Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Só Esportes - Blogs
Publicidade

Brasília recebe etapa da Copa do Mundo de tênis feminino nesta sexta e neste sábado após 25 anos

Com Beatriz Haddad, Luisa Stefani, Laura Pigossi, Carol Meligeni e Ingrid Martins, equipe brasileira disputa vaga contra a Coreia do Sul

R7 Só Esportes|Giovanna Inoue, do R7, em Brasília

Brasileiras vão disputar vaga contra a Coreia do Sul
Brasileiras vão disputar vaga contra a Coreia do Sul Brasileiras vão disputar vaga contra a Coreia do Sul

Depois de 25 anos, Brasília vai sediar uma etapa da Copa do Mundo de tênis feminino, também conhecida como Copa Billie Jean King Cup. Os jogos vão ser realizados nesta sexta-feira (10) e neste sábado (11). A equipe brasileira — representada por Beatriz Haddad Maia, Carol Meligeni, Ingrid Martins, Luisa Stefani e Laura Pigossi — disputa vaga contra a Coreia do Sul.

Os jogos ocorrem a partir das 12h30 desta sexta, com a realização de duas partidas de simples (uma contra uma). Já no sábado, a partir das 10h, estão previstos outros três, iniciando com duas partidas de simples e finalizando com um duelo de duplas (duas contra duas).

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu Whatsapp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Publicidade

Segundo o sorteio feito, o primeiro jogo de sexta será de Laura Pigossi contra Sohyun Park. A brasileira está na posição 134 na lista WTA, o ranking das melhores tenistas do mundo. A rival está no número 295. Na sequência, Beatriz Haddad Maia (número 11) enfrenta Yeonwoo Ku (número 505). No sábado, os confrontos se invertem, e Bia joga contra Yeonwoo Ku, enquanto Laura encara Sohyun Park.

Caso haja empate entre as equipes, será disputada a partida de duplas entre Luisa Stefani (número 18) e Bia Haddad (número 24) contra Dayeon Back (número 791) e Bo-young Jeong (número 792). A princípio, Carol Meligeni e Ingrid Martins não devem jogar.

Publicidade

Energia da torcida

Pigossi afirma que jogar em solo brasileiro pode ajudar a equipe a conquistar a vaga aos Qualifiers da BJKC. "É sempre muito bom poder voltar ao Brasil e jogar em casa. A nossa torcida é uma das melhores do mundo, e notamos isso nos torneios ao longo do ano. É uma energia única, e somos privilegiadas por estarem do nosso lado. Com certeza vai ser um diferencial quando estivermos em quadra", pontuou.

Bia Haddad, que acaba de disputar uma série de torneios na China, afirmou que a adaptação para os jogos contra as coreanas não é "nenhuma mudança fácil".

"Mas já estamos acostumadas com esses processos. Viajamos por várias cidades, e as condições variam, como o piso, a bola, a umidade. Tudo influencia, mas precisamos focar naquilo que está no nosso controle. É mais uma semana especial, e me sinto honrada em fazer parte de um time que trabalha duro individualmente durante o ano para estar aqui", diz.

O secretário de Esporte e Lazer do Distrito Federal, Julio Cesar Ribeiro, acredita que a competição ser sediada no DF pode "alavancar" o cenário esportivo local.

"Além de destacar a relevância do esporte feminino, a competição solidifica a posição de Brasília como destino certo para receber grandes eventos, além de contribuir para o fortalecimento do turismo e do intercâmbio esportivo aqui no DF", afirma.

A competição seguirá o formato padrão, com dois embates simples no primeiro dia e outros dois no dia seguinte. Em caso de empate, um jogo de duplas será realizado para decidir o confronto.

Billie Jean King Cup

A Billie Jean King Cup, anteriormente conhecida como Fed Cup, é a principal competição de equipe no tênis feminino, lançada em 1963, para celebrar o 50º aniversário da Federação Internacional de Tênis (ITF). A competição desempenha um papel significativo na promoção e celebração do talento no esporte feminino.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.