Silvio Lancellotti A Itália e a Bélgica, na LN, agora, só dependem dos seus resultados

A Itália e a Bélgica, na LN, agora, só dependem dos seus resultados

Penúltima jornada da "Nations League" da UEFA, vitórias cruciais sobre a Polônia e sobre a Inglaterra. Também a Alemanha perto da sua qualificação.

Tielemans, o segundo gol de Bélgica 2 X 0 Inglaterra

Tielemans, o segundo gol de Bélgica 2 X 0 Inglaterra

@BelRedDevils

Mesmo com uma jornada de antecipação, nesta etapa de chaves da competição, já existe uma seleção garantida entre as quatro que, em Outubro de 2021, brigarão pelo título da segunda edição da Liga das Nações da Europa, a LN. No Grupo 3, a França. Ficarão para a jornada derradeira, de combates na terça-feira dia 17 e na quarta-feira dia 18, as definições do Grupo 1, do Grupo 2 e do Grupo 4. Das 55 afiliadas à UEFA, a entidade que cuida do Futebol no Velho Continente, 16 puderam se candidatar ao troféu, as integrantes da Divisão A, hierarquizadas de acordo com um ranking estruturado a partir de cinco temporadas de performances acumuladas, inclusive a LN de 2018/19.

Eis a análise compacta dos jogos deste 15 de Novembro:


GRUPO 1

Memphis Depay, da Neerlândia

Memphis Depay, da Neerlândia

@Euro2020

NEERLÂNDIA 3 X 1 BÓSNIA-HERZEGOVINA
Johan Cruijff Arena, Amsterdam, 55.000 lugares
Plateia: 0
Árbitro: François Letexier (França)

Gols: Wijnaldum/2, Depay X Prevljak

Em menos de 15 minutos a antiga Holanda consolidou os seus três pontos e também a sua chance de abiscoitar uma vaga na briga pelo título. Logo aos 6’, Wijnaldum, depois de uma tabela entre Depay e Dumphries. Aos 14’, Depay desceu pela esquerda, cruzou e Berghuis escorou de testa para o arremate de Wijnaldum, o seu tento de número 20 com a camisa alaranjada. Depay também realizaria o seu gol 20, aos 55’, toque de calcanhar de Berghuis, o cruzamento de Dumfries, e os 3 X 0 do miolo da área. A Bósnia realizou o chamado gol de honra, Prevljak aos 66’, e nada mais. A Neerlândia, que entrou no gramado três horas mais cedo, escalou os 8 pontos e ficou à espera do combate na Itália. E a Bósnia amargou o seu rebaixamento à Divisão B.

Detalhe do penal convertido por Jorginho, então Itália 1 X 0 Polônia

Detalhe do penal convertido por Jorginho, então Itália 1 X 0 Polônia

@Azzurri

ITÁLIA 2 X 0 POLÔNIA
Mapei Stadium, Reggio di Emilia, 21.584 lugares
Plateia: 0
Árbitro: Clèment Turpin (França)

Gols: Jorginho/pen, Berardi

Pressão integral de uma “Azzurra” bem ofensiva diante de uma Polônia de time irritado pela perseguição cerrada dos defensores rivais ao artilheiro Lewandowski. E a equipe da Velha Bota sequer dispunha do seu treinador, Roberto Mancini, na sua lateral. Acometido pela Covid-19, o “Mancio” dirigiu os seus pupilos por celular, da sua casa, em contato permanente com o sub Alberigo Evani. Aos 26’, um pênalti boboca de Krychoviak, um agarrão ginasiano em Bellotti, propiciou a impecável cobrança de Jorginho: um tiro mansinho no canto direito enquanto o arqueiro Szceszny se atirava no lado esquerdo, concedeu a vantagem à Itália. Que, aos 77’, se locupletou da tensão dos visitantes, expulso Goralski, a Polônia com dez. Daí, aos 83’, num “contropiede” típico do “Calcio”, Insigne lançou Berardi, que cortou um zagueiro e fulminou, 2 X 0. A “Azzurra” depende exclusivamente de seu placar, no dia 18, em Sarajevo, para se colocar entre as quatro finalistas.

CLASSIFICAÇÃO
Itália (número 8 do ranking)
9pg – 2vit-3emp-0der – 5gp/2gc
Neerlândia (número 2)
8pg – 2vit-2emp-1der – 5gp/3gc
Polônia (14)
7pg – 2vit-1emp-2der – 5gp/4gc
Bósnia-Herzegovina (9)
2pg – 0vit-2emp-3der – 3gp/9gc

Jogos remanescentes:
Dia 18 de Novembro
BÓSNIA-HERZEGOVINA X ITÁLIA
Stadion Grbavica, Sarajevo, 13.146 lugares
POLÔNIA X NEERLÂNDIA
Silesian Stadium, Chorzow, 55.211 lugares


GRUPO 2

Detalhe do gol de falta de Dries Mertens, Bélgica 2 X 0 Inglaterra

Detalhe do gol de falta de Dries Mertens, Bélgica 2 X 0 Inglaterra

@BelRedDevils

BÉLGICA 2 X 0 INGLATERRA
Dan Dreef, Heverlee, Leuven, 10.200 lugares
Plateia: 0
Árbitro: Danny Makkelie (Neerlândia)

Gols: Tielemans, Mertens

Tranquila, a Bélgica, que poderia se qualificar, dentro de casa, graças a um empate contra a Inglaterra e a mais um frente a Dinamarca, depressa disparou no marcador, sem proporcionar qualquer espaço à reação do time dos “Três Leões”. O portentoso Romelu Lukaku armou o lance que redundou no 1 X 0, o tiro baixo, de longe, de Tielemans, a bola ainda a resvalar num poste de Pickford. Então, aos 24’, graças a Dries Mertens, na cobrança preciosa de uma infração cometida por Rice em De Bruyne, a dois metros da linha da grande área. Quase finalistas os “Red Devils”, que decidirão o título do Grupo em casa, no dia 18. Bastará, então, o seu empate com a Dinamarca.

Eriksen, 2 X 0 em favor da Dinamarca, ambos os tentos do recém-papai

Eriksen, 2 X 0 em favor da Dinamarca, ambos os tentos do recém-papai

@Euro2020

DINAMARCA 2 X 1 ISLÂNDIA
Parken Stadium, Copenhague, 39.065 lugares
Plateia: 0
Árbitro: Halil Umut Meler (Turquia)

Gols: Eriksen/2/2pen X Kjartansson

Peleja protocolar, a Dinamarca ainda esperançosa diante de uma Islândia absolutamente desalentada pela derrota, nos acréscimos, dias antes, em porfia pelas eliminatórias da Eurocopa. E o placar já se definiu aos 12’, num penal de Skulason em Wass que Eriksen, pai recém-anunciado, converteu categoricamente. Só que, ao invés de apertar, a Dinamarca refluiu. E, de tanto tentar, aos 85’, numa linda escapulida entre três becões, Kjartansson igualou, 1 X 1. Infortúnio dos rapazes da “Terra do Gelo”, um desvio de braço de Magnusson, nos acréscimos, e o segundo penal que Eriksen transformou em tento no Parken Stadium. E evitou a qualificação antecipada da Bélgica.

CLASSIFICAÇÃO
Bélgica (5)
12pg – 4vit-0emp-1der – 12gp/4gc
Dinamarca (11)
10pg – 3vit-1emp-1der – 6gp/3gc
Inglaterra (3)
7pg – 2vit-1emp-2der – 3gp/4gc
Islândia (16)
0pg – 0vit-0emp-5der – 3gp/13gc

Jogos remanescentes:
Dia 18 de Novembro
BÉLGICA X DINAMARCA
Dan Dreef, Heverlee, Leuven, 10.200 lugares
INGLATERRA X ISLÂNDIA
Wembly Stadium, Londres, 90.000 lugares

                                                                                                                                                                    

As fichas dos jogos do sábado, dia 14:

GRUPO 3

N'Golo Kanté, da França

N'Golo Kanté, da França

@Euro2020

PORTUGAL 0 X 1 FRANÇA
Estádio da Luz, Lisboa, 65.642 lugares
Plateia: 0
Árbitro:Tobias Stieler (Alemanha)

Gols: Kanté
SUÉCIA 2 X 1 CROÁCIA
Friends Arena, Solna, 50.653 lugares
Plateia: 0
Árbitro: Daniel Siebert (Alemanha)

Gols: Kulusevski, Danielson X Danielson/con

CLASSIFICAÇÃO
França (número 6 do ranking)
13pg – 4vit-1emo-0der – 8gp/3gc
Portugal (número 1)
10pg – 3vit-1emp-1der – 9gp/2gc
Croácia (13)
3pg – 1vit-0emp-4der – 7gp/13gc
Suécia (12)
3pg – 1vit-0emp-4der – 3gp/9gc

Jogos remanescentes:
Dia 17 de Novembro
CROÁCIA X PORTUGAL
Stadion Poljut, Split, 34.198 lugares
FRANÇA X SUÉCIA
Stade de France, Saint-Denis, 80.698 lugares


GRUPO 4

Timo Werner, da Alemanha

Timo Werner, da Alemanha

@Euro2020

ALEMANHA 3 X 1 UCRÂNIA
Red Bull Arena, Leipzig, 42.959 lugares
Plateia: 0
Árbitro: Ovidiu Hategan (Romênia)

Gols: Sané, Werner/2 X Yaremchuk
SUÍÇA 1 X 1 ESPANHA
St.-Jakob Park, Basileia, 38.512 lugares
Plateia: 0
Árbitro: Willie Collum (Escócia)

Gols: Freuler X Gerard Moreno

CLASSIFICAÇÃO
Alemanha (15)
9pg – 2vit-3emp-0der – 10gp/7gc
Espanha (8)
8pg – 2vit-2emp-1der – 7p/3gc
Ucrânia (10)
6pg – 2vit-0emp-3der – 5p/10gc
Suíça (4)
3pg – 0vit-3emp-2der – 6gp/8gc

Jogos remanescentes:
Dia 17 de Novembro
ESPANHA X ALEMANHA
La Cartuja, Sevilha, 60.000 lugares
SUÍÇA X UCRÂNIA
Swissporarena, Lucerna, 16.800 lugares

As três séries maiores da Liga das Nações

As três séries maiores da Liga das Nações

UEFA

Além das 16 seleções da Divisão A, a “Nations League” também dispõe de 16 na Divisão B e outras 16 na C, cada qual com quatro chaves de quatro. A Divisão D, que abriga as sete últimas do ranking, ostenta um grupo de quatro equipes e outro de três. Descem quatro da A para a B e quatro da B para a C. Sobem quatro da C para a B e quatro da B para a A. E daí, na Divisão C, um mini-torneio entre as quatro últimas colocadas definirá as duas que tombarão à Divisão D e cederão espaço às duas ganhadoras das chaves da inferior.

O lindo troféu da Liga das Nações

O lindo troféu da Liga das Nações

UEFA

Em Outubro de 2021, as vencedoras de cada Grupo da A se digladiarão em semifinais de jogo único, definidas por sorteio e num único país escolhido entre os quatro. País no qual também acontecerá a decisão, prevista para o dia 10. No geral da disputa de agora, somadas todas as suas séries e as suas chaves, houve 289 tentos em 134 jogos, a média bem baixa de 2,16. Para os efeitos de acesso ou de descenso, no caso de uma igualdade em pontos, se obtém o desempate pelo saldo de gols, pela maior quantidade de tentos a favor e, como último critério, pelos resultados dos confrontos diretos.


Gostou? Clique num dos ícones para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, use máscara. E fique com o meu abração virtual! Obrigadíssimo!

Últimas