Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Venda fulminante do útil Kuscevic tem explicação. Palmeiras tem agora 85% de Veiga. E pode vendê-lo no fim do ano

Ele estaria interessado em atuar no exterior em 2024. Com mais 20% dos seus direitos, o Palmeiras pode ter o lucro que espera. O surgimento de Giovanni, que pode jogar como atacante ou meia, ajuda a pensar na negociação

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


O Palmeiras conseguiu com o Coritiba o que queria. Mais 20% de Veiga. Ele pode sair no fim do ano
O Palmeiras conseguiu com o Coritiba o que queria. Mais 20% de Veiga. Ele pode sair no fim do ano

São Paulo, Brasil

O zagueiro Kuscevic era um dos 'homens de confiança' de Abel Ferreira.

Atrás tecnicamente e hierarquicamente de Gustavo Gómez, Murilo e Luan, sempre se dedicou e pouco comprometeu desde que foi contratado do Universidad Católica. Essa regularidade fez com que o chileno, antes de vir para o Brasil, passasse um ano emprestado ao Real Madrid.

O treinador português estava muito satisfeito com seu quarteto de zagueiros.

Publicidade

E seguiria com eles até o final da temporada.

Até que surgiu o interesse do Coritiba.

Publicidade

Com uma proposta financeira menor do que o Palmeiras pagou ao Universidad Católica em novembro de 2020.

O clube paulista desembolsou 1,5 milhão de dólares, cerca de R$ 7,8 milhões.

E a equipe paranaense ofereceu 1,1 milhão de dólares, cerca de R$ 6,2 milhões.

Kuscevic tem 26 anos, está no auge da forma.

Mas acontece que o Coritiba tinha um trunfo que logo empolgou a diretoria palmeirese.

20% dos direitos de Raphael Veiga.

Foi em Curitiba que o meia se profissionalizou, em 2016.

O Palmeiras só tinha 65% dos direitos de Veiga.

Em dezembro do ano passado, seu contrato foi prorrogado até 2026.

A direção palmeirense aceitou imediatamente a proposta do Coritiba, levando muito mais em conta os 20% a mais de Raphael Veiga.

Por uma situação muito simples.

Abel Ferreira tinha no chileno Kuscevic um líder e jogador de confiança. Mas entendeu a venda
Abel Ferreira tinha no chileno Kuscevic um líder e jogador de confiança. Mas entendeu a venda

Assim como Scarpa, o meia começa a pensar a sério em jogar no exterior.

Ele tem sete anos como profissional no futebol brasileiro.

E completará 28 anos em junho.

Scarpa foi para a Inglaterra com 28 anos.

Raphael Veiga já perdeu a ilusão de seleção brasileira.

Uma ótima temporada a mais no Palmeiras poderia despertar de vez a atenção de clubes estrangeiros.

Em 2021, ele esteve muito próximo de ir para o Inter Miami, clube norte-americano.

O Palmeiras estava disposto a aceitar 12 milhões de dólares, cerca de R$ 62,7 milhões. Mas os americanos decidiram diminuir a proposta para 10 milhões de dólares, R$ 52,2 milhões. E a transação foi cancelada.

Agora, com 85% dos direitos do jogador, o surgimento de Giovanni, que joga muito bem como meia, além de atuar como atacante pela direita, faz a cúpula do Palmeiras pensar com cuidado o futuro de Veiga.

Desde que surja uma proposta interessante no fim deste ano, não será surpresa se o clube vender Raphael Veiga ao exterior. Até por vontade do jogador de atuar fora, como Scarpa.

Essa é a explicação por que Kuscevic foi uma negociação tão fácil para o Coritiba.

2023 pode ser o último ano de Veiga no Palmeiras...

Entenda porque a CBF está obcecada por Carlo Ancelotti para assumir a seleção brasileira

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.