Ronaldo posa de fã em encontro com Rayssa Leal

Pentacampeão no futebol se encontrou com a Fadinha, medalhista no skate, nesta quinta-feira e ambos trocaram autógrafos

  • R7 Só Esportes | Eugenio Goussinsky, do R7

Ronaldo e Rayssa se encontram

Ronaldo e Rayssa se encontram

Instagram

Perto de completar 45 anos, o pentacampeão Ronaldo se encontrou nesta quinta-feira (2) com a jovem medalhista olímpica Rayssa Leal, a Fadinha, 13 anos, prata na prova de skate street na Olimpíada de Tóquio 2020.

Foi um encontro de gerações. Mas também de duas pessoas com vivências semelhantes. Ronaldo, que irá fazer aniversário no próximo dia 18, também se tornou um prodígio, tendo se destacado cedo no futebol, aos 17 anos, quando fez parte do grupo da seleção brasileira tetracampeã mundial em 1994.

Depois ele se consagrou, com uma velocidade e uma inteligência acima da média, chegando ao pentacampeonato mundial em 2002, como artilheiro da competição, e, entre outros títulos, sendo eleito o melhor do mundo pela Fifa em 1996, 1997 e 2002.

O encontro foi feito mesmo com o objetivo de estimular os jovens a praticarem esportes. Ambos trocaram autógrafos e elogios pelas redes sociais.

Rayssa foi contemplada com uma bola e uma camisa da seleção brasileira e Ronaldo, com um shape (base) de skate semelhante ao da conquista em Tóquio.

"Um prazer conhecer esse fenômeno de talento e simpatia! Parabéns por todas as suas conquistas e muito obrigado pelo presente. Ainda bem que veio sem rodinha!", postou Ronaldo.

"Obrigada pelo carinho, Ronaldo, foi um prazer conhecer você", escreveu Rayssa, com as mesmas palavras que um ídolo utiliza ao se dirigir a um fã. Quando Ronaldo se sagrou campeão, em 2002, faltavam quase seis anos para o dia 4 de janeiro de 2008, quando ela nasceu.

Na ocasião, Ronaldo já tinha experimentado a sensação de ser jovem como Fadinha, quando passou a ser chamado de Ronaldinho, como uma diferenciação do apelido do zagueiro Ronaldão, que fora convocado às pressas para o Mundial de 1994.

Depois, com o tempo, voltou a ser conhecido como Ronaldo, porque não poderia ser menino para sempre.

A menina Fadinha ainda terá muitas conquistas pela frente. O próximo desafio maior será em Paris 2024. Após a disputa em Tóquio, ela já venceu, no último dia 28, o SLS, Liga Mundial de Skate Street, realizada em Salt Lake City, nos Estados Unidos.

E um dia, daqui a alguns anos, se novo encontro entre os dois ocorrer, o senhor Ronaldo terá novamente o prazer de trocar autógrafos com a Fada.

Fadinha de prata! Veja as manobras de Rayssa Leal na Olimpíada

Últimas