R7 Só Esportes Lutador morre após nocaute em estreia no boxe sem luvas

Lutador morre após nocaute em estreia no boxe sem luvas

Justin Thornton estava internado desde a derrota, em 20 de agosto, depois de ser nocauteado em 19 segundos por Dillon Cleckler

Uma tragédia abalou o mundo das lutas nesta semana. O lutador Justin Thornton, de 38 anos, morreu após passar quase dois meses hospitalizado depois de ser nocauteado em sua estreia no evento de boxe sem luvas Bare Knuckle Fighting Championship (BKFC).

O combate contra Dillon Cleckler, que durou 19 segundos, ocorreu em 20 de agosto. Após a derrota, Thornton deu entrada no hospital para tratar também uma infecção na medula espinhal.

Justin Thornton foi nocauteado e, em sua queda, sofreu grave lesão na medula espinhal

Justin Thornton foi nocauteado e, em sua queda, sofreu grave lesão na medula espinhal

Lance

Veterano em torneios de MMA no circuito nacional americano, Thornton, segundo relatórios médicos do hospital, apresentava paralisia em parte do corpo, sintomas de um possível derrame cerebral. Ao ser nocauteado por Dillon Cleckler no primeiro round, Thornton permaneceu caído por sete minutos antes de ser levado ao hospital.

O presidente do BKFC, Dave Feldman, expressou seu pesar ao anunciar a morte do lutador. "Vimos a público externar a nossa tristeza pela morte de um dos nossos lutadores, Justin Thornton, que lutou no BKFC 20 no dia 20 de agosto de 2021. Nós nos juntamos a toda a comunidade das lutas no envio de condolências à sua família e aos seus amigos", disse.

Ex-piloto da Nascar é assassinado em tiroteio na Geórgia, nos EUA

Últimas