R7 Só Esportes Líder de torcida resgata bola presa em tabela e 'salva' partida de basquete universitário nos EUA

Líder de torcida resgata bola presa em tabela e 'salva' partida de basquete universitário nos EUA

Lance curioso aconteceu no jogo entre Indiana e St. Mary e viralizou nas redes sociais, além arrancar aplausos dos torcedores

Quantos jogadores de basquete são necessários para recuperar uma bola presa na parte de trás da tabela? A resposta pode surpreender você, tal como fizeram as líderes de torcida Nathan Paris e Cassidy Cerny na noite desta quinta-feira (17), no jogo entre Indiana e St. Mary, válido pela liga nacional universitária dos Estados Unidos. 

No começo do terceiro quarto, o jogo acontecia normalmente até que a bola que estava sendo usada ficou presa em um lugar, aparentemente, de díficil alcance. Durante alguns minutos, os atletas em quadra e os árbitros da partida analisaram a situação e fizeram tentativas frustradas de recuperar a bola. Nem mesmo Matthias Tass, jogador de 2 metros do St. Mary, conseguiu. 

Nathan Paris e Cassidy Cerny, líderes de torcida do Indiana, protagonizaram o momento inusitado

Nathan Paris e Cassidy Cerny, líderes de torcida do Indiana, protagonizaram o momento inusitado

Reprodução/Twitter

Até que as líderes de torcida entraram em ação. Nathan levantou a colega Cassidy em seus ombros, como fazem frequentemente em suas apresentações, e a ergueu com as mãos o suficiente para que Cassidy conseguisse, finalmente, alcançar a bola, para delírio do narrador e de todos os presentes no estádio, que aplaudiram de pé o empenho das garotas.

"Estava muito alto para alcançar do chão, e os árbitros não queriam que ninguém se arriscasse subindo numa cadeira, então eu peguei a Cass e nós ficamos tipo: 'Tá, vou te empurrar para cima e a gente vê se funciona'", disse Nathan Paris ao final do jogo. "Nós treinamos esse movimento toda semana, foi bem fácil", completou.

Apesar do feito protagonizado pelas líderes de torcida do Indiana, a equipe acabou saindo derrotada do confronto. O St. Mary venceu por 83 a 52. 

Brasil está no Top 3 das camisas mais caras de futebol

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas