia)
Gols: Daniel James
BÉLGICA 8 X 0 BELARUS
Den Dreef, Leuven, Bélgica
Árbitro: Donatas Rumsas (Lituânia)
Gols: Batshuayi, Vanaken/2, Trossard/2, Doku, Praet, Benteke


GRUPO F
Dinamarca, Áustria, Escócia, Israel, Far Oer, Moldávia

De fato impressionante a performance da Dinamarca, em particular por ter batido dois adversários perigosos, Israel e Áustria, como visitante. No caso da Áustria, a sua maior derrota internacional como mandante. Também brilhante a potência do seu ataque, 14 tentos em três cotejos. E sem dizer que a sua retaguarda não permitiu um gol sequer.

A classificação do Grupo F

A classificação do Grupo F

Reprodução

Prélios realizados
ISRAEL 0 X 2 DINAMARCA

Bloomfield Stadium, Tel-Aviv, Israel
Árbitro: Craig Pawson (Inglaterra)
Gols: Braithwaite, Wind
MOLDÁVIA 1 X 1 FAR OER
Stadionul Zimbru, Chisinau, Moldávia
Árbitro: Iwan Arwel Griffith (Gales)
Gols: Nicolaescu X Meinhard Olsen
ESCÓCIA 2 X 2 ÁUSTRIA
Hampdem Park, Glasgow, Escócia
Árbitro: Carlos del Cerro Grande (Espanha)
Gols: Hanley, McGinn X Kalajdzic
DINAMARCA 8 X 0 MOLDÁVIA
MCH Arena, Herning, Dinamarca
Árbitro: Aliyar Aghayev (Azerbaidjão)
Gols: Dolberg/2/1pen, Damsgaard/2, Stryger Larsen, Jensen, Skov, Ingvartsen
ÁUSTRIA 3 X 1 FAR OER
Ernst-Happel-Stadion, Viena, Áustria
Árbitro: Kateryna Monzul (Ucrânia)
Gols: Dragovic, Baumgartner, Kalajdizc X Nattestad
ISRAEL 1 X 1 ESCÓCIA
Bloomfield Stadium, Tel-Aviv, Israel
Árbitro: Deniz Aytekin (Alemanha)
Gols: Dor Peretz X Fraser
ÁUSTRIA 0 X 4 DINAMARCA
Bloomfield Stadium, Tel-Aviv, Israel
Árbitro: Artur Soares Dias (Portugal)
Gols: Olsen/2, Maehle, Hoejbjerg
MOLDÁVIA 1 X 4 ISRAEL
Stadionul Zimbru, Chisinau, Moldávia
Árbitro: Bojan Pandzic (Suécia)
Gols: Carp X Zahavi, Solomon, Dabbur, Natcho
ESCÓCIA 4 X 0 FAR OER
Hampdem Park, Glasgow, Escócia
Árbitro: Trustin Farrugia Cann
Gols: McGinn/2, Adams, Fraser


GRUPO G
Neerlândia, Turquia, Noruega, Montenegro, Letônia, Gibraltar
Depois de bater as Neerlândia e a Noruega, as suas duas grandes rivais nesta turma, por atuar, em casa, diante da frágil Letônia, a Turquia poderia ter disparado à frente na batalha pelo primeiro lugar. Incrivelmente, porém, depois de fazer 3 X 0, permitiu o empate à visitante e permitiu a aproximação das inimigas e também de Montenegro. Um Grupo de futuro absolutamente imprevisível, principalmente no topo da tabela.

A classificação do Grupo G

A classificação do Grupo G

Reprodução

Prélios realizados
TURQUIA 4 X 2 NEERLÂNDIA

Ataturk Olympic Stadium, Istambul, Turquia
Árbitro: Michael Oliver (Inglaterra)
Gols: Yilmaz/3/1pen, Çalhanoglu X Klaassen, Luuk de Jong
GIBRALTAR 0 X 3 NORUEGA
Victoria Stadium, Gibraltar
Árbitro: Duje Strukan (Croácia)
Gols: Sorloth, Thorstved, Svensson
LETÔNIA 1 X 2 MONTENEGRO
Skonto Stadium, Riga, Letônia
Árbitro: Alain Durieux (Luxemburgo)
Gols: Ikaunieks X Jovetic/2
MONTENEGRO 4 X 1 GIBRALTAR
Podgorica City Stadium, Podgorica, Montenegro
Árbitro: Manuel Schuettengruber (Áustria)
Gols: Beciraj, Simic, Tomasevic, Jovetic X Styche/pen
NEERLÂNDIA 2 X 0 LETÔNIA
Johan Criijff ArenA, Amsterdam, Neerlândia
Árbitro: Stéphanie Frappart (França)
Gols: Berghuis, Luuk de Jong
NORUEGA 0 X 3 TURQUIA
La Rosaleda, Málaga, Espanha
Árbitro: Alejándro Hernández (Espanha)
Gols: Ozan Tufan/2, Soyuncu
GIBRALTAR 0 X 7 NEERLÂNDIA
Victoria Stadium, Gibraltar
Árbitro: João Pinheiro (Portugal)
Gols: Berghuis, Luuk de Jong, Depay/2, Wijnaldum, Malen, Van de Beek
MONTENEGRO 0 X 1 NORUEGA
Podgorica City Stadium, Podgorica, Montenegro
Árbitro: Anthony Taylor (Inglaterra)
Gols: Serloth
TURQUIA 3 X 3 LETÔNIA
Ataturk Olympic Stadium, Istambul, Turquia
Árbitro: Daniel Stefanski (Polônia)
Gols: Karaman, Çalhanoglu, Yilmaz X Savalnieks, Uldrikis, Davis Ikaunieks


GRUPO H
Croácia, Eslováquia, Rússia, Eslovênia, Chipre, Malta
Vice da França na Copa da Rússia/2018, envelheceu, desde então, o ótimo elenco da Croácia. A sua derrota, em viagem, para a inesperada Eslovênia, embolou o Grupo e complicou qualquer especulação. Até Chipre, que superou a mesma Eslovênia na sua primeira vitória em eliminatórias, pode se transformar num incômodo.

A classificação do Grupo H

A classificação do Grupo H

Reprodução

Prélios realizados
CHIPRE 0 X 0 ESLOVÁQUIA

GSP Stadium, Nicósia, Chipre
Árbitro: Aleksandar Stavrev (Macedônia do Norte)
MALTA 1 X 3 RÚSSIA
National Stadium, Ta’ Qali, Chipre
Árbitro: Peter Kjaesgaard (Dinamarca)
Gols: Mbong X Dzyuba, Mário Fernandes, Sabolev
ESLOVÊNIA 1 X 0 CROÁCIA
Stožice Stadium, Liubiana, Eslovênia
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha)
Gols: Lovric
RÚSSIA 2 X 1 ESLOVÊNIA
Fisht Olympic Stadium, Sochi, Rússia
Árbitro: Marco Di Bello (Itália)
Gols: Dzyuba/2 X Ilicic
CROÁCIA 1 X 0 CHIPRE
Stadion Rujevica, Rijeka, Croácia
Árbitro: Kristo Tohver (Estônia)
Gols: Pasalic
ESLOVÁQUIA 2 X 2 MALTA
Stadión Antona Malatinského, Trnava, Eslováquia
Árbitro: Harald Lechner (Áustria)
Gols: Strelec, Skriniar X Gambin, Satariano
CHIPRE 1 X 0 ESLOVÊNIA
GSP Stadium, Nicósia, Chipre
Árbitro: Andreas Ekberg (Suécia)
Gols: Pittas
CROÁCIA 3 X 0 MALTA
Stadion Rujevica, Rijeka, Croácia
Árbitro: Lionel Tschudi (Suíça)
Gols: Perisic, Modric/pen, Brekalo
ESLOVÁQUIA 2 X 1 RÚSSIA
Stadión Antona Malatinského, Trnava, Eslováquia
Árbitro: Carlos del Cerro Grande (Espanha)
Gols: Skriniar, Mak X Mário Fernandes


GRUPO I
Inglaterra, Polônia, Hungria, Albânia, Andorra, San Marino
Tranquilo o “English Team” do venerável Harry Kane. Lastimável a Polônia de Lewandowsky, o “Craque de 2021” na eleição da FIFA. Atrás, até de uma Hungria rejuvenescida e de uma Albânia surpreendente. Briga boa meramente pela segunda colocação do Grupo I.

A classificação do Grupo I

A classificação do Grupo I

Reprodução

Prélios realizados
ANDORRA 0 X 1 ALBÂNIA

Estadi Nacional, Andorra la Vella, Andorra
Árbitro: Volen Chinkov (Bulgária)
Gols: Lenjani
INGLATERRA 5 X 0 SAN MARINO
Wembley Stadium, Londres, Inglaterra
Árbitro: Kirill Levnikov (Rússia)
Gols: Ward-Prowse, Calvert-Lewin/2, Sterling, Watkins
HUNGRIA 3 X 3 POLÔNIA
Puskás Arena, Budapest, Hungria
Árbitro: Felix Brych (Alemanha)
Gols: Sallai, Szalai, Orbán X Piatek, Jozwiak, Lewandowski
ALBÃNIA 0 X 1 INGLATERRA
Arena Kombetare, Tirana, Albânia
Árbitro: Orel Grinfeeld (Israel)
Gols: Harry Kane, Mount
POLÔNIA 3 X 0 ANDORRA
Stadion Wojska Polskiego, Varsóvia, Polônia
Árbitro: Erik Lambrechts (Bélgica)
Gols: Lewandowski/2, Swiderski
SAN MARINO 0 X 3 HUNGRIA
Stadio Olímpico di Serravalle, Serravalle, San Marino
Árbitro: Nicholas Walsh (Escócia)
Gols: Szalai/pen, Sallai, Nikolic/pen
ANDORRA 1 X 4 HUNGRIA
Estadi Nacional, Andorra la Vella, Andorra
Árbitro: Vilhjamur Thoranisson (Islândia)
Gols: Pujol/pen X Fiola, Gazdag, Kleinheisler, Négo
INGLATERRA 2 X 1 POLÔNIA
Wembley Stadium, Londres, Inglaterra
Árbitro: Bjoern Kuipers (Neerlândia)
Gols: Harry Kane/pen, Maguire X Moder
SAN MARINO 0 X 2 ALBÂNIA
Stadio Olímpico di Serravalle, Serravalle, San Marino
Árbitro: Kai Erik Steen (Noruega)
Gols: Manaj, Uzuni


GRUPO J
Alemanha, Romênia, Islândia, Macedônia do Norte, Armênia, Liechtenstein
Indiscutivelmente o maior impacto do Futebol em todo o planeta nestes inícios de eliminatórias da UEFA. Quem imaginaria a Armênia com 100% de aproveitamento em um Grupo que parecia sossegado na posse da poderosa “Mannschaft” da Alemanha? Com efeito, para o elenco de Juergen Loew foi vergonhoso o seu tombo, em casa, diante da Macedônia do Norte do vovô Goran Pandev, 37 de idade e ainda em plena forma.

A classificação do Grupo J

A classificação do Grupo J

Reprodução

Prélios realizados
ALEMANHA 3 X 0 ISLÂNDIA

MSV Arena, Duisburg, Alemanha
Árbitro: Srdan Jovanovic (Sérvia)
Gols: Goretzka, Havertz, Gundogan
LIECHTENSTEIN 0 X 1 ARMÊNIA
Rheinpark Stadion, Vaduz, Liechtenstein
Árbitro: Julian Weinberger (Áustria)
Gols: Frommelt/con
ROMÊNIA 3 X 2 MACEDÔNIA DO NORTE
Arena Nationalá, Bucarest, Romênia
Árbitro: Fábio Veríssimo (Portugal)
Gols: Florin Tanase, Mihailà. Hagi X Ademi, Trajkovski
ARMÊNIA 2 X 0 ISLÂNDIA
Vazgen Sargsyan Republican St., Yerevan, Armênia
Árbitro: Enea Jorgii (Albânia)
Gols: Barseghyan, Bayramyan
MACEDÔNIA DO NORTE 5 X 0 LIECHTENSTEIN
Tose Proeski National Arena, Skopje, Mac. do Norte
Árbitro: Mykola Balakin (Ucrânia)
Gols: Bardi, Trajkovski/2,Elmas, Nestorovski/pen
ROMÊNIA 0 X 1 ALEMANHA
Arena Nationalá, Bucarest, Romênia
Árbitro: Clément Turpin (França)
Gols: Gnabry
ARMÊNIA 3 X 2 ROMÊNIA
Vazgen Sargsyan Republican St., Yerevan, Armênia
Árbitro: Andris Treimanis (Letônia)
Gols: Spertsyan, Haroyan, Barseghyan/pen X Cicaldau/2
ALEMANHA 1 X 2 MACEDÔNIA DO NORTE
MSV Arena, Duisburg, Alemanha
Árbitro: Sergei Karasev (Rússia)
Gols: Gundogan X Pandev, Elmas
LIECHTENSTEIN 1 X 4 ISLÂNDIA
Rheinpark Stadion, Vaduz, Liechtenstein
Árbitro: Mohammed Al-Hakim (Suécia)
Gols: X Birkir Saevarsson, Birkir Bjarnason, Pálsson, Sigurjónsson


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas