Silvio Lancellotti A Juve e a Roma crescem na tabela do certame da Bota em 2021/2022

A Juve e a Roma crescem na tabela do certame da Bota em 2021/2022

Com vitórias em viagem, 2 X 0 contra o Bologna e 4 X 1 sobre a Atalanta, as duas agremiações se aproximam da zona de vaga na Champions e aguardam o jogo Milan X Napoli deste domingo

Na neblina, detalhe do arremate de Cuadrado para Bologna ( X 2 Juventus

Na neblina, detalhe do arremate de Cuadrado para Bologna ( X 2 Juventus

@JuventusFC

De 2006 para cá, a batalha pelos títulos do Campeonato Italiano de Futebol, o Calcio, literalmente se transformou numa metáfora gastronômica. Entre 2005/2006 e agora, a Internazionale funcionou como o pão de um sanduíche e a Juventus como o seu recheio, tudo banhado por um tico de molho, o Milan. Traduzo. Penta entre 2006 e 2010, a “Biscione”, serpente mitológica da Lombardia, só voltou a arrebatar um “scudetto” em 2020/2021. E, no entremeio, a “Senhora” do Piemonte acumulou o inusitado enea, nove taças em série de 2012 a 2020, sob o tempero de um troféu do “Diavolo”, 2010/2011.

A Inter que se consolida na liderança, rumo ao bi

A Inter que se consolida na liderança, rumo ao bi

@Serie A Calcio

Na sexta-feira, 17 de Dezembro, por 5 X 0 a Inter arrasou a Salernitana, alcançou o seu tento 103 neste Ano Solar e escalou os 43 pontos em 54 possíveis, degrau inacessível aos seus principais perseguidores, Milan nos 39 e Napoli nos 38, adversários em confronto direto no domingo, dia 19. Absurdos 15 pontos acima dos parcos 28 da Juventus, na pior performance desde o seu rebaixamento, na Justiça desportiva da Bota, exatamente em 2006, emaranhada em um escandalaço de designações de árbitros. A “Senhora” que, neste sábado 18, sem Chiesa e Dybala, seus melhores jogadores, pelejou diante do Bologna para subir aos 31 e não se afastar demais da chance de uma vaga na futura Champions League da Europa. Eis as sínteses das três porfias do sábado, 18ª rodada do atual “Nazionale”:

Morata à frente, a celebração da vitória da "Senhora" em Bolonha

Morata à frente, a celebração da vitória da "Senhora" em Bolonha

@JuventusFC

BOLOGNA (24/10º) 0 X 2 JUVENTUS (31/6º)
Bolonha, Stadio Renato Dall’Ara
Gols: Morata, Cuadrado

Ninguém se iluda. Foi mais um exibição medíocre da “Zebra” de Turim. Menos posse de bola do que a dona da casa, 42% a 58%. De todo modo, a Juve de Max Allegri soube desfrutar, eficazmente, as raras oportunidades que produziu e suplantou a vibração do bom time do estóico Sinisa Mihailovic. E a primeira chance despontou muito depressa, aos 6’, lance construído por Álvaro Morata, que tabelou com Bernardeschi e arrematou sem defesa para o arqueiro Skorupski, polonês, congelado debaixo da trave. Fazia um frio polar no Dall’Ara, escurecido na neblina que comprometeu bastante a transmissão pela TV.

Morata, a Juve com 1 X 0 logo aos 6'

Morata, a Juve com 1 X 0 logo aos 6'

@JuventusFC

Incapaz de converter em tentos o predomínio territorial, o Bologna apenas exigiu uma acrobacia de Szczesny, curiosamente um compatriota de Skorupski, seu reserva na seleção da Polônia, na metade da etapa derradeira. No lance subseqüente, aos 69’, o colombiano Juán Cuadrado acertou um chute estupendo, diagonal, do bico esquerdo da área maior do anfitrião, bem no ângulo oposto da meta de Skorupski, 2 X 0. Nada a fazer, para o Bologna, além de se conformar e testemunhar o toque de bola da Juve, insistente, irritante, inútil, mas suficiente para queimar o tempo. Graças ao tombo da Atalanta, a depender do jogo Milan X Napoli na “domenica”, a “Senhora” diminuiu a meros seis pontos a sua distância da zona de qualificação à futura Champions League. Exatamente com a Roma, porém.

Abraham, na comemoração da vitória da Roma, em Bérgamo

Abraham, na comemoração da vitória da Roma, em Bérgamo

@ASRoma

ATALANTA (37/3º) 1 X 4 ROMA (31/5º)
Bérgamo, Gewiss Stadium
Gols: Cristante/con X Abraham/2, Zaniolo, Smalling

Uma partida desastrosa da “Deusa”, especificamente da sua retaguarda, agora 24 tentos concedidos em 18 jogos, a media horrível de 1,33, contra 38 a favor. E o trauma se iniciou antes dos 60”, num lance individual de Abraham, que se infiltrou nos vazios da defesa da hospedeira e fez 1 X 0. Num outro lance em velocidade, tabela belíssima com Veretout, aos 27’, Zaniolo dobrou. E, apesar do gol contra de Cristante já no encerramento do primeiro tempo, a Atalanta não encontrou, nunca, um meio de atacar, sequer de vencer.

Mourinho, a Roma cada vez mais à sua feição

Mourinho, a Roma cada vez mais à sua feição

@ASRoma

De novo Gian Piero Gasperini, o seu treinador/inventor, insistiu em podar a dupla Zapata-Muriel, da seleção da Colômbia. Muriel, esquecido no banco, ainda entrou no prélio aos 34’ e participou da jogada que redundou no infortúnio de Cristante. De todo modo, a “Deusa” padeceu para conter o ímpeto de uma Roma cada vez mais à feição do seu “mister” José Mourinho. Gasperini tentou despejar o mau resultado na conta do árbitro Massimiliano Irrati, que anulou corretamente, e com o referendo do VAR, a “rete” do empate, Palomino impedido, aos 69. A “Loba”, todavia, ainda ampliou o placar e acentuou as dificuldades da Atalanta dentro de casa. É a melhor equipe do torneio como visitante, 8 vitórias e uma igualdade em 9 jogos. E uma das piores como mandante, 3 triunfos, 3 empates e agora 3 derrotas, empacada no patamar dos 37 pontos. Quem sabe, na terça, em Gênova...


CAGLIARI (10/19º) 0 X 4 UDINESE (20/14º)
Cagliari, Stadio Unipol Domus
Gols: Marengo, Deulofeu/2/1pen, Molina


Jogos do domingo, 19 de Dezembro:

FIORENTINA (30/7º) X SASSUOLO (23/12º)
Florença, Stadio Artemio Franchi

SPEZIA (12/17º) X EMPOLI (26/9º)
La Spezia, Stadio Alberto Picco

SAMPDORIA (18/15º) X VENEZIA (16/16º)
Gênova, Stadio Luigi Ferraris

TORINO (22/13º) X VERONA (23/11º)
Turim, Stadio Olìmpico Grande Torino

O anúncio de uma pizzaria de Boston/EUA que exibirá o Milan X Napoli pela TV

O anúncio de uma pizzaria de Boston/EUA que exibirá o Milan X Napoli pela TV

@ACMilan

MILAN (39/2º) X NAPOLI (36/4º)
Milão, Stadio di San Siro


Jogos realizados na sexta, 18 de Dezembro:

SALERNITANA (8pg/20º lugar) 0 X 5 INTER (43/1º)
Gols: Perisic, Dumfries, Sánchez, Lautaro, Gagliardini

LAZIO (28/8º) 3 X 1 GENOA (10/18º)
Gols: Pedro, Acerbi, Zaccagni X Malegoni


Inaugurada em 21 de Agosto e com o seu desfecho previsto para o dia 22 de Maio de 2022, esta edição da Série A do Futebol da Velha Bota, a 120ª na História do Calcio, a 90ª desde a implantação do campeonato de pontos corridos, em turno e em returno, já apresentou 175 partidas e 543 tentos, a média de 3,10. Os principais artilheiros: Dusan Vlahovic (Fiorentina), 15 gols; Ciro Immobile (Lazio), 13; Giovanni Simeone (Verona), 12. Lautaro Martínez (Inter), com 11. Duván Zapata (Atalanta) e João Pedro (Cagliari), com 9.

A bola oficial da Série A em 2021/2022

A bola oficial da Série A em 2021/2022

@Serie A Calcio

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas