R7 Só Esportes Sampaoli começa a se firmar como o 'Rei do Comando' no Brasileiro 2020

Sampaoli começa a se firmar como o 'Rei do Comando' no Brasileiro 2020

Galo vence Timão por 3 a 2 de virada no Mineirão e mostra que, sob tutela do argentino, não precisa ter medo de ninguém em nenhum momento do jogo

  • R7 Só Esportes | Eduardo Marini, do R7

Réver chegou a marcar o quarto para o Galo, mas arbitragem anulou

Réver chegou a marcar o quarto para o Galo, mas arbitragem anulou

Divulgação/Atlético-MG

Atlético-MG três, Corinthians dois, de virada, no Mineirão, segundo jogo do Galo e na estreia do Timão no Campeonato Brasileiro 2020.

Foi um jogo bom do início ao fim.

O Galo até que estava melhor no início do primeiro tempo, mas, aos 17 minutos, Jô aproveitou uma falha do lateral-direito Guga aos 17 minutos e abriu o placar para o Corinthians.

E aos 29, Vital desceu pela direita e tocou para Jô, que deu de letra para Araos bater cruzado e fazer o segundo do Timão.

O Galo jogava bem e teve até bola na trave, mas Cássio e Jô fizeram a diferença a favor do Timão na primeira etapa.

E aí, na segunda etapa, o Galo, que não estava mal, voltou arrasador. Encurralou o Corinthians, sobretudo nos primeiros 20 minutos.

Simplesmente fez três gols nos primeiros 15 minutos da etapa final, num intervalo de 9 minutos entre um e outro, e teve o quarto anulado por impedimento aos 28.

Se o primeiro tempo foi de Cássio e Jô para o Timão, o segundo foi de Hyoran, como dois gols, e Nathan, que novamente fez ótima partida. 

O técnico do Galo, Jorge Sampaoli, inquieto como sempre, andava de um lado para o outro mesmo depois da virada em três a dois.

Mesmo com a vantagem, o Galo, correspondendo à empolgação de Sampaoli ao lado do campo, continuou a pressionar o Corinthians, que não conseguia se articular para conter o ímpeto do time da casa e também buscar o gol de empate.

Um belo jogo.

Uma vitória merecida do Atlético-MG, que começa a se anunciar com força cada vez maior como candidato forte ao título.

Quando Sampaoli acerta sua estratégia em um jogo, com um elenco de qualidade como é o do Galo nesta temporada, fica difícil de segurar.

Seus times partem para cima com a segurança de que podem vencer e não devem temer os rivais.

Outra vitória justa. Só não está na liderança porque tomou dois gols, contra um do Athletico-PR. Os dois fizeram quatro até agora.

De moicano, Neymar comanda classificação do PSG na Champions

Últimas