R7 Só Esportes Luiz Adriano se defende após furar isolamento e atropelar ciclista

Luiz Adriano se defende após furar isolamento e atropelar ciclista

Jogador do Palmeiras testou positivo para o novo coronavírus, mas mesmo assim foi ao supermercado e se envolveu em acidente

Mesmo com covid-19, Luiz Adriano furou isolamento e atropelou um ciclista

Mesmo com covid-19, Luiz Adriano furou isolamento e atropelou um ciclista

Noushad Thekkayil/EFE/EPA - 11.02.2021

Luiz Adriano, atacante do Palmeiras, se defendeu por meio das redes sociais após se envolver em um acidente na terça-feira (6). O jogador acompanhava a mãe no supermercado instalado em um shopping center na Zona Oeste de São Paulo quando, na saída do estabelecimento, atropelou um ciclista. Em um vídeo que circula na internet, é possível ver o jogador parado, cercado por dezenas de pessoas, enquanto assiste o atendimento dos socorristas ao ciclista.

O que todos não sabiam é que Luiz Adriano sequer poderia estar ali. O atacante testou positivo para o novo coronavírus na leva de testes do dia 1º de abril e, desde então, tem como recomendação do Departamento Médico do Palmeiras o isolamento social, já que, mesmo assintomático, o jogador pode transmitir o vírus para outras pessoas. 

Por conta do teste positivo, Luiz Adriano está fora do duelo com o Defensa y Justicia, válido pela primeira final da Recopa Sul-Americana, que será disputado na Argentina. Por meio das redes sociais, o jogador lamentou a ausência na partida e ainda se justificou sobre seu envolvimento em um acidente de carro, numa situação em que ele sequer deveria ter saído de casa. 

Essa é a segunda vez que o atacante contrai o novo coronavírus. Dessa forma, foi orientado pelos médicos do clube a cumprir o período de isolamento, como determinado pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

"Fui orientado a ficar em casa de quarentena sob o acompanhamento do DM, porém ontem fui ao supermercado do shopping levar minha mãe que não sabe dirigir, sem sair de dentro do meu carro e de máscara, mas acabei me envolvendo em um acidente em que uma bicicleta bateu no carro na saída do estacionamento. Permaneci de máscara e afastado a todo momento, porém não poderia deixar de prestar socorro a pessoa que sofreu o acidente. Todos estão bem. Sim, não deveria ter saído de casa, errei, reconheço!", disse o atacante no Instagram.

"Vivemos momentos difíceis, precisamos todos nos cuidar e respeitar os protocolos de segurança. Sempre podemos ajudar de alguma forma e, principalmente, reconhecer e aprender com nossos erros", completou Luiz Adriano.

Saída em meio a recordes de mortes pela covid-19

Ao registrar 4.195 mortes por covid nas últimas 24 horas, o Brasil atingiu um novo recorde do número diário de óbitos na terça-feira (6), de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde). Só o Estado de São Paulo registrou 1.389 óbitos nas últimas 24 horas, um novo recorde.

O número de novos casos registrados foi de 86.979. Com o balanço de ontem, o país contabiliza 336.947 mortes e 13.100580 pessoas diagnosticadas com a doença. De acordo com o Ministério da Saúde, o número de recuperados da covid-19 é de 11.558.784.

Flagra no cassino e festinhas: as polêmicas de Gabigol na pandemia

Últimas