R7 Só Esportes David Braz é o típico personagem que faz falta ao futebol brasileiro

David Braz é o típico personagem que faz falta ao futebol brasileiro

Zagueiro reserva do Fluminense passou grande parte da final do Cariocão discutindo com um gandula. Reclamava de lentidão

  • R7 Só Esportes | Felippe Scozzafave, do R7, no Rio

David Braz discutiu bastante com gandula durante final do Cariocão

David Braz discutiu bastante com gandula durante final do Cariocão

Reprodução/Record TV

David Braz sequer entrou em campo no último sábado (22), na final do Campeonato Carioca, em que o Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 1 e se sagrou tricampeão estadual. Porém, não é por isso que o irreverente não foi um dos grandes personagens do jogo.

O zagueiro de 34 anos, e com passagens por vários grandes clubes do Brasil, como o próprio Fla, além de Palmeiras, Santos e Grêmio, foi contratado recentemente pelo Flu. E já mostra ser uma voz ativa no elenco. No jogo de sábado, ele gritou e orientou seus companheiros do início até o apito final.

Além dos incentivos, ele ainda arrumou tempo para protagonizar uma das grandes cenas do jogo. Uma intensa briga com um dos gandulas do Maracanã. Depois que Fred marcou e voltou a dar esperanças de título ao Tricolor, que perdia por 2 a 1, David passou a "perseguir" o profissional, vestido com a camisa do rival, mandante do duelo.

Ainda antes de iniciar o aquecimento, junto com todos os outros reservas, ele, do banco, gritava em direção ao gandula e reclamava bastante com o quarto árbitro. Enquanto aquecia, as críticas ficaram ainda mais acentuadas e o zagueiro, incomodado com a ausência de bolas, tratou de ele mesmo ir buscar uma delas e deixá-la ao lado do goleiro Gabriel Batista, do Flamengo.

A situação foi acompanhada de perto pelo gandula, que rapidamente tirou a bola do local e a deixou longe, justificando que ali poderia atrapalhar o jogo.

David chegou recentemente ao Flu

David chegou recentemente ao Flu

Lance! Galerias

A hilária discussão, que arrancava risadas dos profissionais de imprensa que estavam no local, se estendeu a outros reservas do Flu e permaneceu até o apito final, com o quarto árbitro precisando interceder algumas vezes. Profissionais do time, inclusive, esconderam algumas bolas, que seriam arremessadas ao campo rapidamente, caso o gandula demorasse para fazer a reposição.

Não precisou. Mas a "guerra" entre os dois não acabou por aí. Quando o Fla marcou o terceiro, com João Gomes, o repositor de bolas não se intimidou em xingar David Braz e outros profissionais do Fluminense.

Se  nunca foi um primor de técnica dentro de campo, o zagueiro é aquele jogador "raiz", que faz falta ao futebol brasileiro nos dias atuais.

Veja as melhores imagens do título do Flamengo sobre o Fluminense

Últimas