R7 Só Esportes Estrela da NBA queima mandado de prisão após ofender presidente

Estrela da NBA queima mandado de prisão após ofender presidente

O turco Enes Kanter, do Portland Trail Blazers, é totalmente contra Recep Erdogan e é acusado de terrorismo em seu país

Enes Kanter, pivô do Portland Trail Blazers, colocou fogo no mandado de prisão que recebeu do governo de seu país natal, a Turquia. Acusado de terrorismo e sem poder voltar ao país, o jogador não vê sua família desde 2015. Nas redes sociais, ele publicou recentemente fotos em que aparece rasgando e queimando o papel.

Kanter ironizou presidente

Kanter ironizou presidente

Reprodução

"Ditador Erdogan está me processando e pedindo minha prisão por ter o 'insultado'. Ele é pequeno como uma cebola", ironizou. "Parece que magoei um pouco os sentimentos de Erdogan", concluiu o pivô.

O pai de Enes Kanter chegou a ser detido e ficar sete anos na cadeia ao longo do regime de Erdogan. Segundo o atleta, "o acusaram de ser um criminoso só porque ele é meu pai".

Na disputa para classificar diretamente os Blazers aos Playoffs da NBA, o pivô mora há 10 anos nos Estados Unidos e anseia por se tornar cidadão norte-americano. No dia 15 de junho de 2021, o jogador estará elegível.

Privilégios de Cristiano Ronaldo incomodam vestiário da Juventus

Últimas