Rússia x Ucrânia

R7 Só Esportes Assista aos depoimentos de jogadores e familiares com pedidos de ajuda para deixar a Ucrânia

Assista aos depoimentos de jogadores e familiares com pedidos de ajuda para deixar a Ucrânia

Brasileiros estão reunidos em um hotel à espera de uma solução diplomática para deixar o país em guerra com a Rússia

Jogadores e familiares estão reunidos em um mesmo hotel na Ucrânia

Jogadores e familiares estão reunidos em um mesmo hotel na Ucrânia

Reprodução/Instagram

Assim que a guerra na Ucrânia foi anunciada, jogadores e familiares brasileiros iniciaram apelos para deixar o país o mais rapidamente possível. Reunidos em um hotel desde as primeiras horas desta quinta-feira (24), o pedido de ajuda foi unanime. Confira a seguir os depoimentos:

Pedrinho, meia do Shakhtar Donetsk

“É muito tenso, estamos com bastante medo daquilo que pode acontecer, mas tentamos ficar tranquilos e acalmar nossas famílias.”

Tammy Parisoto, mulher do atacante Fernando Santos, do Shakhtar Donetsk

“A nossa situação ainda não mudou aqui. Estamos no hotel, esperando alguma ajuda, alguma notícia... Alguma coisa sobre a nossa saída daqui. Mas ainda estamos sem respostas.”

Juninho Reis, lateral do Zorya Luhansk

“Infelizmente, nem tudo são flores. A gente tem nosso trabalho, a gente tem nossos filhos, a gente tem nossa família e, se fosse simples assim, de ir embora, pode ter certeza que a gente teria feito isso há muito tempo.”

Sueli Carvalho, mãe de Guilherme, atacante do Zorya Lugansk

“Estou aqui no Brasil muito preocupada porque as notícias que estão chegando aqui não são boas. Peço para todas as autoridades que venham ajudar não só meu filho, mas todos os brasileiros que estão lá”

Bill, atacante do Dnipro

“Quero dizer que está tudo bem e, assim que eu conseguir sair do país, venho aqui informar vocês. Aproveito a oportunidade também para pedir ajuda para as pessoas que possam ajudar a gente a sair do país. Não só nós atletas de futebol, mas estudantes e tantos brasileiros que estão aqui.”

Saiba quem são os jogadores brasileiros que estão na Ucrânia

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas