R7 Só Esportes Time russo inova em cobrança de falta e surpreende adversários; veja

Time russo inova em cobrança de falta e surpreende adversários; veja

Lance inusitado aconteceu em partida da Copa da Rússia. O Alania Vladikavkaz perdia de 2 a 1 para o Zenit e empatou nos acréscimos 

Gols de jogada ensaiada são sempre um colírio para os olhos. Os movimentos coordenados, somados à plasticidade do lance, chamam a atenção até de quem não gosta de futebol. E, nesta quinta-feira (21), um modesto time da Rússia fez história ao eliminar o poderoso Zenit usando do artifício para enganar os adversários. 

O lance ocorreu na partida entre Alania Vladikavkaz e Zenit, válida pelas quartas de final da Copa da Rússia. O Alania perdia por 2 a 1 até os 45 minutos do segundo tempo e estava sendo eliminado, até que uma falta perto da área foi marcada para a equipe.

Alania Vladikavkaz, modesto time da Rússia, venceu o Zenit com direito a gol de falta surpreendente

Alania Vladikavkaz, modesto time da Rússia, venceu o Zenit com direito a gol de falta surpreendente

Reprodução/Twitter

Dois jogadores do modesto time russo ficaram próximos da bola, e outros atletas se posicionavam normalmente na área do Zenit, esperando um levantamento pelo alto ou um rebote do goleiro. Tudo mudou quando o árbitro autorizou a cobrança. 

Os jogadores que estavam na área simplesmente correram todos para trás da linha da bola, deixando os atletas do Zenit completamente perdidos. Batraz Khadartsev, camisa 10 do Alania Vladikavkaz, era o homem da batida e estava ao lado do companheiro Nikolai Giorgobiani. Quando os colegas de equipes saíram da área, Batraz passou por cima da bola e foi Giorgobiani quem foi para a batida.

A bola, felizmente para o Alania Vladikavkaz, encontrou o ângulo do goleiro do Zenit, e a partida ficou empatada. O melhor de tudo é que, nas penalidades, o modesto time russo foi mais eficiente e venceu o Zenit, garantindo a vaga nas semifinais da Copa da Rússia. 

Veja quantos jogos já fez cada reforço do Corinthians em 2022

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas