Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Fla chega a R$ 22 milhões em multas de técnicos demitidos. E Dorival é cobrado no Ceará. 'Nunca deixei os clubes. Não faço isso'

A administração Rodolfo Landim já gastou R$ 22 milhões com treinadores demitidos, depois da saída de Paulo Sousa. E, no Ceará, Dorival deixou clima de revolta por ter abandonado o clube com quem tinha contrato

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Dorival será apresentado no Flamengo. Ele provocou revolta no Ceará por abandonar o clube
Dorival será apresentado no Flamengo. Ele provocou revolta no Ceará por abandonar o clube

São Paulo, Brasil

O caos que atinge o futebol do Flamengo teve efeitos colaterais.

No Ceará.

O presidente Robinson de Castro tinha em Dorival Júnior a certeza de que o clube teria um treinador capaz de garantir a permanência na Série A, apesar das sérias dificuldades financeiras. Ele estava entusiasmado com o trabalho de recuperação do elenco.

Publicidade

O paulista de 60 anos assumiu no lugar do gaúcho Tiago Nunes, que fazia péssimo trabalho. Dorival conseguiu fazer o time vencer as seis partidas do grupo G da Copa Sul-Americana, eliminando o tradicional argentino Independiente, além do paraguaio General Caballero e o venezuelano La Guaira.

A melhor campanha da história. Com direito a seis vitórias. 17 gols a favor e um sofrido.

Publicidade

Além disso, conseguiu pôr o clube na 12ª colocação do Brasileiro.

Robinson de Castro está sendo criticado por ter fixado uma multa de rescisão muito baixa para Dorival Júnior. Apenas R$ 500 mil. 

Defensores do presidente repetem, como um mantra, as palavras de Dorival Júnior em entrevista ao canal BandSports.

"Eu nunca deixei os clubes porque eu não faço isso", garantiu, no programa Baita Amigos, em 2021.

A gravação vem sendo repetida à exaustão nos programas cearenses.

"Eu só espero que quando demitir um treinador com três meses de trabalho por não ver um bom resultado eu não seja criticado."

"O Flamengo não procurou o Ceará, foi direto no Dorival", desabafou, irritado, o presidente do clube cearense. 

A situação ficou ainda pior porque o clube consultou dois treinadores. E ambos são rejeitados pela torcida.

Fábio Carille e Enderson Moreira.

Carille por conta da maneira defensivista como monta os times que comanda. E Enderson porque tem como grande mérito a subida do Botafogo, da Série B para a Série A, em 2021. Aliás, ele se tornou um treinador especialista na segunda divisão.

Leia também

Enquanto isso, no Flamengo, o presidente Rodolfo Landim é cobrado.

Com os R$ 7,7 milhões que ele fará o clube pagar a Paulo Sousa, como multa rescisória, há os R$ 11,4 milhões gastos com Domenéc Torrent e os R$ 3 milhões com Rogério Ceni.

Ou seja, R$ 22 milhões desperdiçados por escolhas erradas.

Todas depois da passagem de Jorge Jesus.

Além disso, Landim segue tentando defender o vice Marcos Braz, apontado como o grande responsável pela sequência de erros. Desde não esperar dois dias a mais, em Portugal, no ano passado. Para recontratar Jorge Jesus.

Não há grande confiança na Gávea de que o trabalho de Dorival Júnior dará certo.

Tanto que o contrato oferecido a ele e aceito tem a duração só até o fim do ano. Com uma possível renovação até o fim de 2023. Dependendo dos resultados.

Nas primeiras conversas com os dirigentes, Dorival já mostrou seu espírito conciliador. Quer reaproximar Diego Alves. Ele é um dos líderes do time. Deixou claro que o goleiro veterano terá seu apoio. Assim como Santos, goleiro que o Flamengo contratou do Athletico, sem o aval de Paulo Sousa. Quem deverá perder espaço é o jovem Hugo, que colecionou falhas sob o comando do ex-treinador português.

Depois da constrangedora situação de ontem, com Paulo Sousa já demitido, fazendo seu treino de despedida, o dia deverá ter o anúncio oficial de Dorival Júnior como treinador do Flamengo. O homem que não abandonava clubes.

E, em Fortaleza, o Ceará deverá se decidir entre Carille e Enderson Moreira.

Para desespero de muitos torcedores fanáticos...

Pagode, chuteira verde e mais: relembre as polêmicas de Jô

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.