Silvio Lancellotti A Europa League e a Conference League mais perto das definições

A Europa League e a Conference League mais perto das definições

Na segunda divisão da UEFA, sete mata-matas. Na terceira, 32 eliminações. E na próxima semana se conhecerão, enfim, os 32 clubes que, em cada série, disputarão as suas fases de grupos.

Os pavilhões da UEFA

Os pavilhões da UEFA

UEFA

Criada em 1954 com a intenção de congregar as suas 25 federações fundadoras no Velho Continente, antes até de montar uma disputa de seleções a UEFA implantou uma Copa de Clubes Campeões. Ocorreu já na temporada de 1955/56 e o Real Madrid conquistou a sua primeira taça. Um sucesso absoluto, tanto que, logo em 1960, o ano de estreia de uma Euro de nações, a entidade instituiu uma Copa das Copas para os vencedores de competições nacionais alternativas, aquelas realizadas com mata-matas. Ganhou o troféu, na sua edição inaugural, a Fiorentina de Florença, da Itália, a celebrada "Squadra Viola".

Enzo Robotti, da Fiorentina, e a primeira Copa UEFA

Enzo Robotti, da Fiorentina, e a primeira Copa UEFA

Reprodução

Com o tempo, a evolução tecnológica das comunicações e a multiplicação dos patrocinadores passaram a exigir a mais nações e mais equipes. Em 1972 despontou a Copa UEFA, a segunda divisão de então, com 53 clubes de 31 federações. E na década de 90, com o estilhaçamento da União Soviética, com a extinção da “Cortina de Ferro” e com as inevitáveis modificações geográficas que o Velho Continente atravessou, a entidade precisou expandir seus torneios. Tanto que, em 2009, se obrigou a transformar a Copa UEFA, devidamente modernizada, em Europa League, ou EL, a Liga Europa.

A taça da Europa League

A taça da Europa League

Reprodução

Obviamente, no percurso, também a Copa dos Campeões havia se modificado e, já em 1993, se tornado a Champions League, ou ChL, a Liga dos Campeões, na qual, além das ganhadoras domésticas, outras equipes bem classificadas abiscoitariam as suas vagas. E para determinar quantas de cada país, e em cada uma das suas competições, a UEFA montou um critério apropriado, um ranking, baseado nas performances acumuladas de todas as suas afiliadas e de todas as agremiações nas cinco temporadas mais recentes.

A taça da Conference League

A taça da Conference League

UEFA

Hoje, entretanto, a entidade já amadrinha mais de 2.000 equipes profissionais. E, claro, precisa satisfazer todas as necessidades dessa enorme comunidade. Acomodada em relação ao volume da ChL, passou a enfrentar problemas com o inchaço absurdo da EL que, em 2020/21, chegou a ostentar uma superpopulação de 213 equipes. Inviável do ponto de vista mercadológico. Daí, foi natural que, além de enxugar a EL, a UEFA tenha inventado uma maneira de acolher a galáxia de times que ficariam sem chance de intercâmbio: a nova Conference League, ou CoL, a Liga Conferência, presentemente já em sua segunda edição.

A bandeira da Europa League

A bandeira da Europa League

Reprodução

EUROPA LEAGUE

No caso da atual temporada de 2022/23, a CoL começou as suas atividades em 5 de Julho. Pelo menor volume de equipes, 57, só 20 graças ao ranking e 37 repescadas da ChL, a EL começou mais tarde, na quinta-feira, dia 4 de Agosto. Nesta semana, da terça 9 até a quinta 11, realizou o retorno de mais uma etapa de pré-qualificação com 12 das repescadas, o Partizan, vice-campeão da Sérvia, e o Slovácko, ganhador da Copa da República Tcheca. Eis os resultados da rodada da EL, com os seus placares agregados, a soma de ida e volta, e os sete promovidos com os nomes realçados em negrito:

Diddeleng (LUX) 2 X 5 Malmoe (SUE)
HJK (FIN) 3 X 0 Maribor (SLV)
Partizan (SER) 3 X 4 AEK Larnaca (CHI)
Shkupi (MAC) 2 X 5 Shamrock Rovers (IRL)
Slovácko (TCH) 1 X 4 Fenerbahce (TUR)
Slovan Bratislava (SLQ) 1 X 1 Olympíacos (GRE) – 3 X 4 nos penais
Zurich (SUI) 5 X 0 Linfield (IRN)

Os sete sobreviventes se somarão a seis times eliminados da Champions e a estes ganhadores de Copas nacionais:

Áustria Viena (AUS)
Gent (BEL)
Hearts of Midlothian (ESC)
Omonia (CHI)
Sivasspor (TUR)
Dniepro (UCR)
Silkeborg (DIN)

Dos vinte confrontos sobrarão dez ganhadores, aos quais se acrescentarão outros dez repescados da ChL, a Roma (ITA), campeã da Conference League de 2021/22, e mais onze agremiações reservadas pelo ranking. Eis as onze:

Arsenal (ING)
Braga (POR)
Feyenoord (NEE, ex-HOL)
Freiburg (ALE)
Lazio (Ita)
Manchester United (ING)
Nantes (FRA)
Real Betis (Esp)
Real Sociedad (ESP)
Rennes (FRA)
Union Berlin (ALE)

A Puskàs Arena de Budapest

A Puskàs Arena de Budapest

UEFA

Um sorteio, programado para o próximo 26 de Agosto na sede da UEFA, na Suíça, então dividirá as 32 equipes em oito chaves de quatro, mini-torneios de ida e volta, pontos corridos, prélios de 8 de Setembro até 9 de Novembro. Depois, se sucederão novos mata-matas até a decisão, dia 31 de Maio de 2023, na Puskàs Arena de Budapest, na Hungria.

A bola da Conference League

A bola da Conference League

Reprodução

CONFERENCE LEAGUE

Um repositório das equipes que não amealharam vagas na Champions League ou na Europa League, esta CoL de agora começou em 7 de Julho com 177 equipes de 54 das 55 afiliadas da UEFA – descartada a Rússia, punida pela entidade, pela FIFA e pelo COI, por causa da agressão à Ucrânia. E, no seu trajeto até aqui, ainda incluiu mais 16 repescadas da Champions. Nesta semana, da quarta-feira, dia 10 de Agosto, até a quinta, dia 11, exibiu uma mega-jornada de 32 partidas, retorno da rodada que ocorreu dia 4. Eis todos os seus resultados com os placares agregados e as respectivas ganhadoras ressaltadas em negrito:

Anderlecht (BEL) 5 X 0 Paide (EST)
Antwerp (BEL) 5 X 1 Lillestroem (NOR)
Aris (GRE) 2 X 3 Maccabi Tel Aviv (ISR)
AZ Alkmaar (NEE/HOL) 7 X 1 Dundee United (ESC)
B36 (FAR) 1 X 5 Viborg (DIN)
Basel (SUI) 2 X 2 Broendby (DIN) – 3 X 1 nos penais
Cluj (ROM) 1 X 0 Shakhtyor Soligorsk (BLR)
Djurgarden (SUE) 6 X 2 SS Gheorge (ROM)
FCSB (Rom) 2 X 0 Dunajska Streda (SLQ)
Gil Vicente (POR) 5 X 1 Riga (LET)

Wolfsberg, da Áustria

Wolfsberg, da Áustria

@europacnleague

Gzira Utd (MAL) 0 X 4 Wolfsberg (AUS)
Hapoel Be’er Sheva (ISR) 5 X 1 Lugano (SUI)
Hibernians (MAL) 2 X 4 RFS (LET)
Istambul Basaksehir (TUR) 6 X 1 Breidablik (ISL)
Kisvárda (HUN) 2 X 4 Molde (NOR)
Klaksvik (FAR) 4 X 4 Ballkani (KOS) – 3 X 4 nos penais
Konyaspor (TUR) 3 X 5 Vaduz (LIE)
Kyzylzhar (CAZ) 0 X 1 Apoel (CHI)
Lech Poznan (POL) 4 X 2 Vikingur Reykjavyk (ISL)
Levski Sofia (BUL) 2 X 2 Hamrun Spartans (MAL) – 1 X 4 nos penais
Panathinaikos (GRE) 1 X 3 Slavia Prague (TCH)

Zrinjski, da Bósnia

Zrinjski, da Bósnia

@europacnleague

Petroclub Hincesti (ROM) 1 X 7 Fehérvár (HUN)
Rakow Czwatochova (POL) 3 X 0 Spartak Trnava (SVQ)
Rapid Wien (AUS) 3 X 2 Neftçi Baku (AZE)
Shkendija (MAC) 2 X 2 AIK (SUE) – 2 X 3 nos penais
Sligo Rovers (IRL) 2 X 5 Viking (NOR)
St. Patrick’s (IRL) 1 X 2 CSKA Sofia (BUL)
Tobol (CAZ) 1 X 2 Zrinjski (BOS)
Twente (NEE/HOL) 7 X 2 Cukaricki (SER)
Universitatea Craiova (ROM) 3 X 1 Zorya (UCR)
Vitória de Guimarães (POR) 2 X 3 Hajduk Split (CRO)
Young Boys (SUI) 5 X 0 KuPS (FIN)

A Eden Arena de Praga

A Eden Arena de Praga

UEFA

As 32 vencedoras agora se juntam às sete derrotadas na jornada da EL, e a mais cinco equipes que ainda não se apresentaram, reservadas em função de suas colocações no ranking: Colônia (ALE), Fiorentina (ITA), Nice (FRA), Villarreal (ESP) e West Ham (ING). Ou, outros 44 desafios dos quais restarão 22 agremiações. Que então se adicionarão a mais dez eliminadas da EL e formarão os oito grupos de quatro cada, prélios de ida e volta, em mini-certames de pontos corridos, entre 8 de Setembro e 3 de Dezembro. Depois, haverá mais mata-matas até a decisão de 7 de Junho, na Eden Arena de Praga, na República Tcheca.


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas